Publicidade
Página Inicial

PGJ reúne-se com promotores de justiça da probidade administrativa

26/01/2018 às 19:20 em Justiça

ReuniaoProbidadeAconteceu na tarde desta quinta-feira, 25, uma reunião entre o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho e os promotores de justiça que atuam nas áreas da probidade administrativa e da fazenda pública em São Luís. O objetivo foi discutir ajustes na atuação dos promotores de justiça que, agora, acumulam as duas áreas de atuação.

No ano de 2017, o Colégio de Procuradores de Justiça redistribuiu as atribuições das promotorias da fazenda pública e das especializadas na probidade administrativa de São Luís. Com isso, passaram a existir nove promotorias de justiça com atuação nessas áreas.

Durante a reunião, foi acertada a realização de um curso de atualização para os promotores de justiça, em 26 e 27 de fevereiro. O treinamento será ministrado pelos promotores de justiça Cláudio Rebelo Correia Alencar e Tarcísio José Sousa Bonfim, atual presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem).

Também foi discutida a estrutura de funcionamento no novo prédio das Promotorias de Justiça da Capital. Analisou-se, ainda, a possibilidade de criação de um núcleo administrativo único para atender às nove promotorias da área.

Na reunião, Luiz Gonzaga Coelho ressaltou o esforço para otimizar os trabalhos em defesa da probidade administrativa. “Estamos buscando dar todas as condições necessárias, sejam estruturais ou de capacitação, para que o Ministério Público do Maranhão atue de maneira eficaz no combate à corrupção e na defesa do cidadão”, explicou.

Participaram da reunião os promotores de justiça Adélia Maria Souza Rodrigues Morais, João Leonardo Sousa Pires Leal, Lindonjonson Gonçalves de Sousa, Marco Aurélio Batista Barros, Nacor Paulo Pereira dos Santos e Sidneya Madalena Miranda Nazareth Liberato, além do diretor-geral da procuradoria-geral de justiça Emmanuel Guterres Soares, do diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais, Marco Antonio Santos Amorim e do assessor especial da PGJ, Márcio Thadeu Silva Marques.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


8 − = 0