Publicidade
Página Inicial

Categoria Saúde

Prefeitura e Grupo IBMEC iniciará Curso de Medicina em março de 2020 em Açailândia

09/09/2019 s 18:44 em Saúde

Na manhã desta segunda-feira (09), o prefeito de Açailândia, Aluísio Sousa recebeu o Dr. Diego Leite da Cunha (Reitor da Faculdade de Medicina de Açailândia e Representante do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais – IBMEC), para tratar sobre a implantação do Curso de Medicina no município. Participaram do encontro, o assessor direto do prefeito, Sininger Vidal e os vereadores Marco Aurélio (Marquinho) e Jarlis Adelino, na oportunidade, representando o poder Legislativo Local.

Segundo o Reitor Diego Cunha, o prédio onde funcionará a instituição encontra-se sob ajustes de engenharia e arquitetura, visando atender os padrões de segurança, acessibilidade e qualidade educacional. O local não foi informado ainda, para evitar especulações. O início das aulas está previsto para Março de 2020.

Em conversa com o Blog do Antônio Marcos, Diego Cunha destacou o apoio que tem recebido, tanto da iniciativa pública (prefeitura) e privada. “agradecemos a prefeitura, através do prefeito Aluísio Sousa, secretários e o Dr. Roberto, pela parceria. Com o apoio deles vamos conseguir fazer uma instituição de alto nível em Açailândia”, disse o reitor.

A implantação do curso tem total apoio dos profissionais da área, representados pelo casal de médicos, Patrícia Andrea Giroto Rodrigues e Carlos Roberto Rodrigues de Sousa (Dr. Roberto), proprietários da Clinica Climed. Dr. Roberto também participou da reunião. “Me sinto grato e honrado nesse momento, como médico e morador de Açailandia, pois sabemos o que uma instituição, não só de saúde, mas de educação, representa para o município, por isso estou grato e muito feliz por esse acontecimento, disse Dr. Roberto.

Inicialmente, a faculdade que é bastante esperada pela população, em especial por jovens que sonham em ser médico, irá oferecer 50 vagas anuais para o Curso de Medicina na Cidade de Açailândia, considerando os mais elevados padrões de qualidade no ensino, pesquisa, extensão e residência médica.

Durante a reunião, o prefeito Aluísio destacou a importância do curso e mais uma vez reiterou o compromisso de parceria. A prefeitura irá prover a Infraestrutura do Bairro onde fica o prédio da faculdade (energia, esgoto, pavimentação, segurança), Infraestrutura de Saúde (unidades básicas para preceptoria, visitas técnicas e estágio). “Fico muito feliz em receber em nosso município uma instituição tão importante, pois a educação é a base de tudo. Estamos a disposição para continuar contribuindo naquilo que tiver ao nosso alcance”, finalizou o prefeito Aluísio Sousa.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Base Descentralizada do SAMU passa a funcionar em plantão 24h em Imperatriz

04/09/2019 s 04:15 em Saúde

A iniciativa é resultado de solicitação da comunidade de Coquelândia

Além da ampliação do atendimento, a unidade de saúde do povoado recebeu 80 novas cadeiras para o auditório que ganha reforma e climatização. (Foto: Edmara Silva)

A primeira Base Descentralizada do SAMU Regional Imperatriz da zona rural, no Povoado Coquelândia, começou a funcionar em sistema de 24h. Desde segunda-feira, 2, a unidade, que atendia 12h por dia, passou a funcionar em regime de plantão. A iniciativa atende a uma solicitação que os moradores daquela região fizeram ao prefeito Assis Ramos.

O secretário municipal de saúde, Alair Firmiano e o diretor do SAMU Regional, Alexsandro Freitas, fizeram o anúncio da ampliação do atendimento durante visita ao povoado na segunda-feira, 02. Na mesma visita, o titular da SEMUS fez a entrega de 80 cadeiras plásticas que serão utilizadas no auditório da Unidade Básica de Saúde, UBS, do povoado que fica ao lado da Base do SAMU.

“Entregamos 80 cadeiras, que era um anseio da população dessa região para montar o auditório que é antigo, mas nunca tinha funcionado por falta de cadeiras e o prefeito Assis Ramos determinou que nós equipássemos esse auditório que vai receber também reforma e climatização”, disse o secretário.

“Este é mais um avanço para a população de Coquelândia e toda a região que vai ter a garantia do atendimento e acesso ao SUS no período noturno, através do SAMU dando assistência aos casos de urgência e emergência desta região”, destacou o coordenador do serviço, Alexsandro Freitas.

Ele fez questão de destacar que em Coquelândia o SAMU funciona em sua primeira base em prédio próprio com uma Unidade de Suporte Básico de Vida, composta por um condutor socorrista e um técnico de enfermagem. O coordenador lembrou que antes o povoado contava apenas com um posto de saúde que funcionava apenas em horário comercial.

“Graças ao empenho da gestão municipal foi criada a base própria e descentralizada do SAMU que acaba de ampliar seu atendimento a partir de levantamentos feitos pelo serviço e olhando a necessidade da população de Coquelândia e dos povoados vizinhos”, acrescentou Alexsandro.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Sec. de Saúde de Itinga realiza campanha de incentivo ao aleitamento materno com ações em todas as UBS´s

31/08/2019 s 17:06 em Saúde

Durante o mês de agosto, a Secretaria Municipal de Saúde vem trabalhando a campanha Agosto Dourado, que incentiva a prática do aleitamento materno. As ações estão acontecendo em todas as unidades básicas de saúde com palestras voltadas para gestantes e puérperas, além da entrega de enxovais.

A campanha tem como objetivo promover atividades educativas, incentivando a adesão do leite materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida da criança. Médicos, enfermeiros, fonoaudióloga, psicóloga e nutricionista são alguns dos profissionais que colaboram com desenvolvimento das atividades.

Esta iniciativa busca divulgar a importância e os benefícios da amamentação para mãe e o bebê. A prática ajuda na prevenção de doenças. Além disso, é um alimento rico em nutrientes e sais minerais. A campanha de incentivo ao aleitamento materno seguirá até o fim deste mês.

Apesar dos benefícios, não são todas as crianças que recebem amamentação exclusiva. Segundo a Organização Mundial de Saúde, se todas as crianças do mundo fossem amamentadas, seria possível salvar a vida de 820 mil crianças de até 5 anos de idade anualmente.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Começa “Humaniza Saúde”, capacitação para servidores públicos de Imperatriz

26/08/2019 s 19:44 em Saúde

O curso contempla cerca de mil servidores de todas áreas da saúde pública municipal

Centenas de servidores participaram da solenidade de abertura da capacitação no auditório da Semus. (Foto: João Rodrigues)

O prefeito Assis Ramos abriu oficialmente na manhã desta segunda-feira,26, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, Semus, a primeira grande capacitação de sua gestão denominada “Humaniza Saúde”, 1ª Semana de Capacitação em Humanização em Saúde. Nesta primeira turma, o curso atende em torno de mil servidores de todas as áreas da saúde pública municipal.

“Desde o ano passado estamos trabalhando essa capacitação em núcleos, em unidades, mas agora devido os números que nos foram apresentados resolvemos fazer com mais intensidade para ver se conseguimos levar um melhor resultado e que a população possa sentir que está sendo bem acolhida por nossos servidores, sobretudo da saúde”, explicou Assis Ramos. O gestor municipal fez questão de esclarecer que não generaliza situações de casos de mal atendimento, mas ao mesmo também reconhece que é necessário melhorar muito nessa área.

Com palestras ministradas por médicos, enfermeiros e outros profissionais, serão abordados temas como “Quem Sou Eu no Sistema Único de Saúde”, “Ser Servidor Público é…”, “Horizontalidade do Cuidado e da Gestão em Saúde”, “Pactuações e Encaminhamentos” além de rodas de conversas.

O secretário de saúde,Alair Firmiano, ressaltou o trabalho que vem sendo feito por ele e o prefeito em prol de melhorias na área da saúde. “Tem sido uma das marcas da gestão Assis Ramos o atendimento humanizado e a gente preza muito por isso. Estamos trabalhando cada vez mais para oferecer bom atendimento para nossa população e com qualidade”, disse o titular da Semus.

Dentre as centenas de servidores que participaram da solenidade de abertura da capacitação estava a coordenadora da Unidade Básica de Saúde do bairro Ouro Verde, Lorena Ribeiro, que avaliou o curso. “Um momento como este é muito importante para que nós servidores para que possamos estar sensibilizados em receber e atender bem nosso usuário”, disse. Ela explicou que a UBS é a porta de entrada do atendimento do SUS e esse primeiro contato realmente precisa ser humanizado.

Já o médico Gregório Neto, parabenizou a administração pela realização da semana de capacitação. “Servidores e a população sairão ganhando com este treinamento. É algo inovador e que fará toda a diferença para nossa cidade”.

Programação desta segunda-feira

A abertura oficial do evento foi realizada no auditório da Secretaria Municipal de Saúde com a presença do prefeito Assis Ramos, o secretário Alair Firmiano e a secretária adjunta, Mariana Jales. Também participaram da solenidade, Ana Cláudia Braga, representante do Conselho Municipal de Saúde e a representante do Estado, Emídia Fonseca, representando a Gestora Regional de Saúde. Após a abertura, a programação teve continuidade no período vespertino, no auditório da Pitágoras:

14h-Acolhimento e Demandas Espontâneas

Enfermeira:  Mestre Professor Anderson Nascimento-Medicina UFMA.

15H-Humanizações no Atendimento às Gestantes

Enfermeira: professora Arissane Falcão e Jhenifer Barbosa- Facimp-Wyden.

16h- Recepção Humanizada

Enfermeiras: Débora e Renata– Facimp-Wyden.

17H- Encerramento.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Agosto Dourado: Aleitamento materno é tema de palestra para profissionais da saúde de Açailândia

05/08/2019 s 19:34 em Saúde

Palestra está dentro da programação do “Agosto Dourado”!

A Prefeitura de Açailândia, através da Secretaria Municipal de Saúde, está promoveu na manhã desta segunda-feira, (05) uma palestra sobre aleitamento materno no auditório da Câmara Municipal. Como palestrante a médica pediátrica e dermatologista, Karla Brandão. O mês de agosto é conhecido como “Agosto Dourado” porque simboliza a luta pelo incentivo à amamentação.

A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. É uma cor toda especial que já percorre o mundo como seu laço simbólico. São trinta dias, em que são celebradas a promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento.

De acordo com Suzana de Souza Vieira Costa, o evento faz parte da programação determinada pelo Ministério da Saúde, o “Agosto Dourado” que está acontecendo em todos os municípios. Hoje estamos fazendo a abertura do “Agosto Dourado”, que é o mês de conscientização ao aleitamento materno e em nosso município estamos desenvolvendo uma semana de atividades baseada nesse tema”, disse Suzana Vieira.

A médica pediátrica, dermatologista Karla Brandão e palestrante diz que sobre aleitamento materno se tem muito a aprender e a ensinar. “Hoje estamos abordando e debatendo temas sobre aleitamento materno. Durante este mês estaremos intensificando a campanha, conscientizando a população”, ponderou Karla Brandão.

Sabe-se que a amamentação é muito importante para as mães e muito mais para o bebê, e que a amamentação, isoladamente, é a estratégia de maior impacto capaz de salvar a vida de cerca de 13% das crianças menores de 5 anos em todo o mundo por causas preveníeis.

O estímulo da amamentação exclusiva salva nada menos que 6 milhões de crianças por ano. Além dos benefícios e efeitos logo no início da vida, o leite materno tem repercussões na vida adulta.

O leite materno é o melhor alimento que um bebê pode receber nos seus primeiros anos de vida, sendo indicado até dois anos ou mais. Sua superioridade orgânica o torna de melhor digestibilidade, sendo o alimento mais completo para promover o crescimento e desenvolvimento infantil. Crianças amamentadas também estão mais protegidas contra doenças infecciosas.

No mês de agosto, ações em todo o mundo são voltadas para a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM). Diversas organizações governamentais e não governamentais, comunidades científicas e populares, grupos religiosos e tantos outros se mobilizam e são mobilizados para promover, proteger e apoiar a amamentação.

ASCOM-PMA 

Por Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Vixe! Estudo revela que 80% de diabéticos podem ter doenças cardiovasculares

22/07/2019 s 07:58 em Saúde

(Foto: Divulgação)

Um estudo realizado pelo EndoDebate em parceria com a Revista Saúde, mostrou que 80% das pessoas com diabetes tipo 2 apresentam indícios de comprometimento cardiovascular. Mais da metade (52%) indicam pelo menos dois destes sintomas: tontura, dores no peito e nas pernas, falta de ar e palpitações.

Intitulado “Quando o Diabetes Toca o Coração”, o estudo foi lançado em junho pelo laboratório Novo Nordisk e divulgado nesta semana. A pesquisa entrevistou 1.439 pessoas com e sem diabetes tipo 2, com idade entre 47 e 55 anos.

O levantamento mostrou que 64% dos diabéticos não seguem rigorosamente o tratamento e apenas 48% dos pacientes consideram a doença muito grave. O diabetes aparece atrás do câncer (92%), do acidente vascular cerebral (79%), do infarto (75%), do mal de Alzheimer (74%), da insuficiência renal (70%) e da insuficiência cardíaca (56%).

“A atenção ao coração é um dos grandes desafios no segmento do paciente com diabetes. Temos objetivos desafiadores no século 21 que vão além do controle da glicose no sangue, fundamental para o tratamento do diabetes tipo 2. Tudo isso passa também por reduzir o peso e o risco de hipoglicemia e umentar a segurança do ponto de vista cardiovascular”, disse o médico endocrinologista e fundador do EndoDebate, evento que ocorre até hoje (20) na capital paulista, Carlos Eduardo Barra Couri.

DESCONHECIMENTO

Sobre a primeira palavra lembrada ao pensarem em problemas do coração, 662 entrevistados mencionaram infarto; 159 disseram morte; 39, hipertensão; 25, AVC. O diabetes ficou em último. Entre os diabéticos, 61% disseram acreditar que a doença está entre os fatores de risco para problemas cardiovasculares, contra 42% entre os não diabéticos. Nos dois grupos, a pressão alta aparece em primeiro lugar, seguida do colesterol e dos triglicérides altos.

Para 60% das pessoas com diabetes tipo 2, o médico transmitiu informações insatisfatórias ou nem mencionou as questões relacionadas ao coração na última consulta para controlar o diabetes. Embora 62% desses pacientes tenham sido diagnosticados há pelo menos cinco anos, 90% dizem ainda sentirem falta de mais informações durante o tratamento.

“O tempo é determinante. É muita informação que o médico tem que passar. Eu acredito que há uma mistura de falta de informação e desconhecimento de como abordar direito esse paciente. Como falar em um tom acolhedor humano e ao mesmo tempo incisivo, informativo? Muitos médicos não sabem como fazer isso”, comenta Couri.

PERCEPÇÃO LIMITADA

Apesar da gravidade da doença, a pesquisa também revelou uma percepção limitada sobre os riscos do diabetes tipo 2. Ao todo, 64% das pessoas com diabetes entrevistadas não seguem o tratamento à risca. “A adesão ao tratamento começa quando o médico abre a porta do consultório, quando o médico levanta para atender o paciente, quando o paciente tem uma consulta digna, quando o médico ouve o paciente. Adesão é muito mais do que explicar como toma o remédio, é acolher o paciente e ser humano na consulta”, explica Couri.

Segundo o laboratório parceiro da pesquisa, 13 milhões de pessoas vivem com o diabetes tipo 1 ou tipo 2 no Brasil. Desse total, estima-se que 90% tenham diabetes tipo 2, no qual o pâncreas produz a insulina insuficiente ou não age de forma adequada para diminuir a glicemia. Ele é mais comum em adultos com obesidade e em pessoas com histórico familiar de diabetes tipo 2. Quase metade das pessoas com diabetes tipo 2 não sabem ter a doença. Além disso, duas a cada três mortes de pessoas com diabetes são ocasionadas por doenças cardiovasculares.

Da Agencia Brasil

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeito Fernando Coelho entrega novo fardamento para Agentes de Saúde

17/07/2019 s 23:21 em Saúde

O prefeito Fernando Coelho entregou na última terça-feira (16), aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), de Bom Jesus das Selvas, novos uniformes.

A iniciativa integra as ações da gestão na valorização dos profissionais que desenvolvem importante trabalho na área da saúde e visa promover mais qualidade ao serviço ofertado à população.

Na oportunidade foi anunciado que todos os profissionais da saúde receberão um curso gratuito de libras, curso esse que servirá no atendimento as pessoas com deficiência auditiva (surdez).

O ato de entrega dos uniformes aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Educação, com a presença de um grande número de profissionais que compõem a equipe da saúde, bem como os ACS, secretário de saúde, Dr. Abdala Filho, vereador Luis Preto, vereador Gildasio Leão, equipe de governo e o próprio prefeito Fernando Coelho, que fez questão de fazer parte desse momento importante de valorização dos profissionais.

A entrega dos uniformes beneficiou os profissionais da sede e de toda a zona rural do município. Durante a cerimônia de entrega dos uniformes foi promovida uma palestra de orientação e incentivo para a equipe.

Prefeitura de Bom Jesus das Selvas “gestão se faz com trabalho e respeito”.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

“Não há o menor risco de interrupção no atendimento de urgência e emergência no Socorrão de Imperatriz”, diz secretário de Saúde Alair Firmiano

12/06/2019 s 20:05 em Saúde

Prefeitura tranquiliza à população diante das noticias falsas sobre a possível paralisação dos serviços da Clínica Cirúrgica!

Está em processo de análise a entrada de uma nova empresa composta por 11 médicos cirurgiões (Foto: Divulgação)

Diante da manifestação da empresa Clínica Cirúrgica de Imperatriz em não manter mais o contrato de prestação de serviços com o Município, anunciando uma possível paralisação, a Secretaria de Saúde, Semus, informa que conforme ata de reunião extra-judicial, realizada na sede das Promotorias de Justiça, no dia 04 de junho de 2019, a empresa sinalizava a desistência, e que por isso, o órgão municipal responsável pela saúde pública já está em processo de análise da entrada de uma nova empresa composta por 11 médicos cirurgiões, em fase de contratação, que irá prestar os serviços necessários.

Portanto, “não há menor risco de interrupção no atendimento de urgência e emergência no Hospital Municipal de Imperatriz, o Socorrão”, garante o secretário de Saúde, Alair Fiminiano ao afirmar aos usurários que os atendimentos nessa ala do hospital não serão prejudicados.

Sobre a nota distribuída à imprensa em que a empresa alega atrasos nos pagamentos, o secretário informou que os pagamentos dos meses de fevereiro e março de 2019 foram suspensos por irregularidades na cobrança realizada pela empresa.

“A Clínica cobra por dois médicos de plantão presencial, no entanto disponibiliza apenas um médico, conforme escala de plantão divulgada pela própria empresa e também conforme relatório de fiscalização realizado pela fiscal de contratos, responsável pela fiscalização de execução do contrato da clínica cirúrgica de imperatriz. O atraso ocorreu porque a contratada foi obrigada a fazer a correção com os valores correspondentes ao serviços realmente executados. Não é fácil proteger o patrimônio público, esta cobrança ilegal por parte da empresa, representa um prejuízo de mais de 900 mil reais por ano aos cofres de Imperatriz”, afirma o secretário.

Quanto à afirmação de que a secretaria pagaria dois meses até o dia 10 de Junho, Alair diz que não é verdadeira. “Ora, em ata de audiência extra-judicial, realizada no dia 04 de Junho de 2019, foi fixado o prazo de 40 dias para que a empresa deixe de prestar o serviço ou que as partes entrem em consenso no que diz respeito à correção dos itens cobrados, nos termos do contrato vigente, portanto nunca houve promessa de pagamento nesta data citada, até porque esses pagamentos seriam irregulares”, garante.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Após ser vítima de “Fake News”, prefeito coloca Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão) na tela, 24h por dia

04/06/2019 s 08:33 em Saúde

Prefeito quer população inteira com acesso irrestrito ao funcionamento do Hospital Municipal!

Com novo sistema que será implantado, quem quiser pode monitorar leito por leito, seja da UTI ou das enfermarias, com as iniciais do paciente (Foto: Edmara Silva)

Alvo constantes das Fakes News e figura de retórica dos discursos oposicionistas, o Hospital Municipal de Imperatriz, Socorrão, estará na tela do computador do mundo inteiro, a partir dos próximos dias, por ordens expressas do prefeito Assis Ramos, DEM. “Através de um aplicativo, qualquer pessoa, de qualquer lugar, poderá conferir a ocupação leito por leito, de enfermaria ou da UTI, e todos os procedimentos ali praticados. Eu quero o testemunho das pessoas bem intencionadas, em lugar do falso alarmismo que acaba por gerar um pânico coletivo. Eu não tenho o direito de esconder nada, nem as nossas limitações, muito menos o nosso trabalho pela melhoria da Saúde”, anunciou, Assis Ramos, no encontro realizado no domingo, 02, com sua assessoria de comunicação.

A decisão do prefeito foi amadurecida a partir de um dos últimos ataques dos oposicionistas que se valeram da imagem de um idosa deitada no chão e que, segundo eles, morreu sem ser atendida. “Na realidade, a mulher, de 82 anos, de outro município, recebeu toda assistência, mas no momento de crise aguda, ela própria desceu da poltrona e deitou no chão, instante em que foi fotografada por gente infiltrada pelos fabricantes das fake news”,atesta um funcionário do Socorrão. Outra prática que vem se repetindo é a publicação de fotografias de corredores de outros hospitais, inclusive da capital, como se fossem do Socorrão de Imperatriz.

Pelo sistema que está sendo implantado, quem quiser pode monitorar leito por leito, seja da UTI ou das enfermarias, com as iniciais do paciente, idade, tempo de internação, de onde veio e causa do tratamento. Terá câmeras abertas 24 horas por dia dos corredores, recepção e portaria. Também imagens ao vivo, panorâmicas, das enfermarias e das UTI’s, sem identificar pacientes (por questões de privacidade) mas demonstrando o trabalho de todo corpo clínico.

“Essa campanha maléfica feita por esse tipo de política destrutiva vem gerando pânico na população que depende do Socorrão. É falso esse clima de terra arrasada, muito pelo contrário, temos muitos avanços. Atravessamos alguns problemas, de abastecimento, por exemplo, por conta de questões burocráticas, mas isso está sendo superado. A gente democratizando a real ocupação dos leitos, imagens ao vivo e a contabilidade do Socorrão, a realidade fica democratizada, se esvazia o discurso alarmista, e vai obrigar essa gente a ir atrás de um outro tema, esperamos que seja do bem”, observa o prefeito Assis Ramos.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeitura de Imperatriz entrega ‘Primeira Unidade Coronariana da Região’ que vai funcionar no Hospital Municipal

23/05/2019 s 09:26 em Saúde

Serviço especializado para atender pacientes adultos com problemas cardíacos!

O Hospital Municipal de Imperatriz, HMI, popularmente chamado de “Socorrão”, oferece a partir da última terça-feira, 21, os serviços da Unidade Coronariana e Semi Intensiva Cardiovascular, a primeira no Estado, voltada para atender pacientes adultos com problemas cardíacos que necessitam de monitoramento 24 horas.

A entrega da unidade foi feita pelo prefeito Assis Ramos em companhia do secretário de saúde, Alair Firmiano em solenidade com a participação da equipe clínica e diretores do hospital.

A Unidade Coronariana é dotada de equipe de médicos e enfermeiros capacitados além de possuir equipamentos necessários para atendimento e diagnostico no menor tempo possível de doenças cardiovasculares.

Localizada no corredor principal de entrada do Hospital Municipal, a unidade está equipada com três leitos, monitores cardíacos, respirador, bombas de infusão, aspiradores e todo o material e medicamentos necessários para o atendimento do paciente.

“Esta é uma UTI avançada voltada para atender pacientes de doenças cardiovasculares”, anunciou o secretario Aliar Firmiano.

“O atendimento vai seguir o protocolo para doença cardiovasculares, onde temos uma médica que é a doutora Mayara, dinamicista e vai conduzir este atendimento a começar pelos treinamentos feitos há seis meses e serão feitos esta semana com toda a equipe do hospital”, explicou a diretora do hospital, Marília Carvalho.

O prefeito Assis Ramos disse que a unidade é mais um esforço da gestão para melhorar a qualidade dos serviços prestados à população na área da saúde.

“Temos que ter consciência de que nenhum prefeito vai transformar a saúde de Imperatriz numa saúde como a de Portugal, da Europa, mas aos poucos, com unidades como esta, Centros Cirúrgicos reformados, e várias ações dentro do Socorrão, da UPA e nossas Unidades Básicas de Saúde, que são nossas vitrines, é que vamos melhorar nossa saúde”, pontuou o prefeito Assis.

O gestor municipal se mostrou solidário aos funcionários do hospital que vem sendo alvo de críticas de alguns segmentos sociais, mesmo desenvolvendo um bom trabalho.

“Eu me solidarizo com todos que trabalham aqui, que fazem acontecer, não só aqui, mas em todas as unidades e são alvos de críticas, mas num momento deste aqui os críticos não veem, saber o que significa porque é muito fácil criticar, mas fazer a diferença são poucos” desabafou o prefeito sem citar nomes. Ele disse que as críticas são recebidas com naturalidade, mas quem critica também deveria procurar saber sobre as evoluções do setor como as próprias ações, que são muitas, desenvolvidas no interior do “Socorrão”.

“Pessoal passa na frente, vê a fachada, ainda, dependendo de uma reforma e as vezes pensa que aqui dentro está da mesma forma da fachada. A gente escolheu que o ideal é que as pessoas tenham condições de serem atendidas e a fachada fica para depois”, finalizou o Assis que fez uma vistoria nas obras de reforma e recuperação do Hospital Municipal Infantil de Imperatriz, HMII.

“Queremos enfatizar que esta é a única Unidade Coronariana da região toda, nem em São Luís a gente conta com Unidade Coronariana dentro de um hospital público”, concluiu Alair Firmiano.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

UPA de Açailândia poderá fechar as portas por tempo indeterminado a qualquer momento…

04/05/2019 s 21:20 em Saúde

UPA- Unidade de Pronto Atendimento de Açailandia, no dia da inauguração, quando o governador Flávio Dino se comprometeu perante os presentes em ajudar a manter a unidade, o que não cumpriu até agora, segundo informações!

Inaugurada pelo prefeito de Açailândia em 27/08/2016, A UPA-Unidade de Pronto Atendimento Dr. Ubirajara Neres Souza, que fica Localizada na Avenida Santa Luzia, S/Nº, Vila Progresso, Zona Urbana, poderá ser fechada a qualquer momento e por tempo indeterminado. A informação partiu de pessoas ligadas à própria administração municipal, e o motivo? È a falta de recursos para custear as despesas operacionais e técnica da Unidade de Saúde.

Quando da sua inauguração, o governador Flavio Dino que participou da solenidade, se comprometeu a destinar um milhão de reais para a compra de equipamentos e parte do custeio mensal no total de R$ 600 mil, trato esse que o comunista não vem cumprindo. E com isso, fica insustentável para que a UPA possa continuar seu atendimento a população.

A unidade é administrada pela prefeitura municipal de Açailândia, que aos troncos e barrancos mesmo sem receita própria, vem bancando sozinha as despesas de custeios, para que a mesma não tenha suas atividades paralisadas, só que a situação chegou ao limite. Informou nossa fonte ligada a prefeitura.

Durante o ato inaugural, o governador Flávio Dino ressaltou a importância da parceria com o poder público municipal para a execução de obras como essa. “Vi que a conclusão dessa UPA era um anseio da população. Essa obra é fruto de uma parceria entre o governo federal, estadual e municipal e mostra que os resultados aparecem quando a gente se une e emprega bem os recursos públicos. E, assim como vim entregar o quartel da polícia, as viaturas e agora esta unidade de saúde, virei aqui muitas outras vezes para entregar obras como a urbanização dessa praça”, destacou o governador. Passado esse tempo ficaram só as palavras, e os compromissos foram esquecidos pelo governador.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula que também estava presente à inauguração explicou como a UPA contribuiria para a melhoria da rede estadual de saúde. “Essa é a terceira UPA municipal que a gente ajuda a inaugurar. Esse suporte é dado pelo poder público estadual para possibilitar que essas unidades funcionem e atendam bem à população. Essa obra estava parada há muitos anos e, pela coragem da gestão municipal de pedir ajuda ao governador, estamos aqui hoje para entregar esta UPA que vai mudar a saúde da região”, afirmou. Outras palavras que nunca se cumpriram.

Ao não cumprir com seus compromissos eleitorais, o governador Flavio Dino se mostra indiferente, e ao mesmo tempo está brincando e fazendo chacota com a cara do povo. Pois a situação da saúde publica é caótica em todos os municípios maranhenses. Há muito tempo Dino deixou de ser governador, para mirar sua artilharia exclusivamente em criticar as ações do governo federal e do ministro Sérgio Moro, enquanto isso, a população pobre do estado paga um preço alto pela irresponsabilidade do governador.

Essa falta de vontade política do governador, vem prejudicando  quase todas as administrações  do Maranhão, pois o homem não tem a sensibilidade nem mesmo com aqueles prefeitos que foram e são seus aliados, como exemplo claro, é o próprio Prefeito Juscelino Oliveira, que é do mesmo partido de Dino, o (PCdoB). Pessoas ligadas ao prefeito já lhe cobraram inclusive sua saída do (PCdoB), e seu afastamento do grupo político de Flavio Dino, e não entendemos o porquê do mesmo insistir em ficar do lado de um governador que não está nem ai para um dos municípios mais importante do estado.

Alheio a situação caótica em que vive o município,o único deputado estadual de Açailândia, se faz de cego, surdo e mudo, e assiste de camarote a problemática local, e não tem a dignidade de ao menos cobrar no plenário da assémbleia legislativa uma posição do governador para ao menos tentar solucionar os principais problemas que hoje a população enfrenta.

Do Atual10

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Município de Açailândia é representado no 7º Congresso Norte e Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde

04/05/2019 s 10:03 em Saúde

Com o tema: “Atenção Básica e Regionalização, Desafios e Perspectivas”, aconteceu em Fortaleza o 7º Congresso Norte e Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde!

Kerly Cardoso (Secretária de Saúde de Açailandia). Foto: Divulgação

O município de Açailândia esteve representando pela secretária de Saúde Kerly Rodrigues Cardoso no 7º Congresso Norte e Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde. Além da secretária de Açailândia, alguns secretários da região participaram do evento: o secretário municipal de saúde de Bom Jesus das Selvas Abdala da Costa Sousa Filho; o secretário municipal de Buriticupu Elias Rocha de Souza; e o secretário de São Pedro da água Branca Gilvan Alves Pereira.

O evento regional acontece anualmente com o apoio dos 16 COSEMS das duas regiões do país e vem se configurando como uma das principais arenas de debates dos gestores da saúde, além de servir como preparatório para os temas que serão discutidos meses depois, no Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde.

Na programação aconteceram mesas e palestras abordando as temáticas da saúde, políticas públicas, gestão orçamentária, atenção básica, entre outros temas. Uma média de 1500 congressistas participaram do Congresso.

A secretária de saúde do município destacou a importância do evento. “Um evento desse porte é muito importante, porque participamos de muitas palestras a nível nacional sobre instrumentos de gestão. Todos os secretários são informados sobre as novas portarias, novas políticas de saúde e debatemos sobre as dificuldades das regiões. E dentro da feira, nós conhecemos várias tecnologias que podem ser utilizadas nos municípios e tivemos a oportunidade de tirar dúvidas com os técnicos que vem do Ministério da Saúde”, pontuou a secretária.

 Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Em Açailandia, Profissionais da Saúde recebem orientações para a campanha de vacinação contra a gripe

16/04/2019 s 08:28 em Saúde

“A meta da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza é de, pelo menos, 90% de cobertura em cada um dos grupos prioritários”!

Diversos profissionais lotados na Secretaria Municipal de Saúde de Açailândia, como os ACS – Agentes de Saúde, Técnicos de enfermagem, bem como Gestores de UBS’S se reuniram na tarde de quarta-feira,10, com o objetivo de discutirem a realização da campanha de vacinação, que em Açailândia, começa oficialmente na próxima segunda-feira,15, em todas as Unidades Básicas de Saúde da zona urbana e rural do município. Vale lembrar que a população já pode procurar as unidades de saúde a partir de hoje,11, para receber a vacina, segundo a coordenação da campanha.

A reunião aconteceu no auditório da Secretaria de Educação e administrada pela coordenadora do Setor de Imunização Adriana Parra, que além de passar todas as orientações sobre os procedimentos da campanha, ressaltou a importância da vacinação.

“Este é um passo muito importante para que a campanha seja um sucesso. Ontem, pudemos alinhar alguns pontos importantes para a realização da vacinação. Já recebemos 50% das dozes e a partir desta quinta-feira,11, estaremos fazendo a distribuição por todas as Unidades Básicas de Saúde”, disse a coordenadora.

A meta da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza é de, pelo menos, 90% de cobertura em cada um dos grupos prioritários. O Maranhão receberá 2.036.900 doses, divididas em lotes, conforme cronograma do Ministério da Saúde (MS). Nesta primeira fase, o público está calculado em mais de 680 mil crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e mais de 80 mil gestantes. Assim, todos que estão dentro de um dos grupos prioritários, sejam vacinados.

Em 2018, o Maranhão conseguiu atingir 94,65% de cobertura do público prioritário, com a aplicação de 1.398.309 doses. Contudo, a menor cobertura foi observada no grupo das crianças.

Calendário de Vacinação

Até 19 de abril – Gestantes e crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias.

22 de abril a 31 de maio – Pessoas com 60 anos ou mais, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

4 de maio – Dia D de Vacinação.

ASCOM-PMA

Por Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

13ª Conferência Municipal de Saúde é realizada em Açailândia

01/04/2019 s 19:00 em Saúde

Durante os dois dias de programação foram discutidos eixos temáticos: Democracia e Saúde, Saúde como Direito, Consolidação dos Princípios e financiamento adequado do SUS!

Com o tema “Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS”, a Prefeitura de Açailândia, através da Secretaria de Saúde e o Conselho Municipal de Saúde, realizou nos dias 28 e 29 de março, a 13ª Conferência Municipal de Saúde, evento destinado aos profissionais da área de saúde e à população interessada.

Na composição da mesa de honra, o Procurador Geral do Município, Dr. Saulo Viera, ora representando o prefeito Juscelino Oliveira, a Chefe de Gabinete, Rosa Nascimento, a Secretária de Saúde Kerly Cardoso, o Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Wanderson Freitas, a Técnica da Comissão Regional, Lucilene Sousa ,,Moraes, o Gestor Regional de Saúde, José Neto, Representando a Secretaria de Educação, a Segunda Dama do Município, Valéria Souza e o Pastor Izácio Leite que abençoou o evento com uma oração.

A Conferência é o fórum máximo de deliberação de Política de Saúde, espaço de participação da sociedade, onde serão discutidos os problemas da saúde, construindo propostas para implementação da Política de Saúde, bem como a escolha dos representantes que irão compor o Conselho de Saúde, além da eleição dos novos delegados que participarão da Conferência Estadual.

A Secretária de Saúde Kerly Cardoso, ressaltou a importância da realização da conferência que ai melhorar a qualidade do atendimento, bem como a saúde do município. “Realizamos este evento de quatro em quatro ano, onde temos que preparar este espaço para a discussão dos problemas da saúde, e é onde a população tem poder de voz e de voto, além de relatar o que espera da saúde para os próximos quatro anos. Nesta conferência é também escolhida a nova composição do Conselho Municipal de Saúde”, destacou Kerly Cardoso, agradecendo a participação de todos os secretários de saúde que compõem a regional de Açailândia

Este ano a conferência ganhou maior dimensão, obrigando os organizadores promoverem o certame em local mais espaçoso como foi o caso da escolha da Igreja Vida, que tem capacidade para comportar mais de cinco mil pessoas, além de ser totalmente climatizada, proporcionando mais comodidade e conforto aos conferencistas. Contou ainda com apresentação culturais: Danças dos idosos; música ao vivo; apresentação do grupo cultual “Flor de Mandacarú” e Coffe Breack.

A programação do evento contou com palestras, discussões e grupos de trabalho com os eixos temáticos: ‘Saúde como Direito: um olhar integral para as pessoas e o meio’; ‘Consolidação dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS)’; ‘Financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS)’ e ‘Regionalização como eixo estruturante para otimização e acesso do usuário do Sistema Único de Saúde (SUS)’. Houve ainda, a plenária para aprovação de propostas e eleição de delegados para a Conferência Estadual que acontece ainda neste mês de abril.

“Estamos diante de um momento muito importante para a saúde do município de Açailândia, porque esta conferência é o espaço aonde todos os envolvidos na saúde como os usuários e o poder público, além de todos os segmentos poderão manifestar as suas necessidades e anseios a respeito da saúde de Açailândia. Tenho absoluta certeza que nesta conferência novas diretrizes serão implementadas a partir deste fórum de discussão de extrema importância para as políticas públicas de saúde do município”, finalizou o Procurador Saulo Vieira.

ASCOM – PMA

Por Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Capacitação sobre hanseníase reúne 110 profissionais de saúde em Açailândia

02/10/2018 s 17:20 em Saúde

A prefeitura de Açailândia, por meio da Secretaria de Saúde, e Programa Municipal de Controle de Hanseníase (PMCH), em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado (SES), e dos programas de Atenção Básica de Saúde, Planejamento, e Núcleo Municipal de Educação em Saúde (NMES), realizou com sucesso, um curso de capacitação, com ações inovadoras de combate à hanseníase.

O curso de capacitação contou com a participação de cerca 110 profissionais, entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e agentes comunitários de saúde. O curso de capacitação foi realizado pela Drª. Dilma, Enf. Sônia Maria, bem como pelo enf. Saulo, técnico da Secretaria de Saúde do Saúde do Estado (SES).

Para a enfermeira Jaqueline: “A capacitação visa ampliar os conhecimentos sobre diagnóstico precoce e tratamento da hanseníase, de forma que a doença possa ser diagnosticada precocemente e tratada em todas as Unidades Básicas de Saúde do município. Vivemos em uma região hiperendemica pra hanseníase, com índices elevados de casos, inclusive em menores de 15 anos de idade, o que nos deixam ainda mais preocupados em desenvolver ações eficazes para controle da doença”. Informou.

“O treinamento das equipes em ação básica, servirá para a descentralização nas Unidades Básica de Saúde (UBS), levando atendimento mais próximo da população, o foco de toda essa ação é promover o diagnóstico precoce com tratamento imediato para prevenir incapacidades bem como a transmissão do bacilo. Açailândia segue em curtos passos, pois não é fácil a caminhada, mais também sabemos que não é impossível por isso continuarmos andando”, finalizou a enfermeira Jaqueline, coordenadora do (PMCH).

“As ações inovadoras de prevenção e combate da hanseníase, é uma preocupação constante da prefeitura de Açailândia na gestão do prefeito Juscelino Oliveira”. Por isso,  estamos sempre em busca de capacitação e inovação junto aos nossos profissionais de saúde, para poder oferecer um atendimento de qualidade a quem precisa”, disse Kerly Cardoso, Secretaria de Saúde do Município de Açailândia.

As ações tiveram inicio na ultima quinta-feira (27) no auditório da Faculdade Vale do Aço (Favale), onde os participantes teve a oportunidade de aumentar seus conhecimentos, e se aprofundar tanto no diagnostico precoce, bem como no combate a hanseníase.

Já na ultima Sexta-feira (28), na Unidade Básica de Saúde do Residencial Tropical, os profissionais  de saúde já capacitados, puderam colocar em pratica os conhecimentos adquiridos, atendendo a população e fazendo e diagnosticando possíveis casos  sob suspeitas de serem  portadores de hanseníase.

O encerramento dessas ações aconteceu no ultimo sábado dia (29), na Unidade Básica de Saúde do Bairro Residencial Tropical, onde foi realizado o mutirão da pele. Para se ter uma ideia, durante o mutirão, 7 casos de hanseníase foram detectados, sendo 2 deles em menores de 15 anos de idade.

Por Nilton Sumiu

ASCOM/Semus

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Fake News: Boatos e notícias falsas prejudicam campanhas de vacinação

30/09/2018 s 08:22 em Saúde

Desde 2016, o compartilhamento de fake news cresceu e tornou-se um dos fatores que fez cair a cobertura vacinal no Brasil, segundo o Ministério da Saúde!

Com o intuito de reforçar o combate às notícias falsas, o governo federal iniciou uma campanha digital para combater boatos e mentiras sobre vacinação.

Ao mesmo tempo que aproximam as pessoas, aplicativos de troca de mensagens e redes sociais fazem parte do cenário que impede a população de se proteger de doenças como febre amarela, gripe e sarampo. Boatos espalhados pelo WhatsApp, Twitter e Facebook, por exemplo, tem influenciado na queda do alcance das campanhas de vacinação no Brasil desde 2016, segundo o Ministério da Saúde.

“Um dos fatores que levamos em conta, que prejudicou e ainda prejudica a imunização são as fake news”, explica o chefe da Assessoria de Imprensa e Informação do Ministério da Saúde, Renato Strauss. Outros fatores influenciam a queda, que ficou entre 70% e 75%, como o sucesso das campanhas passadas até a mudança de jornada de trabalho das pessoas.

Com o intuito de reforçar o combate às notícias falsas, o governo federal iniciou uma campanha digital para combater boatos e mentiras sobre vacinação. Na ação, imagens e vídeos trazem exemplos de mentiras que circulam na internet e convidam o cidadão a refletir sobre o conteúdo que compartilha nas redes.

“Muita mentira está sendo divulgada, e quem não tem o hábito de checar acaba se tornando vítima dessa desinformação. Queremos mostrar que nem tudo que chega para as pessoas é verdade, especialmente quando falamos de saúde pública”, disse o secretário de Comunicação Digital e Inovação da Presidência da República, Wesley Santos.

Compulsão

Ainda é difícil compreender a motivação de quem dá origem e inicia o compartilhamento de notícias falsas, mas profissionais da área da filosofia, psicologia e comunicação possuem algumas teorias a respeito, segundo o professor da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (FAC/UnB) Paulo José Araújo da Cunha. Ele é o responsável por ministrar a disciplina Jornalismo e Fake News na FAC/UnB.

Segundo o professor, o hábito de usar notícias falsas indica uma “compulsão” por mentir e enganar os outros. Do lado contrário, quem compartilha as mentiras geralmente acredita no que está lendo e faz isso com boas intenções. Além disso, o advento da internet e redes sociais apenas facilitou esse processo – que é, aliás, muito antigo.

“Fake news de maneira geral são muito antigas. No Brasil, ocorre basicamente desde a proclamação da República. No mundo, é um fenômeno que se observa desde o Império Romano. A diferença é que antes você precisava de papel, impressora, uma base sólida para fazer a informação circular. Com a internet, isso é muito mais fácil”, explicou.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Sec. de saúde de Açailândia promove ação educativa em saúde sexual e reprodutiva, nas escolas

04/09/2018 s 11:07 em Saúde

SaudeA prefeitura Municipal de Açailândia, por meio da Secretaria Saúde, e dos Programas Saúde na Escola (PSE), e Programa Municipal AIDS e Hepatites Virais (CTA), realizaram durante todo mês de agosto 2018, ações de saúde sexual e reprodutiva  nas escolas municipais, nas turmas de Educação de Jovens e Adultos.

De acordo com a coordenação, as escolas municipais beneficiadas com as ações foram as seguintes: Jurgleide Alves Sampaio, Tania Leite, Simone Macieira, Julieta Quintal, Aulídia Gonçalves, Antônio Oliveira Campos, Eduardo Pereira Duarte, Novo Bacabal, e escola Sudelândia.

“As ações desenvolvidas, tem como objetivo,  orientar e conscientizar sobre saúde sexual e reprodutiva, reduzir a vulnerabilidade de adolescentes e jovens, bem como às doenças sexualmente transmissíveis (DST), à infecção pelo HIV e à gravidez não-planejada”, explica Kerly Cardoso, Secretaria de Saúde do Município.

Ainda de acordo coma secretaria de saúde kerly Cardoso, ações como essa, só reforça as determinações do prefeito Juscelino Oliveira, que sempre cobra os cumprimentos das metas estabelecidas pelo ministério da educação, ministério da saúde, e secretaria de estado de saúde (SES).

A educação sexual ajuda os jovens a viverem a sua sexualidade com consciência e responsabilidade. Daí a importância em abordar o tema e tirar as dúvidas. “A sexualidade está presente no cotidiano deles, e é natural que queiram saber dos assuntos que ouvem falar”. Disse a coordenadora do (CTA), Psicóloga Márcia Costa.

“Para a prevenção ao uso de drogas, o Programa  Saúde na Escola (PSE), busca abordar o tema sensibilizando-os sobre os riscos e perigos causados por elas”. “Entendemos que o adolescente passa por diversas transformações e mudanças de comportamentos que devem ser considerados”, ontuou a enfermeira Valéria Sousa, coordenadora do (PSE).

“Para orientá-los, é necessária a integralização das áreas da educação, da saúde, de projetos culturais e, principalmente, da família, que deve estar atenta às transformações desse jovem”, concluiu Valeira Sousa.

Por Nilton Sumiu

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Unidade de Saúde do Bairro Nova Bom Jesus está em pleno funcionamento; prefeito foi checar “IN LOCO”

21/08/2018 s 20:05 em Saúde
Fernando Coelho

Prefeito Fernando Coelho (PCdoB) durante visita a UBS. (Foto: Assessoria)

Com foco na saúde da população, a Prefeitura de Bom Jesus das Selvas, inaugurou a “Unidade Básica de Saúde Nova Bom Jesus”, no Bairro Nova Bom Jesus. A Unidade Básica de Saúde – UBS foi entregue pelo prefeito Fernando Coelho, com profissionais qualificados que efetuarão o atendimento básico de saúde que beneficiará toda a população que reside em suas imediações.

A unidade conta com atendimentos médico clínico geral e enfermagem, além dos serviços de vacina, curativos, teste do pezinho, pré-natal, teste rápidos de gravidez e de IST´s (infecções sexualmente transmissíveis), notificação de doenças como a diabetes, hanseníase, tuberculose, hipertensão e agravos à saúde, acompanhamento das famílias beneficiárias do programa Bolsa Família.

Para acessar o serviço da Unidade Básica, os usuários residentes na área de abrangência, deverão comparecer no local, com documentos de identificação com foto e cartão do SUS.

ESTRUTURA

A nova unidade de Saúde Nova Bom Jesus conta com a seguinte estrutura, que está disponibilizada para a população do Bairro Nova Bom Jesus.
– Consultórios Médicos
– Farmácia Básica
– Sala de inalação
– Sala de Curativos
– Sala de exames preventivos
– Sala de Vacina
– Sala de atendimento ao público

O horário de funcionamento é das 08:00 a 11:30 e das 14:00 a 17:30

Prefeitura de Bom Jesus das Selvas “Gestão se faz com Trabalho e Respeito!

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Agora em Imperatriz, ‘consultas e exames especializados’ podem ser feitos em distritos

20/08/2018 s 19:16 em Saúde

Comunidade deve procurar a UBS do bairro de referência para marcar seus procedimentos!

Saude ITZ

Comunidade deve procurar a UBS do bairro de referência para marcar seus procedimentos (Foto: Patrícia Araújo)

Visando facilitar o acesso da população imperatrizense às consultas e exames especializados, a Secretaria Municipal de Saúde inseriu no sistema público as marcações por meio de distritos. Para isso, foram definidas Unidades Básicas de Saúde polo, de acordo com sua região de abrangência, onde serão disponibilizados também agendamentos da otorrinolaringologia.

A população deve procurar as UBS Cafeteira, Camaçari, Coquelândia, Lagoa Verde, Milton Lopes, Nova Imperatriz, Nova Vitória, Santa Rita, São José, Três Poderes, Vila Lobão ou Vila Nova, observando qual seu distrito de referência. “Usuários devem consultar qual sua UBS de referência nas listas anexas nos postos”– explicou a auditora Maíra Honda. Ela acrescenta que por questão de organização e para melhor atender as pessoas, cada morador só será atendido em seu distrito.

De acordo com o secretário de Saúde, Alair Firmiano, essa logística foi definida para dar mais comodidade aos usuários da rede pública. “Objetivo maior da gestão do prefeito Assis Ramos é melhorar a qualidade da assistência na saúde, e com isso, vamos atender as pessoas, mais próximo delas, descentralizando e tornando os serviços mais acessíveis” – esclareceu.

Confira seu distrito na tabela abaixo:Tabela SaudeDa Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Dia “D” de vacinação contra a Poliomielite e Sarampo acontece neste sábado

17/08/2018 s 19:42 em Saúde

Dia DAcontece neste sábado, 18 de agosto, a grande mobilização nacional e o “Dia D” da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite (Paralisia Infantil), das 8 às 17 horas. Em Açailândia, a Secretaria Municipal de Saúde, está montado uma grande força-tarefa com toda a equipe de profissionais da saúde para estarem a postos amanhã em todas as UBS’s do município, bem como em algumas praças públicas da cidade para aplicarem as doses das duas vacinas.

A campanha tem como público alvo todas crianças de 1 a menos de 5 anos de idade. A enfermeira e coordenadora do Setor de Imunização, Adriana Parra, informa que   idade precisam ser imunizadas. “Esta campanha já está acontecendo desde o dia 06 de agosto e vai até o dia 31. Amanhã, 18, estaremos cumprindo apenas o calendário do Ministério da Saúde quando estará acontecendo em todo o país a grande mobilização nacional, o “Dia D” de vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo. Vale lembrar a todos os pais, que a vacina ainda é a única maneira de prevenir e ara que seus filhos não adoeçam”, alerta Adriana Parra.

O último caso de poliomielite no Brasil ocorreu em 1989 e desde 1990, não são registrados casos da doença. As ações de prevenção e controle, em especial a vacinação, contribuiu para a erradicação no Brasil. Mas a baixa cobertura vacinal preocupa para a introdução novamente do vírus.

Locais de vacinação neste sábado,18/08

  • PRAÇA DA BÍBLIA;
  • PRAÇA DO PATIZAL – VILA ILDEMAR;
  • NOVO BACABAL;
  • CÓRREGO NOVO;
  • ASSENTAMENTO CALIFÓRNIA;
  • TODAS AS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO.

ASCOM-PMA

Redação: Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Saúde Municipal discute protocolos de regulação de consultas e exames especializados

08/08/2018 s 17:25 em Saúde

Treinamento reforça sobre os procedimentos corretos para encaminhamentos e solicitações!

Saúde ITZ

Treinamento reforça sobre os procedimentos corretos para encaminhamentos e solicitações (Foto: Edmara Silva)

Foi realizada na manhã desta quarta feira, 8, capacitação sobre protocolos de regulação para agendamento de consultas e exames especializados. Assunto foi debatido no auditório da Secretaria Municipal de Saúde e reuniu auditores responsáveis pelas autorizações, médicos e enfermeiros da Atenção Básica. Objetivo é atualizar o funcionamento do fluxo, para melhorar o atendimento prestado aos usuários do SUS.

“Estamos reforçando sobre a importância e a necessidade do preenchimento correto da referência e da contra referência na condução do paciente, visando otimizar o atendimento e diminuir o tempo de resposta em relação às marcações solicitadas” – explicou o coordenador da auditoria, Luiz César.

Segundo ele, os esclarecimentos visam principalmente fazer com que o processo de diagnóstico seja melhorado com a indicação precisa de encaminhamentos e exames especializados. “Não estamos duvidando da capacidade técnica dos profissionais, mas tentando alinhar todos os processos para evitar perda de tempo com rejeição de pedidos que não estejam de acordo com os protocolos determinados” – pontuou.

“Às vezes já tive dúvida na hora de encaminhar para uma avaliação, porque ao meu ver a paciente deveria passar pelo urologista e na devolutiva me pediram que fosse para o mastologista. Mas com os esclarecimentos repassados hoje  não haverá equívoco na comunicação” – destacou a infectologista Ilis Ferreira, ao pedir fala durante os questionamentos.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Vacinação contra a poliomielite e sarampo começa segunda-feira, em Açailândia

03/08/2018 s 09:58 em Saúde

SaudeA coordenadora de Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Açailândia, Adriana Parra, acompanhada da coordenadora da Atenção Básica da Saúde, Solange Bandeira, bem como a enfermeira supervisora da Estratégia da Saúde da Família, Keydlane Sampaio Abade, reuniram todos os Agentes Comunitários da Saúde para debaterem, passar todas as informações e estratégias para o desenvolvimento da Campanha Nacional de Vacinação que vai iniciar na próxima segunda-feira, 6 de agosto em todas as Unidades Básicas de Saúde do município.

De acordo com informações passadas por Kaydlane Abade, o objetivo do encontro com é treinar todos os profissionais da Atenção Básica da Saúde, que estão envolvidos diretamente na prevenção das doenças que são imunopreveníveis. “O nosso maior foco é vacinar todas as crianças de 1 ano a menores de 5 ano de idade, bem como fazer a atualização do calendário vacinal, principalmente a poliomielite e o sarampo que já houve alguns casos registrados em outros estados e por este motivo já estamos realizando o trabalho de prevenção com esta campanha de vacinação determinada pelo Ministério da Saúde”, ressaltou Keydlane Abade.

Já a coordenadora da Atenção Básica da Saúde de Açailândia, com monitora todas as Unidades Básicas de Saúde do município, assim também como todos os Agentes de Saúde, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem, médicos e demais trabalhadores da Atenção Básica, disse que todo este pessoal, vão estar envolvidos na Campanha de Vacinação dentro da sede do município e zona rural. “Estaremos todos voltados para este trabalho de prevenção. É um trabalho em parceria com a coordenação de imunização que faz parte também da coordenação de Vigilância em Saúde do município para que fique uma ligação muito próxima conforme as coordenadas passadas pelo Ministério da Saúde. Estamos deflagrando uma grande movimentação nesta campanha de vacinação. Por isso, estamos fazendo o chamamento dos pais e mães de  famílias que leve os seus filhos para vacinar, prevenindo-os dessas doenças”, explicou Solange Bandeira.

A nova Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo começa na próxima segunda-feira, 6 de agosto, e vai até o dia 31/08. No Maranhão, o público-alvo da campanha é de aproximadamente 499 mil pessoas. Em todo o país, 11,2 milhões de crianças devem ser vacinadas. Todas as crianças de um ano a menores de cinco do país devem se vacinar contra a pólio e sarampo, independente da situação vacinal.

O dia “D” de mobilização nacional será sábado, 18 de agosto, quando as Unidades Básicas de Saúde no país estarão abertas ofertando as vacinas. A meta é vacinar, pelo menos, 95% das crianças para diminuir a possibilidade de retorno da pólio e reemergência do sarampo, doenças já eliminadas no país. A Secretaria Municipal de Saúde está programando um grande evento para este dia na Praça da Bíblia a partir das 08h00 com atrações culturais apresentadas por artistas da terra.

A prioridade da campanha são as crianças de um até menores de cinco anos, público mais suscetível às doenças e suas complicações. Para atender a esse público, foram adquiridas 28,3 milhões doses das vacinas, um total de R$ 160,7 milhões. Todos os estados do país já estão abastecidos com 871,3 mil doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP), 14 milhões da Vacina Oral Poliomielite (VOP) e 13,4 milhões da Tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

Para o estado do Maranhão foram distribuídas 1,2 milhão doses das três vacinas.
A campanha de vacinação deste ano é indiscriminada, ou seja, pretende vacinar todas as crianças dessa faixa etária no país e para manter coberturas homogêneas de vacinação. Para a poliomielite, as que não tomaram nenhuma dose durante a vida receberão a VIP. Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a VOP, a gotinha.

Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

Nos estados que registraram casos de sarampo, a vacinação foi antecipada como medida de bloqueio para interromper a circulação do vírus. Em Roraima, a campanha iniciou em março e envolveu pessoas de 6 meses a 49 anos. Já em Manaus (AM), aconteceu em abril e o público vacinado foi de 6 meses a 29 anos de idade. E, em Rondônia, a vacinação está em andamento para crianças de 6 meses a menores de cinco anos.

Durante a mobilização nacional, esses estados devem convocar novamente as crianças de um a menores de cinco anos para receber a imunização.

O Ministério da Saúde oferta todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no Calendário Nacional de Vacinação. Ao todo, são 19 para combater mais de 20 doenças, em todas as faixas etárias. Por ano, são cerca de 300 milhões de doses de imunobiológicos distribuídos em todo o país.

Sarampo

O Brasil recebeu, em 2016, da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo, e atualmente empreende esforços para manter o certificado, principalmente por meio do fortalecimento da vigilância epidemiológica, da rede laboratorial e de estratégias de imunização.

No mundo, há registros de casos de sarampo em alguns países da Europa e das Américas. Em 2017, foram 173.330 casos registrados. Em 2018 (até maio), 81.635 casos confirmados, a maioria em países do Sudeste Asiático e Europa. Atualmente, o Brasil enfrenta dois surtos de sarampo: em Roraima e no Amazonas. Além disso, alguns casos isolados foram identificados nos estados de Rio de Janeiro (14); Rio Grande do Sul (13); Pará (2), Rondônia (1) e São Paulo (1).

O reaparecimento da doença está relacionado às baixas coberturas e a presença de venezuelanos no país, comprovado pelo genótipo do vírus (D8) identificado, que é o mesmo que circula na Venezuela. Até o dia 17 de julho, foram confirmados 822 casos de sarampo no Amazonas e em Roraima.

Poliomielite

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), três países ainda são considerados endêmicos (Paquistão, Nigéria e Afeganistão). O Brasil está livre da poliomielite desde 1990. Em 1994, o país recebeu, da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem.

ASCOM-PMA

Redação: Antonio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeito Juscelino Oliveira entrega duas novas ambulâncias e uniformes para o SAMU de Açailândia

18/07/2018 s 21:53 em Saúde

SAMU 1Numa solenidade simples, restrita apenas para a equipe de socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o prefeito Juscelino Oliveira, acompanhado da Secretária de Saúde, Kerly Cardoso, outros secretários de governo, servidores da saúde pública, diretora do AMU Helena Dutra, e do vereador Deidson Mesquita e a imprensa local, fez a entrega do kit de trabalho para o dia-a-dia dos 42 “Anjos do Asfalto”.  Cada salva vida recebeu (02) macacões; (02) bonés e (02) botas.

A entrega aconteceu no prédio da futura nova sede do SAMU, que ainda será inaugurada pelo gestor municipal em outra solenidade oficial pelo gestor municipal. A nova Base do SAMU que está localizada à Rua Goiás, esquina com a Rua Fortaleza. O prédio que é bem mais amplo que o anterior e com mais comodidade para a equipe ainda passa por algumas adequações, conforme necessidades da unidade de emergência.

SAMU 2O prefeito Juscelino Oliveira, fez questão de entregar também ao SAMU, duas ambulâncias “zero Km”, uma delas, chegou no município através de recursos do Governo Federal, leia-se: Ministério da Saúde, a outra, através de parceria da iniciativa privada entre a empresa Raizen e prefeitura de Açailândia. A meta é renovar a rota para atender melhor toda a população com mais eficácia e rapidez nos casos emergenciais de acidentes, caso ocorra.

SAMU 3O prefeito Juscelino que durante o evento demonstrou muita disposição, disse que este é um momento de muita alegria. “Quando recebemos o governo, o município não tinha nenhuma ambulância. Agora, em parceria com o governo do estado e a empresa Raizen estamos recebendo uma ambulância e esta outra é um benefício oriundo do Ministério da Saúde e já estamos viabilizando a vinda de mais uma, dentro dos próximos dias. São ambulância novas totalmente equipadas para atender qualquer tipo de emergência”, finalizou o prefeito Juscelino, garantido a construção da sede própria do SAMU até janeiro de 2019 em terreno localizado ao lado da UPA.

SAMU 4O gestor municipal lembrou dos avanços do município na área da saúde com a inauguração de várias Unidades Básicas de Saúde que estavam coma as obras paralisadas e agora estão funcionando, atendendo a população nos quatro cantos da cidade. Citou também a inauguração da Praça da Esperança que está em fase de acabamento em frente a UPA.

Kerly Cardoso, Secretária de Saúde, disse que é uma alegria enorme está realizando a entrega dos kits de trabalho para os socorristas e as duas ambulâncias para atender os pedidos de socorro nos casos de acidentes de trânsito domésticos e outras emergências. “O prefeito Juscelino tem sido muito exigente com relação aos serviços realizados pela saúde. Ele mesmo pediu para que fosse agilizada a entrega das ambulâncias para a população. Isto é prova do compromisso do prefeito para com a população”, ressaltou Kerly Cardoso, agradecendo as parcerias firmadas e a presenças de todos.

ASCOM-PMA           

Redação: Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Em Imperatriz, vacinação contra sarampo e poliomielite começa em agosto

18/07/2018 s 21:16 em Saúde

Seguindo as datas nacionais, mobilização acontece nas 37 UBS´s da cidade!

vacinação

Campanha contra sarampo e a poliomielite começa em agosto (Foto: Edmara Silva e Patrícia Araújo)

Com objetivo de reforçar cobertura contra as doenças em Imperatriz, a Secretaria Municipal de Saúde, Semus, inicia a partir de 6 de agosto, mobilização de aplicação das doses da vacina de combate ao sarampo e poliomielite, nas 37 Unidades Básicas de Saúde, UBS´s da cidade. Campanha é direcionada a crianças de 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias.

“Em relação ao sarampo, adultos que precisam tomar reforço ou que não tenham tomado nenhuma dose, é só procurar as UBS´s a qualquer tempo, com sua carteira de vacinação, pois essas vacinas são de rotina e acessíveis a qualquer tempo. Essa mobilização é para captar crianças ainda não vacinadas ou que não obtiveram resposta imunológica satisfatória à vacinação, minimizando o risco de adoecimento” – explicou o secretário de Saúde, Alair Firmiano.

A vacina é contraindicada em casos de gripe muito forte e febre alta; crianças com imunodeficiência congênita ou adquirida; neoplasia maligna; e que estão em tratamento com uso de corticoides em doses elevadas ou quimioterapia e radioterapia. No entanto, devido ao surto de sarampo já registrado em vários estados brasileiros, principalmente no Amazonas e Roraima, a recomendação oficial é atualizar a carteira de vacinação para prevenir a doença.

“Essa orientação serve não só para as crianças, como também para adolescentes e adultos, sobretudo para quem for viajar para área de risco que deve s certificar se está com as vacinas em dia. E isso tem que ser feito independente do período de campanha” – reforçou a coordenadora de Imunização do município, Socorro Ribeiro.

Orientações repassadas pela Fundação Oswaldo Cruz, produtora da vacina:

A primeira dose da vacina tríplice viral deve ser ministrada aos 12 meses de idade. Aos 15 meses, uma dose da vacina tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela), que corresponde à segunda dose da vacina tríplice e uma dose da varicela. Caso haja atraso na vacinação, crianças até quatro anos de idade ainda poderão receber a vacina com o componente varicela. A partir de cinco até os 29 anos de idade, deverão ser administradas duas doses com a vacina tríplice viral. Pessoas de 30 a 49 anos de idade devem receber uma dose.

Casos suspeitos de sarampo, gestantes, crianças menores de 6 meses de idade e imunocomprometidos não devem receber a vacina. A gestante deve esperar para ser vacinada após o parto. Quem está planejando engravidar, deve primeiramente colocar a vacinação em dia e aguardar pelo menos um mês após a última dose. As pessoas devem estar com a caderneta de vacinação completa de acordo com o recomendado pelo Programa Nacional de Imunizações. No entanto, quem já teve a doença está imune.

Entre uma dose e outra, é preciso fazer um intervalo de pelo menos um mês em qualquer faixa etária. Não é possível tomar no mesmo dia a tríplice viral e a vacina de febre amarela. Entre uma dose e outra, é preciso fazer um intervalo de pelo menos um mês também. Ao administrar a vacina tríplice viral, é preciso ter precaução para pessoas com alergia a ovo e proteína do leite, componentes do imunizante. Nestes casos, o médico deve ser consultado.

Casos no Brasil e no mundo

Entre 1º de janeiro e 23 de maio de 2018, foram registrados 995 casos de sarampo no país (sendo 611 no Amazonas e 384 em Roraima), incluindo duas mortes, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A terceira morte foi confirmada recentemente: um bebê de sete meses faleceu em Manaus em 28 de junho depois de apresentar febre, manchas na pele, tosse e coriza. A Secretaria de Saúde local investiga se a morte de uma bebê de nove meses também foi por sarampo. Há casos confirmados em Rondônia, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.

Desde abril de 2018, a OMS emite alerta sobre a volta do sarampo em onze países das Américas: Brasil, Argentina, Equador, Canadá, Estados Unidos, Guatemala, México, Peru, Antígua e Barbuda, Colômbia e Venezuela. E não é só nas Américas – em 2017, a Europa registrou mais de 21 mil casos de sarampo, com 35 mortes, um aumento de quase 400% nos casos em relação ao ano anterior.

O que é o sarampo?

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral, transmissível, extremamente contagiosa e muito comum na infância.

Transmissão

A transmissão ocorre diretamente, de pessoa a pessoa, geralmente por tosse, espirros, fala ou respiração, por isso a facilidade de contágio da doença. Além de secreções respiratórias ou da boca, também é possível se contaminar através da dispersão de gotículas com partículas virais no ar, que podem perdurar por tempo relativamente longo no ambiente, especialmente em locais fechados como escolas e clínicas. A doença é transmitida na fase em que a pessoa apresenta febre alta, mal-estar, coriza, irritação ocular, tosse e falta de apetite e dura até quatro dias após o aparecimento das manchas vermelhas.

Sintomas

Os sintomas iniciais apresentados pelo doente são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias. São comuns lesões muito dolorosas na boca. A doença pode ser grave, com acometimento do sistema nervoso central e pode complicar com infecções secundárias como pneumonia, podendo levar à morte. As complicações atingem mais gravemente os desnutridos, os recém-nascidos, as gestantes e as pessoas portadoras de imunodeficiências

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão) tem nova Diretoria Geral

11/07/2018 s 15:55 em Saúde

Mudanças contemplam renovação da estrutura administrativa e informatização do atendimento!

Socorrão

Nova diretoria do HMI é enfermeira concursada, especialista em UTI/ Oncologia /Urgência e Emergência (Foto: Patrícia Araújo)

Na manhã desta quarta feira, 11, o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, e o secretário de Saúde, Alair Firmiano, apresentaram aos servidores do Hospital Municipal, HMI, a nova diretora do Socorrão, Marília Carvalho. Na cerimônia, no auditório do pronto-socorro, eles anunciaram também o projeto de renovação do sistema de atendimento.

Marília Carvalho é enfermeira concursada, especialista em UTI/ Oncologia /Urgência e Emergência. Exerce a profissão há sete anos e desde então atua na assistência e na gestão da saúde pública. A nova gestora estava na coordenação de enfermagem do HMI há um ano e meio.

Em junho, ela esteve em Salvador (BA), passando por treinamento no Hospital do Subúrbio, referência nacional em atendimento de urgência e emergência no SUS. Ele está entre os 12 hospitais públicos de excelência no Brasil. “O serviço lá funciona até melhor que muitos privados que temos por aqui, e nossa pretensão é funcionar como eles” – explicou Alair.

Para tanto, segundo secretário, será renovada toda estrutura administrativa do hospital, a começar pela informatização dos setores. O sistema que será implantado é o mesmo utilizado pelo Subúrbio. Nesta quinta-feira, 12, a empresa que vai auxiliar nesse processo já iniciará os trabalhos. “Com isso, vamos ter controle de tudo que se faz aqui, desde a recepção ao centro cirúrgico, acompanhando por plataformas digitais” – afirmou

Marília agradeceu a confiança e ressaltou que seu projeto maior é fazer com que o fluxo aconteça livremente dentro do hospital, para que sua equipe não tenha que intervir, pedindo agilidade. “Tudo será igualitário e vamos trabalhar para ter um hospital com atendimento de qualidade e, principalmente, humanizado”– ressaltou.

O prefeito ressaltou que a nova direção é uma das provas que ele valoriza e prioriza o conhecimento técnico para gerenciamento dos serviços públicos. “A gente não consegue fazer um bom trabalho, se não for junto com uma boa equipe, por isso você está aqui Marília, por mérito, você nunca levantou bandeira política, mas lutou pelas pessoas dentro do hospital. Desejo sorte e lhe dou autonomia, para resolver conforme prevê os protocolos, sem dar prioridades, sem questão de jeitinho” – finalizou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeitura planeja construção do Hospital Geral de Imperatriz

19/06/2018 s 20:49 em Saúde

Proposta é que o novo Socorrão seja modelo de atendimento à saúde!

Imperatriz

Novo hospital vai disponibilizar atendimento à todas as especialidades, com ênfase para urgência e emergência (Foto: Mariana Campos)

Com o objetivo de melhorar, ainda mais a qualidade do atendimento à população, via Sistema Único de Saúde, SUS, a gestão municipal anunciou que pretende construir um hospital geral com  mais de 300 leitos em aproximadamente um ano. Obra será executada por meio da Parceira Público Privado, PPP, e o novo prédio vai disponibilizar atendimento à todas as especialidades, com ênfase para urgência e emergência, com qualidade superior à do atual Socorrão, que deve ser substituído.

Em audiência no gabinete do prefeito Assis Ramos, o secretário municipal de Saúde, Alair Firmiano, acompanhado de assessores técnicos, apresentou nesta terça-feira, 19, cronograma de funcionamento do Hospital Municipal, adulto e infantil, à uma equipe de técnicos da Prodal Saúde S.A., empresa que atua na construção e gestão de hospitais de grande porte em Salvador, BA, que se mostrou interessada na parceria.

Durante reunião, equipe composta por dois médicos e uma arquiteta receberam informações detalhadas sobre o funcionamento, sistema de administração, área geográfica e quantidade de atendimentos do Socorrão, as respectivas especialidades, relação de municípios que fizeram pactuação na Saúde, valores gastos, quadro de pessoal, entre outras informações estratégicas. Encontro foi o segundo passo das conversações, que iniciaram quando o secretário e equipe foram a Salvador, onde conheceram o funcionamento do Hospital do Subúrbio, que funciona na Parceria Público Privada.

“Aqui foi uma reunião técnica para a capacidade do hospital, quanto leitos e o que vamos querer para o hospital, de maneira que o próximo passo será o projeto baseado no número de leitos e a população atendida e municípios vizinhos”, frisou o secretário.

De acordo com o prefeito, a proposta da gestão é de construir um hospital com capacidade de 300 a 400 leitos, que vai atender todas as especialidades, urgência e emergência, de forma otimizada como é o caso do próprio Hospital do Subúrbio que tem sistema informatizado e disponibiliza informações sobre números de atendimentos por meio de aplicativo de celular.

“Pretendemos fazer parceria com uma empresa privada e esta vai construir e administrar o hospital por um certo tempo. Vai ter um contrato que prevê, como exigências, manter a qualidade, o cumprimento de metas qualitativas e quantitativas e o Município entra com a contrapartida e a fiscalização desse contrato”, explicou. A previsão é que ainda este ano, seja iniciada a construção do prédio.

A chefe da equipe de técnicos, Lícia Cavalcante, ressaltou que foram muito importantes as informações repassadas na reunião e que se completariam com a visita ao hospital e a reunião com o prefeito Assis Ramos. Ela se mostrou preocupada com a carga elevada de pacientes atendidos no Socorrão vindos de outros municípios.

“Isso nos preocupa, porque implica em custo mais elevado dessa assistência para atender uma população maior do que a própria de Imperatriz e o que vamos fazer é projetar um hospital, fazer uma modelagem que comporte aquilo que o município necessita. O que precisará ser definido é se o hospital será restrito a população de Imperatriz ou de outros municípios, mas isso é uma decisão política que depende da prefeitura, que vai poder assegurar o modelo que se deseja”, pontuou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Pref. Juscelino Oliveira entrega UBS para população; unidade leva o nome do médico Dr. Dalvadísio Moreira

11/06/2018 s 16:37 em Saúde

UBS 1A inauguração da nova Unidade Básica de Saúde do Centro-Pioneiro foi marcada pela emoção dos amigos e familiares do homenageado com o nome da UBS. Dr. Dalvadísio Moreira dos Santos, escolhido para dar o nome a Unidade de Saúde, era uma pessoa muito respeitada na comunidade, pois esteve sempre engajado nas causas do município, falecido em 16 de janeiro de 2018.

O homenageado foi um dos pioneiros na área da saúde em Açailândia, onde fundou um dos maiores hospitais de Açailândia, o Hospital Jerusalém. Passou a atender a população atuando em sua especialidade como Clínico Geral, sempre com muita competência e com a calma que lhe era peculiar.

UBS 2No município, fez história na política, bem como no meio empresarial e agropecuário. Com seu brilhante trabalho na saúde, Dr. Dalvadísio passou a ser considerado uma importante personalidade pública na cidade e região. Foi eleito vice-prefeito e ainda chegou a exercer o cargo de Secretário de Saúde. Era casado com a ex-prefeita Gleide Lima Santos com quem teve e deixou dois filhos: Denison Lima Santos Gigante e Dalvadísio Moreira dos Santos Filho.

A indicação que sugeriu o nome da UBS partiu do vereador “Adriano da Saúde”. Quando entrou com a indicação na Câmara Municipal, o vereador considerou importante que o Dr. Dalvadísio fosse homenageado, pelo seu profissionalismo na área médica, além do seu envolvimento com a localidade. A indicação foi aprovada unanimemente pelos vereadores e endossado pelo gestor municipal Juscelino Oliveira.

UBS 4O prefeito, disse que o governo municipal com o apoio da Câmara de Vereadores está cumprindo com a sua obrigação gestora, entregando nesta data, a nona Unidade Básica de Saúde para a população. “Nós nos sentimos prestigiados ao ver a população presente. Precisamos investir no que a população precisa. Verificamos assim que a inauguração de uma obra é um momento único. Ficamos felizes por saber que as pessoas poderão usufruir de mais esta obra em prol da saúde de Açailândia e hoje nada mais justo que prestar esta homenagem ao saudoso Dr. Dalvadísio. Todos aqui tiveram a oportunidade e o prazer de tê-lo como amigo, profissional médico e político que sempre foi”, ressaltou o prefeito Juscelino, acrescentando que Dr. Dalvadísio sempre realizou um brilhante trabalho na saúde de Açailândia, além de salvar muitas vidas e prestar relevantes serviços também na área assistencial.

Dr. Marcos Gigante, primo do homenageado e um dos representantes da família, disse que esta foi uma homenagem muita justa e importante. “A família agradece muito este importante posicionamento do prefeito Juscelino. Foi um gesto bonito e honroso da parte dele (prefeito) em prestar esta homenagem ao nosso querido Dalvadísio. Era uma pessoa íntegra e correta nos seus atos e sempre prestando serviços dignos dentro do nosso município, sempre fazendo o que mais gostou que foi exercer a função de médico, além  de um grande pai de família”, ponderou Dr. Marcos Gigante.

UBS 5A Secretária de Saúde Kerly Cardoso, muito emocionada, disse que a prefeitura não poderia deixar de perpetuar o nome do Dr.  Dalvadísio, dando o seu nome a esta Unidade de Saúde, que coincidentemente está localizada em frente à residência da família.  “Dr. Dalvadísio foi a pessoa que me recebeu na Secretaria Municipal de Saúde e para nós é uma grande conquista realizar este gesto de reconhecimento”, ressaltou Kerly Cardoso.

O deputado licenciado Sérgio Vieira, disse que é muito importante mais uma inauguração na área da saúde e desta vez, uma UBS que vai beneficiar bastante a população de Açailândia na qualidade e atendimento. Por outro lado, nada mais justo que homenagear o Dr. Dalvadísio que nos deixou este ano. Foi uma pessoa que deixou história e bons serviços prestados ao município durante décadas. Juntando a homenagem com a entrega deste equipamento público, a gestão municipal mostra que está preocupada e avançando na área da saúde que é muito importante para a cidade.

UBS 3O vereador “Carlinhos do Fórum” muito emocionado, falou à reportagem, que foi o Dr. Dalvadísio quem realizou o parto da sua esposa, durante uma cirurgia cesariana muito bem sucedida, trazendo ao mundo a sua primeira filha. “Foi uma grande homenagem. Todos nós sabemos quem foi o Dr. Dalvadísio em Açailândia. Foi um grande pai, esposo, um excelente médico. Só tenho a dizer que o prefeito Juscelino Oliveira foi muito feliz em prestar esta grande e justa homenagem”, finalizou “Carlinhos do Fórum.

Até o final do ano, a prefeitura pretende entregar mais sete UBS’s,: Nova Açailândia; Bairro Juscelino Oliveira; Barra Azul; Jardim Brasil;  São Francisco /Baixão; Pequiá e Parque das Nações.

ASCOM/PMA

Por Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Avanço: Prefeitura de Imperatriz aumenta número de leitos de UTI

07/06/2018 s 21:15 em Saúde

Serão inaugurados 10 na próxima semana, após contrato assinado nesta quinta feira (7)!

uti_alvorada_1

Acordo aumentou mais 10 leitos para melhorar serviço público de saúde (Foto: Vilmar Alves)

O primeiro paciente a utilizar a nova Unidade de Terapia Intensiva, UTI, no Hospital Alvorada, ocupará um dos leitos a partir da próxima segunda feira, 11. Preocupada com a retirada dos leitos de UTI custeados pelo Estado em Imperatriz, que tem provocado transtornos e até morte de usuários da Rede de Saúde Pública, a gestão municipal fechou acordo com a empresa STI para prestação dessa assistência, aumentando de 20 para 30 o número de leitos disponíveis.

“A discussão dos detalhes vem acontecendo desde maio, quando nossas solicitações para encaminhamento de pacientes aos leitos conveniados começaram a serem barradas, colocando vidas em risco. Não podíamos permitir que a situação caótica continuasse, então resolvemos colocar esses leitos em funcionamento com os recursos do Município” – explicou o secretário municipal de Saúde, Alair Firmiano.

Segundo Alair, a rede está funcionando praticamente com 40 leitos a menos, porque além de terem sido fechados 20 da STI, os outros 20, que ainda continuam credenciados pelo Estado na rede privada, não estão sendo regulados conforme preveem as normativas.

Ele assegurou que todas as medidas necessárias para otimizar o atendimento à população, que carece do serviço público, estão sendo tomadas. “A principal preocupação do prefeito Assis Ramos é a resolução dos problemas da nossa saúde. Ele me liga noite e dia para saber do andamento dos processos, que infelizmente depende de trâmites burocráticos para serem solucionados, mas esse da UTI é mais um resolvido” – afirmou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Crianças, idosos e gestantes devem se vacinar contra gripe até 1º de junho

30/05/2018 s 17:51 em Saúde

Meta é atingir 90% dos grupos prioritários!

vACINA itz

Campanha de vacinação contra a gripe termina na sexta-feira, 1º (Foto: Maria Almeida)

A aplicação das doses começou em Imperatriz em 23 de abril, e desde então a vacina está disponível nas Unidades Básicas de Saúde. A Secretaria Municipal de Saúde, Semus, realizou ainda no último 12, o dia D, quando as 37 UBS´s ficaram abertas das 8h às 17h, para imunizar contra o vírus da gripe; além de vacinar no mutirão “A Gente Faz Cidadania” na Escola Municipal Edelvira Marques, Bairro Planalto. No entanto, a procura ainda é baixa.

De acordo com o boletim emitido pela Semus, até a última sexta-feira, 25, foram vacinadas 31.484 pessoas, sendo 6.168 trabalhadores de saúde; 1.359 gestantes; 628 puérperas; 14.317 idosos; 2.005 professores; 6.977 crianças – 36% e 4.717 pacientes crônicos.  “Dos grupos prioritários, o que estamos mais distante da meta são crianças, idosos e gestantes, apesar de todas as estratégias realizadas” – ressaltou a coordenadora municipal de Imunização, Socorro Ribeiro.

O secretário de Saúde, Alair Firmiano explica que equipes volantes formadas por profissionais das Estratégias e Saúde da Família estão aplicando vacinas em escolas e instituições para facilitar o acesso. “Além da disponibilidade das UBS´s estamos com essa logística, mas é necessário o interesse da comunidade para que possamos atingir nossa meta, de 90%, e até o momento só estamos com 58% de cobertura” – alertou.

Têm direito à dose, idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos incompletos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Moradores com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem ser imunizados. Nesse caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação. Porém, pacientes cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão registrados para receber a dose, sem necessidade de prescrição médica, até 1º de junho, quando encerra a campanha.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Pref. de Açailândia apresenta relatório da Gestão Fiscal da Secretaria de Saúde

30/05/2018 s 16:11 em Saúde

SaudeA prefeitura de Açailândia, através da Controladoria Municipal e Secretaria de Saúde, realizaram na manhã desta terça–feira,29, no auditório da Câmara de Vereadores, a Audiência Pública para apresentar relatório da Gestão Fiscal como forma de prestação de contas referente ao 1º. Quadrimestre/2018, de acordo com o que pede a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), ou Lei Complementar nº 101, criada intuito de estabelecer normas direcionadas para a responsabilidade dos gestores com relação às finanças públicas.

A Audiência teve como finalidade, a apresentação do relatório das receitas e despesas realizadas no 1º. Quadrimestre, entendendo a demonstração e avaliação do movimento das metas fiscais, além de apresentar o quadro geral de receitas e dívidas do município, desta feita na área da saúde.

A Controladora do município, Maria Luiza Ferreira Araújo, disse que a apresentação do relatório é uma obrigação do município em cumprimento conforme a Lei de Responsabilidade Fiscal. “O Município tem que fechar os quadrimestres. E assim sendo, no fim de cada quadrimestre é realizada uma Audiência Pública como forma de prestação de conta com a comunidade, sociedade civil e Poder Legislativo, juntamente com o Executivo. Esta é uma preocupação do prefeito Juscelino Oliveira em se fazer cumprir o que a Lei pede. É também uma forma de estar mostrando a transparência e de como está conduzindo a gestão municipal”, disse a controladora, avaliando como bastante positiva a realização da Audiência, inclusive com a participação das pessoas presentes fazendo alguns questionamentos e na ocasião, tiveram respostas satisfatórias.

Em entrevista, a Secretária Kerly Cardoso, aproveitou a oportunidade para falar do relatório e prestação de contas da Secretaria Municipal de Saúde, “ Mais uma vez, estamos fazendo a prestação de contas em Audiência Pública com a participação da comunidade e do Conselho Municipal de Saúde, que aproveitam para tomar conhecimento de tudo que foi gasto, além de todas as despesas e receitas realizadas pela administração municipal”, explicou Kerly Cardoso.

A Audiência Pública é um encontro feito na comunidade com a participação da população, a fim de buscar opiniões e soluções para as demandas sociais e ter acesso à resposta de pessoas públicas. Quando a comunidade é muito grande, normalmente a audiência é conduzida por pessoas de maior influência local, tomando o papel de porta-voz das demais opiniões. Mas ela também pode ocorrer em subgrupos, a fim de se discutir um assunto com maior profundidade.

Esse tipo de reunião existe para que todas as pessoas de uma comunidade possam participar do controle da Administração Pública, como uma forma de praticar o exercício de cidadania, possibilitando a troca de informações quando uma decisão afeta direitos coletivos.

Outras Informações podem ser adquiridas no Portal da Transparência no site da Prefeitura de Açailândia.

ASCOM/PMA

Por Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Em Imperatriz, pais de alunos participam de palestras sobre prevenção do câncer

12/05/2018 s 07:13 em Saúde

Ciclo de palestras é alusivo ao Dia das Mães!

Palestra

Encontro realizado na Escola Municipal Marechal Rondon (Foto: Divulgação)

A parceria do departamento de Saúde e Prevenção nas Escolas, SPE, com projeto “Passos que salvam” iniciou um novo ciclo de palestras educativas para orientação e diagnóstico dos sinais e sintomas do câncer infantojuvenil. Agora, com foco nos pais dos alunos, na noite de quinta-feira, 10, foi a vez da Escola Municipal Marechal Rondon, receber o projeto.

“O intuito é despertar a população e divulgar quais são os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil, visto que eles são facilmente confundidos com outras doenças de menor agravo. Escolas da rede municipal compreenderam a grande importância do projeto para a comunidade escolar” – observou a coordenadora do SPE, Valdina dos Santos Aguiar.

Ela revelou ainda que, para o enfrentamento da doença é necessário o empenho e apoio de todos. “Quanto maior o número de pessoas conscientizadas sobre a importância do diagnóstico precoce, maior é a chance de conseguir o tratamento, podendo alcançar até a cura. O olhar atento dos pais para os possíveis sintomas nos filhos pode fazer toda a diferença no tratamento”.

Pela proximidade com o dia das mães, o evento também foi alusivo à data. “No dia das mães sempre trazemos informações diferentes para elas, numa forma de contribuir com a escola e possibilitar outros conhecimentos”, revelou a gestora Maria Dulce de Sousa Ribeiro.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeito Juscelino Oliveira consegue junto ao governo do estado mais uma ambulância para Açailândia

09/05/2018 s 21:44 em Saúde, Sem categoria

Essa nova ferramenta totalmente equipada da saúde pública para a cidade de Açailândia, é uma ação da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia do Estado, ainda na gestão de Simplício Araújo, que sempre manteve uma forte parceria com o prefeito Juscelino Oliveira.

Valendo_1O Secretário de Indústria e Comércio do Estado garantiu a doação de 42 ambulâncias para reforçar a saúde do Maranhão, no período em que a SEINC ainda era comandada pelo Secretário Simplício Araújo.

As cobranças de Simplício, que tiveram também o auxílio do então deputado por Açailândia, Sérgio Vieira, ora se concretizam na SEINC, agora sob o comando do atual secretário, Expedito Rodrigues Júnior.

WhatsApp_Image_2018-05-08_at_12.37.07_1O prefeito Juscelino Oliveira, recebeu as chaves da nova ambulância direto das mãos do Governador, testemunhado pelos representantes da Empresa Raizen, responsável pela doação de várias ambulâncias para o governo do Maranhão, que chega agora às mãos dos prefeitos.

A Raizen é uma empresa instalada no Distrito Industrial de Pequiá, na cidade de Açailândia no polo petroquímico/Pool de Petróleo, e, também com atuação no Brasil nos setores de produção de açúcar e etanol, transporte e distribuição de combustíveis e geração de Bioeletricidade.

Essa ambulância entregue à população de Açailândia é uma contrapartida social da empresa Raizem, que assim como outras empresas, valorizam seus ativos na cidade.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Em Imperatriz, oficina de planejamento em saúde municipal discute ações para os próximos meses

08/05/2018 s 20:38 em Saúde

Encontro aborda melhorias a serem implantadas, a partir das necessidades de cada programa!

WhatsApp_Image_2018-05-07_at_16.58.34_1

Oficinas projetam melhorias a serem implantadas, com base no que cada programa necessita (Foto: Maria Almeida)

Foi realizada na segunda feira, 7, na Secretaria Municipal de Saúde, Semus, a 2º Oficina de Trabalho e Planejamento em Saúde Municipal. Objetivo é melhorar o aproveitamento dos recursos, conforme diretrizes do novo modelo de financiamento do SUS/Portaria nº 3992/2017.

Para tanto, foi apresentado pela assessora de Planejamento e Projetos da Semus, Isabel Macedo, como elaborar um Plano Municipal de Saúde observando roteiros e prazos; quadro de detalhamento de despesas; recursos disponíveis para cada programa e metodologias. Além disso, foram discutidas as deficiências de cada setor para elaboração de um plano direcionado.

O encontro contou com participação de todos os coordenadores da Semus, membros do Conselho Municipal de Saúde e do Ministério Público do Maranhão, representado pelo promotor Newton Belo. “Desde 2017 já estamos realizando oficinas para obtermos uma gestão integrada e participativa, além de fazer com que cada coordenador conheça o que tem à sua disposição e planeje melhor suas ações” – explicou.

O secretário de Saúde, Alair Firmiano, ressalta que esses encontros são de extrema importância, principalmente, com a participação das entidades civis, pois consegue elaborar ações que contemplem as necessidades reais da população. Segundo ele, integrar o MP nesse processo é fundamental.

“Nessas oficinas projetamos as melhorias a serem implantadas, com base no que cada programa necessita, e as reclamações relatadas aqui norteiam onde estão as falhas e qual o melhor caminho a seguir. Com participação do promotor na construção desses planos vamos aperfeiçoar os trâmites e evitar judicializações na saúde” – pontuou.

De acordo com Isabel, a partir do que foi discutido no encontro, serão redesenhados novos projetos para a saúde de Imperatriz.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeitura e Associação Italiana firmam parceria para ações de saúde na zona rural de Imperatriz

26/04/2018 s 16:09 em Saúde

Convênio beneficiará comunidades com equipes e manutenção de equipamentos!

saudgpovoiafsdrdro_1

A associação já construiu o Posto de Saúde e Centros Comunitário Frei Tadeu (1 e 2- Povoado 1700 e Água Boa) (Foto: Edmara Silva)

Na manhã desta quinta-feira (26), o secretário municipal de saúde, Alair Firmiano, e Luidia Gottoli, da Associação Frei Tadeu – Abarrasto, da Itália, visitaram postos de saúde em funcionamento e em construção nos povoados Água Boa, Riacho do Meio e 1700, na zona rural de Imperatriz.

“Nossa entidade é fundada por amigos italianos, é uma associação beneficente de apoio e repasse para comunidades agrícolas e vilarejos selecionados da região tocantina. Já realizamos ações no município de São Francisco do Brejão e atualmente estamos em Imperatriz”, explicou Luidia.

Saúde 1A associação já construiu o Posto de Saúde e Centros Comunitário Frei Tadeu (1 e 2- Povoado 1700 e Água Boa). Atualmente está em construção o do povoado Riacho do Meio, às margens da Rodovia BR 010, que atenderá mais de 90 famílias. “Também realizamos cursos e capacitações voltadas às ações de prevenção de saúde e sustentabilidade”, acrescentou a italiana que há 20 anos desenvolve trabalhos comunitários no Maranhão

O secretário de Saúde, Alair Firmiano, destacou a relevância do projeto que deixará às comunidades um espaço reservado especificamente à promoção da saúde, pois no caso do povoado Riacho do Meio os atendimentos eram realizados nas instalações da Escola Municipal Bernardo Sayão. “Essa é uma iniciativa muito importante, com a população sendo atendida em locais adequados. A Prefeitura irá firmar parceria com a Associação Abarrasto para manutenção dos postos de saúde e também iremos viabilizar o início do programa Farmácia Viva nessas comunidades”.

Alair explicou, ainda, que aproximar poder público da população é uma das prioridades da administração de Assis Ramos. “O prefeito já esteve em visita nos locais e nos autorizou a realização deste convênio em benefício da população. Além disso, contamos com o apoio das associações de moradores no zelo aos espaços e na manutenção destes”.

Claudiane Fernandes, conhecida como Diana, presidente da Associação de Moradores do povoado Riacho do Meio falou da satisfação em receber a unidade de saúde no povoado. “O que a comunidade mais sonhava era a construção deste posto. Pedimos apoio ao Dr. Alair para fomentar essa parceria entre a Prefeitura e a associação italiana”.

Valmir Fortuno da Silva, morador e doador do terreno onde será construído o posto no povoado Riacho do Meio também agradeceu. “Estamos gostando muito deste governo, pois as coisas estão funcionando da forma que realmente deveriam funcionar. Sempre sonhamos com este posto, por isso doamos este espaço”.

A previsão é que a Associação inaugure o posto de saúde no Riacho do Meio em julho, em memória ao aniversário de falecimento do Frei Tadeu, que dá nome à entidade e às obras. Em seguida, o espaço fica na responsabilidade da Prefeitura de Imperatriz, que destina equipe e realiza manutenção dos equipamentos e da Associação de Moradores, que zela pelo patrimônio.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeitura de Imperatriz entrega novas cadeiras de rodas para comunidade

09/04/2018 s 19:25 em Saúde

Medida proporciona melhores condições de locomoção para pessoas com mobilidade reduzida!

Cadeiras de Rodas

As cadeiras oferecem melhores condições de locomoção para pessoas com mobilidade reduzida (Foto: Edmara Silva)

A funcionária pública, Ana Luzia Gadelha, foi uma das primeiras a chegar no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, na manhã dessa segunda feira, 9, onde foram entregues cadeiras de rodas. Ela foi beneficiada com uma para sua filha de 30 anos, vítima de uma síndrome rara que lhe ocasionou perda dos membros inferiores e superiores. Foram beneficiadas 79 pessoas.

“Essa é a segunda que recebemos do Município, graças à Deus, pois são cadeiras caras, e nós já temos outros gastos. Ficamos satisfeitos com  a iniciativa da prefeitura e não precisaremos nos sacrificar para comprar” – reforçou. Ana Luiza conta que deu entrada no processo há pouco mais de um ano.

Outra beneficiada foi a costureira Sônia Maria, mãe do Patrick Carvalho, 24 anos, que perdeu as duas pernas em um acidente de moto há seis anos. “Ele depende totalmente da cadeira para se locomover e não tínhamos dinheiro para comprar outra nova agora, essa veio em boa hora!” – ressaltou.

O secretário de Saúde, Alair Firmiano, que fez a entrega ao lado do secretário Adjunto, Marcondes Carneiro, ressaltou a relevância e alcance social dessa iniciativa. “Essas cadeiras de rodas oferecer melhores condições de locomoção e mais praticidade às pessoas com mobilidade reduzida, além de garantir mais qualidade de vida” – afirmou.

Ele relatou que algumas pessoas aguardavam desde 2014. “Existem processos de quatro anos atrás e nós aceleramos o andamento das licitações. E hoje estamos realizando a entrega, que demonstra o compromisso que o prefeito Assis e da Secretaria de Saúde tem com a população” – destacou.

O aposentado Antônio Carlos, paraplégico há 18 anos, devido a um tumor na coluna, é um dos que esperava desde 2014. “É a cadeira que todo mundo sonha ter, já conferi a minha, é muito boa, com material de qualidade” – exaltou. Ele conta que alguns colegas fizeram empréstimo para comprar o equipamento da mesma qualidade da que recebeu e que custa em torno R$ 2.500.

Para ter acesso ao benefício, o interessado deve procurar a sede do Programa Órtese e Prótese, no Centro de Especialidades Médicas Três Poderes, para dar entrada no processo. As cadeiras são feitas sob medida, e por isso, a pessoa precisa passar por ortopedista e fisioterapeuta para preenchimento dos laudos.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.