Publicidade
Página Inicial

Categoria Saúde

Dia “D” de vacinação contra a Poliomielite e Sarampo acontece neste sábado

17/08/2018 s 19:42 em Saúde

Dia DAcontece neste sábado, 18 de agosto, a grande mobilização nacional e o “Dia D” da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite (Paralisia Infantil), das 8 às 17 horas. Em Açailândia, a Secretaria Municipal de Saúde, está montado uma grande força-tarefa com toda a equipe de profissionais da saúde para estarem a postos amanhã em todas as UBS’s do município, bem como em algumas praças públicas da cidade para aplicarem as doses das duas vacinas.

A campanha tem como público alvo todas crianças de 1 a menos de 5 anos de idade. A enfermeira e coordenadora do Setor de Imunização, Adriana Parra, informa que   idade precisam ser imunizadas. “Esta campanha já está acontecendo desde o dia 06 de agosto e vai até o dia 31. Amanhã, 18, estaremos cumprindo apenas o calendário do Ministério da Saúde quando estará acontecendo em todo o país a grande mobilização nacional, o “Dia D” de vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo. Vale lembrar a todos os pais, que a vacina ainda é a única maneira de prevenir e ara que seus filhos não adoeçam”, alerta Adriana Parra.

O último caso de poliomielite no Brasil ocorreu em 1989 e desde 1990, não são registrados casos da doença. As ações de prevenção e controle, em especial a vacinação, contribuiu para a erradicação no Brasil. Mas a baixa cobertura vacinal preocupa para a introdução novamente do vírus.

Locais de vacinação neste sábado,18/08

  • PRAÇA DA BÍBLIA;
  • PRAÇA DO PATIZAL – VILA ILDEMAR;
  • NOVO BACABAL;
  • CÓRREGO NOVO;
  • ASSENTAMENTO CALIFÓRNIA;
  • TODAS AS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO.

ASCOM-PMA

Redação: Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Saúde Municipal discute protocolos de regulação de consultas e exames especializados

08/08/2018 s 17:25 em Saúde

Treinamento reforça sobre os procedimentos corretos para encaminhamentos e solicitações!

Saúde ITZ

Treinamento reforça sobre os procedimentos corretos para encaminhamentos e solicitações (Foto: Edmara Silva)

Foi realizada na manhã desta quarta feira, 8, capacitação sobre protocolos de regulação para agendamento de consultas e exames especializados. Assunto foi debatido no auditório da Secretaria Municipal de Saúde e reuniu auditores responsáveis pelas autorizações, médicos e enfermeiros da Atenção Básica. Objetivo é atualizar o funcionamento do fluxo, para melhorar o atendimento prestado aos usuários do SUS.

“Estamos reforçando sobre a importância e a necessidade do preenchimento correto da referência e da contra referência na condução do paciente, visando otimizar o atendimento e diminuir o tempo de resposta em relação às marcações solicitadas” – explicou o coordenador da auditoria, Luiz César.

Segundo ele, os esclarecimentos visam principalmente fazer com que o processo de diagnóstico seja melhorado com a indicação precisa de encaminhamentos e exames especializados. “Não estamos duvidando da capacidade técnica dos profissionais, mas tentando alinhar todos os processos para evitar perda de tempo com rejeição de pedidos que não estejam de acordo com os protocolos determinados” – pontuou.

“Às vezes já tive dúvida na hora de encaminhar para uma avaliação, porque ao meu ver a paciente deveria passar pelo urologista e na devolutiva me pediram que fosse para o mastologista. Mas com os esclarecimentos repassados hoje  não haverá equívoco na comunicação” – destacou a infectologista Ilis Ferreira, ao pedir fala durante os questionamentos.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Vacinação contra a poliomielite e sarampo começa segunda-feira, em Açailândia

03/08/2018 s 09:58 em Saúde

SaudeA coordenadora de Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Açailândia, Adriana Parra, acompanhada da coordenadora da Atenção Básica da Saúde, Solange Bandeira, bem como a enfermeira supervisora da Estratégia da Saúde da Família, Keydlane Sampaio Abade, reuniram todos os Agentes Comunitários da Saúde para debaterem, passar todas as informações e estratégias para o desenvolvimento da Campanha Nacional de Vacinação que vai iniciar na próxima segunda-feira, 6 de agosto em todas as Unidades Básicas de Saúde do município.

De acordo com informações passadas por Kaydlane Abade, o objetivo do encontro com é treinar todos os profissionais da Atenção Básica da Saúde, que estão envolvidos diretamente na prevenção das doenças que são imunopreveníveis. “O nosso maior foco é vacinar todas as crianças de 1 ano a menores de 5 ano de idade, bem como fazer a atualização do calendário vacinal, principalmente a poliomielite e o sarampo que já houve alguns casos registrados em outros estados e por este motivo já estamos realizando o trabalho de prevenção com esta campanha de vacinação determinada pelo Ministério da Saúde”, ressaltou Keydlane Abade.

Já a coordenadora da Atenção Básica da Saúde de Açailândia, com monitora todas as Unidades Básicas de Saúde do município, assim também como todos os Agentes de Saúde, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem, médicos e demais trabalhadores da Atenção Básica, disse que todo este pessoal, vão estar envolvidos na Campanha de Vacinação dentro da sede do município e zona rural. “Estaremos todos voltados para este trabalho de prevenção. É um trabalho em parceria com a coordenação de imunização que faz parte também da coordenação de Vigilância em Saúde do município para que fique uma ligação muito próxima conforme as coordenadas passadas pelo Ministério da Saúde. Estamos deflagrando uma grande movimentação nesta campanha de vacinação. Por isso, estamos fazendo o chamamento dos pais e mães de  famílias que leve os seus filhos para vacinar, prevenindo-os dessas doenças”, explicou Solange Bandeira.

A nova Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo começa na próxima segunda-feira, 6 de agosto, e vai até o dia 31/08. No Maranhão, o público-alvo da campanha é de aproximadamente 499 mil pessoas. Em todo o país, 11,2 milhões de crianças devem ser vacinadas. Todas as crianças de um ano a menores de cinco do país devem se vacinar contra a pólio e sarampo, independente da situação vacinal.

O dia “D” de mobilização nacional será sábado, 18 de agosto, quando as Unidades Básicas de Saúde no país estarão abertas ofertando as vacinas. A meta é vacinar, pelo menos, 95% das crianças para diminuir a possibilidade de retorno da pólio e reemergência do sarampo, doenças já eliminadas no país. A Secretaria Municipal de Saúde está programando um grande evento para este dia na Praça da Bíblia a partir das 08h00 com atrações culturais apresentadas por artistas da terra.

A prioridade da campanha são as crianças de um até menores de cinco anos, público mais suscetível às doenças e suas complicações. Para atender a esse público, foram adquiridas 28,3 milhões doses das vacinas, um total de R$ 160,7 milhões. Todos os estados do país já estão abastecidos com 871,3 mil doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP), 14 milhões da Vacina Oral Poliomielite (VOP) e 13,4 milhões da Tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

Para o estado do Maranhão foram distribuídas 1,2 milhão doses das três vacinas.
A campanha de vacinação deste ano é indiscriminada, ou seja, pretende vacinar todas as crianças dessa faixa etária no país e para manter coberturas homogêneas de vacinação. Para a poliomielite, as que não tomaram nenhuma dose durante a vida receberão a VIP. Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a VOP, a gotinha.

Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

Nos estados que registraram casos de sarampo, a vacinação foi antecipada como medida de bloqueio para interromper a circulação do vírus. Em Roraima, a campanha iniciou em março e envolveu pessoas de 6 meses a 49 anos. Já em Manaus (AM), aconteceu em abril e o público vacinado foi de 6 meses a 29 anos de idade. E, em Rondônia, a vacinação está em andamento para crianças de 6 meses a menores de cinco anos.

Durante a mobilização nacional, esses estados devem convocar novamente as crianças de um a menores de cinco anos para receber a imunização.

O Ministério da Saúde oferta todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no Calendário Nacional de Vacinação. Ao todo, são 19 para combater mais de 20 doenças, em todas as faixas etárias. Por ano, são cerca de 300 milhões de doses de imunobiológicos distribuídos em todo o país.

Sarampo

O Brasil recebeu, em 2016, da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo, e atualmente empreende esforços para manter o certificado, principalmente por meio do fortalecimento da vigilância epidemiológica, da rede laboratorial e de estratégias de imunização.

No mundo, há registros de casos de sarampo em alguns países da Europa e das Américas. Em 2017, foram 173.330 casos registrados. Em 2018 (até maio), 81.635 casos confirmados, a maioria em países do Sudeste Asiático e Europa. Atualmente, o Brasil enfrenta dois surtos de sarampo: em Roraima e no Amazonas. Além disso, alguns casos isolados foram identificados nos estados de Rio de Janeiro (14); Rio Grande do Sul (13); Pará (2), Rondônia (1) e São Paulo (1).

O reaparecimento da doença está relacionado às baixas coberturas e a presença de venezuelanos no país, comprovado pelo genótipo do vírus (D8) identificado, que é o mesmo que circula na Venezuela. Até o dia 17 de julho, foram confirmados 822 casos de sarampo no Amazonas e em Roraima.

Poliomielite

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), três países ainda são considerados endêmicos (Paquistão, Nigéria e Afeganistão). O Brasil está livre da poliomielite desde 1990. Em 1994, o país recebeu, da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem.

ASCOM-PMA

Redação: Antonio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeito Juscelino Oliveira entrega duas novas ambulâncias e uniformes para o SAMU de Açailândia

18/07/2018 s 21:53 em Saúde

SAMU 1Numa solenidade simples, restrita apenas para a equipe de socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o prefeito Juscelino Oliveira, acompanhado da Secretária de Saúde, Kerly Cardoso, outros secretários de governo, servidores da saúde pública, diretora do AMU Helena Dutra, e do vereador Deidson Mesquita e a imprensa local, fez a entrega do kit de trabalho para o dia-a-dia dos 42 “Anjos do Asfalto”.  Cada salva vida recebeu (02) macacões; (02) bonés e (02) botas.

A entrega aconteceu no prédio da futura nova sede do SAMU, que ainda será inaugurada pelo gestor municipal em outra solenidade oficial pelo gestor municipal. A nova Base do SAMU que está localizada à Rua Goiás, esquina com a Rua Fortaleza. O prédio que é bem mais amplo que o anterior e com mais comodidade para a equipe ainda passa por algumas adequações, conforme necessidades da unidade de emergência.

SAMU 2O prefeito Juscelino Oliveira, fez questão de entregar também ao SAMU, duas ambulâncias “zero Km”, uma delas, chegou no município através de recursos do Governo Federal, leia-se: Ministério da Saúde, a outra, através de parceria da iniciativa privada entre a empresa Raizen e prefeitura de Açailândia. A meta é renovar a rota para atender melhor toda a população com mais eficácia e rapidez nos casos emergenciais de acidentes, caso ocorra.

SAMU 3O prefeito Juscelino que durante o evento demonstrou muita disposição, disse que este é um momento de muita alegria. “Quando recebemos o governo, o município não tinha nenhuma ambulância. Agora, em parceria com o governo do estado e a empresa Raizen estamos recebendo uma ambulância e esta outra é um benefício oriundo do Ministério da Saúde e já estamos viabilizando a vinda de mais uma, dentro dos próximos dias. São ambulância novas totalmente equipadas para atender qualquer tipo de emergência”, finalizou o prefeito Juscelino, garantido a construção da sede própria do SAMU até janeiro de 2019 em terreno localizado ao lado da UPA.

SAMU 4O gestor municipal lembrou dos avanços do município na área da saúde com a inauguração de várias Unidades Básicas de Saúde que estavam coma as obras paralisadas e agora estão funcionando, atendendo a população nos quatro cantos da cidade. Citou também a inauguração da Praça da Esperança que está em fase de acabamento em frente a UPA.

Kerly Cardoso, Secretária de Saúde, disse que é uma alegria enorme está realizando a entrega dos kits de trabalho para os socorristas e as duas ambulâncias para atender os pedidos de socorro nos casos de acidentes de trânsito domésticos e outras emergências. “O prefeito Juscelino tem sido muito exigente com relação aos serviços realizados pela saúde. Ele mesmo pediu para que fosse agilizada a entrega das ambulâncias para a população. Isto é prova do compromisso do prefeito para com a população”, ressaltou Kerly Cardoso, agradecendo as parcerias firmadas e a presenças de todos.

ASCOM-PMA           

Redação: Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Em Imperatriz, vacinação contra sarampo e poliomielite começa em agosto

18/07/2018 s 21:16 em Saúde

Seguindo as datas nacionais, mobilização acontece nas 37 UBS´s da cidade!

vacinação

Campanha contra sarampo e a poliomielite começa em agosto (Foto: Edmara Silva e Patrícia Araújo)

Com objetivo de reforçar cobertura contra as doenças em Imperatriz, a Secretaria Municipal de Saúde, Semus, inicia a partir de 6 de agosto, mobilização de aplicação das doses da vacina de combate ao sarampo e poliomielite, nas 37 Unidades Básicas de Saúde, UBS´s da cidade. Campanha é direcionada a crianças de 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias.

“Em relação ao sarampo, adultos que precisam tomar reforço ou que não tenham tomado nenhuma dose, é só procurar as UBS´s a qualquer tempo, com sua carteira de vacinação, pois essas vacinas são de rotina e acessíveis a qualquer tempo. Essa mobilização é para captar crianças ainda não vacinadas ou que não obtiveram resposta imunológica satisfatória à vacinação, minimizando o risco de adoecimento” – explicou o secretário de Saúde, Alair Firmiano.

A vacina é contraindicada em casos de gripe muito forte e febre alta; crianças com imunodeficiência congênita ou adquirida; neoplasia maligna; e que estão em tratamento com uso de corticoides em doses elevadas ou quimioterapia e radioterapia. No entanto, devido ao surto de sarampo já registrado em vários estados brasileiros, principalmente no Amazonas e Roraima, a recomendação oficial é atualizar a carteira de vacinação para prevenir a doença.

“Essa orientação serve não só para as crianças, como também para adolescentes e adultos, sobretudo para quem for viajar para área de risco que deve s certificar se está com as vacinas em dia. E isso tem que ser feito independente do período de campanha” – reforçou a coordenadora de Imunização do município, Socorro Ribeiro.

Orientações repassadas pela Fundação Oswaldo Cruz, produtora da vacina:

A primeira dose da vacina tríplice viral deve ser ministrada aos 12 meses de idade. Aos 15 meses, uma dose da vacina tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela), que corresponde à segunda dose da vacina tríplice e uma dose da varicela. Caso haja atraso na vacinação, crianças até quatro anos de idade ainda poderão receber a vacina com o componente varicela. A partir de cinco até os 29 anos de idade, deverão ser administradas duas doses com a vacina tríplice viral. Pessoas de 30 a 49 anos de idade devem receber uma dose.

Casos suspeitos de sarampo, gestantes, crianças menores de 6 meses de idade e imunocomprometidos não devem receber a vacina. A gestante deve esperar para ser vacinada após o parto. Quem está planejando engravidar, deve primeiramente colocar a vacinação em dia e aguardar pelo menos um mês após a última dose. As pessoas devem estar com a caderneta de vacinação completa de acordo com o recomendado pelo Programa Nacional de Imunizações. No entanto, quem já teve a doença está imune.

Entre uma dose e outra, é preciso fazer um intervalo de pelo menos um mês em qualquer faixa etária. Não é possível tomar no mesmo dia a tríplice viral e a vacina de febre amarela. Entre uma dose e outra, é preciso fazer um intervalo de pelo menos um mês também. Ao administrar a vacina tríplice viral, é preciso ter precaução para pessoas com alergia a ovo e proteína do leite, componentes do imunizante. Nestes casos, o médico deve ser consultado.

Casos no Brasil e no mundo

Entre 1º de janeiro e 23 de maio de 2018, foram registrados 995 casos de sarampo no país (sendo 611 no Amazonas e 384 em Roraima), incluindo duas mortes, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A terceira morte foi confirmada recentemente: um bebê de sete meses faleceu em Manaus em 28 de junho depois de apresentar febre, manchas na pele, tosse e coriza. A Secretaria de Saúde local investiga se a morte de uma bebê de nove meses também foi por sarampo. Há casos confirmados em Rondônia, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.

Desde abril de 2018, a OMS emite alerta sobre a volta do sarampo em onze países das Américas: Brasil, Argentina, Equador, Canadá, Estados Unidos, Guatemala, México, Peru, Antígua e Barbuda, Colômbia e Venezuela. E não é só nas Américas – em 2017, a Europa registrou mais de 21 mil casos de sarampo, com 35 mortes, um aumento de quase 400% nos casos em relação ao ano anterior.

O que é o sarampo?

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral, transmissível, extremamente contagiosa e muito comum na infância.

Transmissão

A transmissão ocorre diretamente, de pessoa a pessoa, geralmente por tosse, espirros, fala ou respiração, por isso a facilidade de contágio da doença. Além de secreções respiratórias ou da boca, também é possível se contaminar através da dispersão de gotículas com partículas virais no ar, que podem perdurar por tempo relativamente longo no ambiente, especialmente em locais fechados como escolas e clínicas. A doença é transmitida na fase em que a pessoa apresenta febre alta, mal-estar, coriza, irritação ocular, tosse e falta de apetite e dura até quatro dias após o aparecimento das manchas vermelhas.

Sintomas

Os sintomas iniciais apresentados pelo doente são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias. São comuns lesões muito dolorosas na boca. A doença pode ser grave, com acometimento do sistema nervoso central e pode complicar com infecções secundárias como pneumonia, podendo levar à morte. As complicações atingem mais gravemente os desnutridos, os recém-nascidos, as gestantes e as pessoas portadoras de imunodeficiências

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão) tem nova Diretoria Geral

11/07/2018 s 15:55 em Saúde

Mudanças contemplam renovação da estrutura administrativa e informatização do atendimento!

Socorrão

Nova diretoria do HMI é enfermeira concursada, especialista em UTI/ Oncologia /Urgência e Emergência (Foto: Patrícia Araújo)

Na manhã desta quarta feira, 11, o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, e o secretário de Saúde, Alair Firmiano, apresentaram aos servidores do Hospital Municipal, HMI, a nova diretora do Socorrão, Marília Carvalho. Na cerimônia, no auditório do pronto-socorro, eles anunciaram também o projeto de renovação do sistema de atendimento.

Marília Carvalho é enfermeira concursada, especialista em UTI/ Oncologia /Urgência e Emergência. Exerce a profissão há sete anos e desde então atua na assistência e na gestão da saúde pública. A nova gestora estava na coordenação de enfermagem do HMI há um ano e meio.

Em junho, ela esteve em Salvador (BA), passando por treinamento no Hospital do Subúrbio, referência nacional em atendimento de urgência e emergência no SUS. Ele está entre os 12 hospitais públicos de excelência no Brasil. “O serviço lá funciona até melhor que muitos privados que temos por aqui, e nossa pretensão é funcionar como eles” – explicou Alair.

Para tanto, segundo secretário, será renovada toda estrutura administrativa do hospital, a começar pela informatização dos setores. O sistema que será implantado é o mesmo utilizado pelo Subúrbio. Nesta quinta-feira, 12, a empresa que vai auxiliar nesse processo já iniciará os trabalhos. “Com isso, vamos ter controle de tudo que se faz aqui, desde a recepção ao centro cirúrgico, acompanhando por plataformas digitais” – afirmou

Marília agradeceu a confiança e ressaltou que seu projeto maior é fazer com que o fluxo aconteça livremente dentro do hospital, para que sua equipe não tenha que intervir, pedindo agilidade. “Tudo será igualitário e vamos trabalhar para ter um hospital com atendimento de qualidade e, principalmente, humanizado”– ressaltou.

O prefeito ressaltou que a nova direção é uma das provas que ele valoriza e prioriza o conhecimento técnico para gerenciamento dos serviços públicos. “A gente não consegue fazer um bom trabalho, se não for junto com uma boa equipe, por isso você está aqui Marília, por mérito, você nunca levantou bandeira política, mas lutou pelas pessoas dentro do hospital. Desejo sorte e lhe dou autonomia, para resolver conforme prevê os protocolos, sem dar prioridades, sem questão de jeitinho” – finalizou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeitura planeja construção do Hospital Geral de Imperatriz

19/06/2018 s 20:49 em Saúde

Proposta é que o novo Socorrão seja modelo de atendimento à saúde!

Imperatriz

Novo hospital vai disponibilizar atendimento à todas as especialidades, com ênfase para urgência e emergência (Foto: Mariana Campos)

Com o objetivo de melhorar, ainda mais a qualidade do atendimento à população, via Sistema Único de Saúde, SUS, a gestão municipal anunciou que pretende construir um hospital geral com  mais de 300 leitos em aproximadamente um ano. Obra será executada por meio da Parceira Público Privado, PPP, e o novo prédio vai disponibilizar atendimento à todas as especialidades, com ênfase para urgência e emergência, com qualidade superior à do atual Socorrão, que deve ser substituído.

Em audiência no gabinete do prefeito Assis Ramos, o secretário municipal de Saúde, Alair Firmiano, acompanhado de assessores técnicos, apresentou nesta terça-feira, 19, cronograma de funcionamento do Hospital Municipal, adulto e infantil, à uma equipe de técnicos da Prodal Saúde S.A., empresa que atua na construção e gestão de hospitais de grande porte em Salvador, BA, que se mostrou interessada na parceria.

Durante reunião, equipe composta por dois médicos e uma arquiteta receberam informações detalhadas sobre o funcionamento, sistema de administração, área geográfica e quantidade de atendimentos do Socorrão, as respectivas especialidades, relação de municípios que fizeram pactuação na Saúde, valores gastos, quadro de pessoal, entre outras informações estratégicas. Encontro foi o segundo passo das conversações, que iniciaram quando o secretário e equipe foram a Salvador, onde conheceram o funcionamento do Hospital do Subúrbio, que funciona na Parceria Público Privada.

“Aqui foi uma reunião técnica para a capacidade do hospital, quanto leitos e o que vamos querer para o hospital, de maneira que o próximo passo será o projeto baseado no número de leitos e a população atendida e municípios vizinhos”, frisou o secretário.

De acordo com o prefeito, a proposta da gestão é de construir um hospital com capacidade de 300 a 400 leitos, que vai atender todas as especialidades, urgência e emergência, de forma otimizada como é o caso do próprio Hospital do Subúrbio que tem sistema informatizado e disponibiliza informações sobre números de atendimentos por meio de aplicativo de celular.

“Pretendemos fazer parceria com uma empresa privada e esta vai construir e administrar o hospital por um certo tempo. Vai ter um contrato que prevê, como exigências, manter a qualidade, o cumprimento de metas qualitativas e quantitativas e o Município entra com a contrapartida e a fiscalização desse contrato”, explicou. A previsão é que ainda este ano, seja iniciada a construção do prédio.

A chefe da equipe de técnicos, Lícia Cavalcante, ressaltou que foram muito importantes as informações repassadas na reunião e que se completariam com a visita ao hospital e a reunião com o prefeito Assis Ramos. Ela se mostrou preocupada com a carga elevada de pacientes atendidos no Socorrão vindos de outros municípios.

“Isso nos preocupa, porque implica em custo mais elevado dessa assistência para atender uma população maior do que a própria de Imperatriz e o que vamos fazer é projetar um hospital, fazer uma modelagem que comporte aquilo que o município necessita. O que precisará ser definido é se o hospital será restrito a população de Imperatriz ou de outros municípios, mas isso é uma decisão política que depende da prefeitura, que vai poder assegurar o modelo que se deseja”, pontuou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Pref. Juscelino Oliveira entrega UBS para população; unidade leva o nome do médico Dr. Dalvadísio Moreira

11/06/2018 s 16:37 em Saúde

UBS 1A inauguração da nova Unidade Básica de Saúde do Centro-Pioneiro foi marcada pela emoção dos amigos e familiares do homenageado com o nome da UBS. Dr. Dalvadísio Moreira dos Santos, escolhido para dar o nome a Unidade de Saúde, era uma pessoa muito respeitada na comunidade, pois esteve sempre engajado nas causas do município, falecido em 16 de janeiro de 2018.

O homenageado foi um dos pioneiros na área da saúde em Açailândia, onde fundou um dos maiores hospitais de Açailândia, o Hospital Jerusalém. Passou a atender a população atuando em sua especialidade como Clínico Geral, sempre com muita competência e com a calma que lhe era peculiar.

UBS 2No município, fez história na política, bem como no meio empresarial e agropecuário. Com seu brilhante trabalho na saúde, Dr. Dalvadísio passou a ser considerado uma importante personalidade pública na cidade e região. Foi eleito vice-prefeito e ainda chegou a exercer o cargo de Secretário de Saúde. Era casado com a ex-prefeita Gleide Lima Santos com quem teve e deixou dois filhos: Denison Lima Santos Gigante e Dalvadísio Moreira dos Santos Filho.

A indicação que sugeriu o nome da UBS partiu do vereador “Adriano da Saúde”. Quando entrou com a indicação na Câmara Municipal, o vereador considerou importante que o Dr. Dalvadísio fosse homenageado, pelo seu profissionalismo na área médica, além do seu envolvimento com a localidade. A indicação foi aprovada unanimemente pelos vereadores e endossado pelo gestor municipal Juscelino Oliveira.

UBS 4O prefeito, disse que o governo municipal com o apoio da Câmara de Vereadores está cumprindo com a sua obrigação gestora, entregando nesta data, a nona Unidade Básica de Saúde para a população. “Nós nos sentimos prestigiados ao ver a população presente. Precisamos investir no que a população precisa. Verificamos assim que a inauguração de uma obra é um momento único. Ficamos felizes por saber que as pessoas poderão usufruir de mais esta obra em prol da saúde de Açailândia e hoje nada mais justo que prestar esta homenagem ao saudoso Dr. Dalvadísio. Todos aqui tiveram a oportunidade e o prazer de tê-lo como amigo, profissional médico e político que sempre foi”, ressaltou o prefeito Juscelino, acrescentando que Dr. Dalvadísio sempre realizou um brilhante trabalho na saúde de Açailândia, além de salvar muitas vidas e prestar relevantes serviços também na área assistencial.

Dr. Marcos Gigante, primo do homenageado e um dos representantes da família, disse que esta foi uma homenagem muita justa e importante. “A família agradece muito este importante posicionamento do prefeito Juscelino. Foi um gesto bonito e honroso da parte dele (prefeito) em prestar esta homenagem ao nosso querido Dalvadísio. Era uma pessoa íntegra e correta nos seus atos e sempre prestando serviços dignos dentro do nosso município, sempre fazendo o que mais gostou que foi exercer a função de médico, além  de um grande pai de família”, ponderou Dr. Marcos Gigante.

UBS 5A Secretária de Saúde Kerly Cardoso, muito emocionada, disse que a prefeitura não poderia deixar de perpetuar o nome do Dr.  Dalvadísio, dando o seu nome a esta Unidade de Saúde, que coincidentemente está localizada em frente à residência da família.  “Dr. Dalvadísio foi a pessoa que me recebeu na Secretaria Municipal de Saúde e para nós é uma grande conquista realizar este gesto de reconhecimento”, ressaltou Kerly Cardoso.

O deputado licenciado Sérgio Vieira, disse que é muito importante mais uma inauguração na área da saúde e desta vez, uma UBS que vai beneficiar bastante a população de Açailândia na qualidade e atendimento. Por outro lado, nada mais justo que homenagear o Dr. Dalvadísio que nos deixou este ano. Foi uma pessoa que deixou história e bons serviços prestados ao município durante décadas. Juntando a homenagem com a entrega deste equipamento público, a gestão municipal mostra que está preocupada e avançando na área da saúde que é muito importante para a cidade.

UBS 3O vereador “Carlinhos do Fórum” muito emocionado, falou à reportagem, que foi o Dr. Dalvadísio quem realizou o parto da sua esposa, durante uma cirurgia cesariana muito bem sucedida, trazendo ao mundo a sua primeira filha. “Foi uma grande homenagem. Todos nós sabemos quem foi o Dr. Dalvadísio em Açailândia. Foi um grande pai, esposo, um excelente médico. Só tenho a dizer que o prefeito Juscelino Oliveira foi muito feliz em prestar esta grande e justa homenagem”, finalizou “Carlinhos do Fórum.

Até o final do ano, a prefeitura pretende entregar mais sete UBS’s,: Nova Açailândia; Bairro Juscelino Oliveira; Barra Azul; Jardim Brasil;  São Francisco /Baixão; Pequiá e Parque das Nações.

ASCOM/PMA

Por Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Avanço: Prefeitura de Imperatriz aumenta número de leitos de UTI

07/06/2018 s 21:15 em Saúde

Serão inaugurados 10 na próxima semana, após contrato assinado nesta quinta feira (7)!

uti_alvorada_1

Acordo aumentou mais 10 leitos para melhorar serviço público de saúde (Foto: Vilmar Alves)

O primeiro paciente a utilizar a nova Unidade de Terapia Intensiva, UTI, no Hospital Alvorada, ocupará um dos leitos a partir da próxima segunda feira, 11. Preocupada com a retirada dos leitos de UTI custeados pelo Estado em Imperatriz, que tem provocado transtornos e até morte de usuários da Rede de Saúde Pública, a gestão municipal fechou acordo com a empresa STI para prestação dessa assistência, aumentando de 20 para 30 o número de leitos disponíveis.

“A discussão dos detalhes vem acontecendo desde maio, quando nossas solicitações para encaminhamento de pacientes aos leitos conveniados começaram a serem barradas, colocando vidas em risco. Não podíamos permitir que a situação caótica continuasse, então resolvemos colocar esses leitos em funcionamento com os recursos do Município” – explicou o secretário municipal de Saúde, Alair Firmiano.

Segundo Alair, a rede está funcionando praticamente com 40 leitos a menos, porque além de terem sido fechados 20 da STI, os outros 20, que ainda continuam credenciados pelo Estado na rede privada, não estão sendo regulados conforme preveem as normativas.

Ele assegurou que todas as medidas necessárias para otimizar o atendimento à população, que carece do serviço público, estão sendo tomadas. “A principal preocupação do prefeito Assis Ramos é a resolução dos problemas da nossa saúde. Ele me liga noite e dia para saber do andamento dos processos, que infelizmente depende de trâmites burocráticos para serem solucionados, mas esse da UTI é mais um resolvido” – afirmou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Crianças, idosos e gestantes devem se vacinar contra gripe até 1º de junho

30/05/2018 s 17:51 em Saúde

Meta é atingir 90% dos grupos prioritários!

vACINA itz

Campanha de vacinação contra a gripe termina na sexta-feira, 1º (Foto: Maria Almeida)

A aplicação das doses começou em Imperatriz em 23 de abril, e desde então a vacina está disponível nas Unidades Básicas de Saúde. A Secretaria Municipal de Saúde, Semus, realizou ainda no último 12, o dia D, quando as 37 UBS´s ficaram abertas das 8h às 17h, para imunizar contra o vírus da gripe; além de vacinar no mutirão “A Gente Faz Cidadania” na Escola Municipal Edelvira Marques, Bairro Planalto. No entanto, a procura ainda é baixa.

De acordo com o boletim emitido pela Semus, até a última sexta-feira, 25, foram vacinadas 31.484 pessoas, sendo 6.168 trabalhadores de saúde; 1.359 gestantes; 628 puérperas; 14.317 idosos; 2.005 professores; 6.977 crianças – 36% e 4.717 pacientes crônicos.  “Dos grupos prioritários, o que estamos mais distante da meta são crianças, idosos e gestantes, apesar de todas as estratégias realizadas” – ressaltou a coordenadora municipal de Imunização, Socorro Ribeiro.

O secretário de Saúde, Alair Firmiano explica que equipes volantes formadas por profissionais das Estratégias e Saúde da Família estão aplicando vacinas em escolas e instituições para facilitar o acesso. “Além da disponibilidade das UBS´s estamos com essa logística, mas é necessário o interesse da comunidade para que possamos atingir nossa meta, de 90%, e até o momento só estamos com 58% de cobertura” – alertou.

Têm direito à dose, idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos incompletos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Moradores com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem ser imunizados. Nesse caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação. Porém, pacientes cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão registrados para receber a dose, sem necessidade de prescrição médica, até 1º de junho, quando encerra a campanha.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Pref. de Açailândia apresenta relatório da Gestão Fiscal da Secretaria de Saúde

30/05/2018 s 16:11 em Saúde

SaudeA prefeitura de Açailândia, através da Controladoria Municipal e Secretaria de Saúde, realizaram na manhã desta terça–feira,29, no auditório da Câmara de Vereadores, a Audiência Pública para apresentar relatório da Gestão Fiscal como forma de prestação de contas referente ao 1º. Quadrimestre/2018, de acordo com o que pede a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), ou Lei Complementar nº 101, criada intuito de estabelecer normas direcionadas para a responsabilidade dos gestores com relação às finanças públicas.

A Audiência teve como finalidade, a apresentação do relatório das receitas e despesas realizadas no 1º. Quadrimestre, entendendo a demonstração e avaliação do movimento das metas fiscais, além de apresentar o quadro geral de receitas e dívidas do município, desta feita na área da saúde.

A Controladora do município, Maria Luiza Ferreira Araújo, disse que a apresentação do relatório é uma obrigação do município em cumprimento conforme a Lei de Responsabilidade Fiscal. “O Município tem que fechar os quadrimestres. E assim sendo, no fim de cada quadrimestre é realizada uma Audiência Pública como forma de prestação de conta com a comunidade, sociedade civil e Poder Legislativo, juntamente com o Executivo. Esta é uma preocupação do prefeito Juscelino Oliveira em se fazer cumprir o que a Lei pede. É também uma forma de estar mostrando a transparência e de como está conduzindo a gestão municipal”, disse a controladora, avaliando como bastante positiva a realização da Audiência, inclusive com a participação das pessoas presentes fazendo alguns questionamentos e na ocasião, tiveram respostas satisfatórias.

Em entrevista, a Secretária Kerly Cardoso, aproveitou a oportunidade para falar do relatório e prestação de contas da Secretaria Municipal de Saúde, “ Mais uma vez, estamos fazendo a prestação de contas em Audiência Pública com a participação da comunidade e do Conselho Municipal de Saúde, que aproveitam para tomar conhecimento de tudo que foi gasto, além de todas as despesas e receitas realizadas pela administração municipal”, explicou Kerly Cardoso.

A Audiência Pública é um encontro feito na comunidade com a participação da população, a fim de buscar opiniões e soluções para as demandas sociais e ter acesso à resposta de pessoas públicas. Quando a comunidade é muito grande, normalmente a audiência é conduzida por pessoas de maior influência local, tomando o papel de porta-voz das demais opiniões. Mas ela também pode ocorrer em subgrupos, a fim de se discutir um assunto com maior profundidade.

Esse tipo de reunião existe para que todas as pessoas de uma comunidade possam participar do controle da Administração Pública, como uma forma de praticar o exercício de cidadania, possibilitando a troca de informações quando uma decisão afeta direitos coletivos.

Outras Informações podem ser adquiridas no Portal da Transparência no site da Prefeitura de Açailândia.

ASCOM/PMA

Por Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Em Imperatriz, pais de alunos participam de palestras sobre prevenção do câncer

12/05/2018 s 07:13 em Saúde

Ciclo de palestras é alusivo ao Dia das Mães!

Palestra

Encontro realizado na Escola Municipal Marechal Rondon (Foto: Divulgação)

A parceria do departamento de Saúde e Prevenção nas Escolas, SPE, com projeto “Passos que salvam” iniciou um novo ciclo de palestras educativas para orientação e diagnóstico dos sinais e sintomas do câncer infantojuvenil. Agora, com foco nos pais dos alunos, na noite de quinta-feira, 10, foi a vez da Escola Municipal Marechal Rondon, receber o projeto.

“O intuito é despertar a população e divulgar quais são os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil, visto que eles são facilmente confundidos com outras doenças de menor agravo. Escolas da rede municipal compreenderam a grande importância do projeto para a comunidade escolar” – observou a coordenadora do SPE, Valdina dos Santos Aguiar.

Ela revelou ainda que, para o enfrentamento da doença é necessário o empenho e apoio de todos. “Quanto maior o número de pessoas conscientizadas sobre a importância do diagnóstico precoce, maior é a chance de conseguir o tratamento, podendo alcançar até a cura. O olhar atento dos pais para os possíveis sintomas nos filhos pode fazer toda a diferença no tratamento”.

Pela proximidade com o dia das mães, o evento também foi alusivo à data. “No dia das mães sempre trazemos informações diferentes para elas, numa forma de contribuir com a escola e possibilitar outros conhecimentos”, revelou a gestora Maria Dulce de Sousa Ribeiro.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeito Juscelino Oliveira consegue junto ao governo do estado mais uma ambulância para Açailândia

09/05/2018 s 21:44 em Saúde, Sem categoria

Essa nova ferramenta totalmente equipada da saúde pública para a cidade de Açailândia, é uma ação da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia do Estado, ainda na gestão de Simplício Araújo, que sempre manteve uma forte parceria com o prefeito Juscelino Oliveira.

Valendo_1O Secretário de Indústria e Comércio do Estado garantiu a doação de 42 ambulâncias para reforçar a saúde do Maranhão, no período em que a SEINC ainda era comandada pelo Secretário Simplício Araújo.

As cobranças de Simplício, que tiveram também o auxílio do então deputado por Açailândia, Sérgio Vieira, ora se concretizam na SEINC, agora sob o comando do atual secretário, Expedito Rodrigues Júnior.

WhatsApp_Image_2018-05-08_at_12.37.07_1O prefeito Juscelino Oliveira, recebeu as chaves da nova ambulância direto das mãos do Governador, testemunhado pelos representantes da Empresa Raizen, responsável pela doação de várias ambulâncias para o governo do Maranhão, que chega agora às mãos dos prefeitos.

A Raizen é uma empresa instalada no Distrito Industrial de Pequiá, na cidade de Açailândia no polo petroquímico/Pool de Petróleo, e, também com atuação no Brasil nos setores de produção de açúcar e etanol, transporte e distribuição de combustíveis e geração de Bioeletricidade.

Essa ambulância entregue à população de Açailândia é uma contrapartida social da empresa Raizem, que assim como outras empresas, valorizam seus ativos na cidade.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Em Imperatriz, oficina de planejamento em saúde municipal discute ações para os próximos meses

08/05/2018 s 20:38 em Saúde

Encontro aborda melhorias a serem implantadas, a partir das necessidades de cada programa!

WhatsApp_Image_2018-05-07_at_16.58.34_1

Oficinas projetam melhorias a serem implantadas, com base no que cada programa necessita (Foto: Maria Almeida)

Foi realizada na segunda feira, 7, na Secretaria Municipal de Saúde, Semus, a 2º Oficina de Trabalho e Planejamento em Saúde Municipal. Objetivo é melhorar o aproveitamento dos recursos, conforme diretrizes do novo modelo de financiamento do SUS/Portaria nº 3992/2017.

Para tanto, foi apresentado pela assessora de Planejamento e Projetos da Semus, Isabel Macedo, como elaborar um Plano Municipal de Saúde observando roteiros e prazos; quadro de detalhamento de despesas; recursos disponíveis para cada programa e metodologias. Além disso, foram discutidas as deficiências de cada setor para elaboração de um plano direcionado.

O encontro contou com participação de todos os coordenadores da Semus, membros do Conselho Municipal de Saúde e do Ministério Público do Maranhão, representado pelo promotor Newton Belo. “Desde 2017 já estamos realizando oficinas para obtermos uma gestão integrada e participativa, além de fazer com que cada coordenador conheça o que tem à sua disposição e planeje melhor suas ações” – explicou.

O secretário de Saúde, Alair Firmiano, ressalta que esses encontros são de extrema importância, principalmente, com a participação das entidades civis, pois consegue elaborar ações que contemplem as necessidades reais da população. Segundo ele, integrar o MP nesse processo é fundamental.

“Nessas oficinas projetamos as melhorias a serem implantadas, com base no que cada programa necessita, e as reclamações relatadas aqui norteiam onde estão as falhas e qual o melhor caminho a seguir. Com participação do promotor na construção desses planos vamos aperfeiçoar os trâmites e evitar judicializações na saúde” – pontuou.

De acordo com Isabel, a partir do que foi discutido no encontro, serão redesenhados novos projetos para a saúde de Imperatriz.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeitura e Associação Italiana firmam parceria para ações de saúde na zona rural de Imperatriz

26/04/2018 s 16:09 em Saúde

Convênio beneficiará comunidades com equipes e manutenção de equipamentos!

saudgpovoiafsdrdro_1

A associação já construiu o Posto de Saúde e Centros Comunitário Frei Tadeu (1 e 2- Povoado 1700 e Água Boa) (Foto: Edmara Silva)

Na manhã desta quinta-feira (26), o secretário municipal de saúde, Alair Firmiano, e Luidia Gottoli, da Associação Frei Tadeu – Abarrasto, da Itália, visitaram postos de saúde em funcionamento e em construção nos povoados Água Boa, Riacho do Meio e 1700, na zona rural de Imperatriz.

“Nossa entidade é fundada por amigos italianos, é uma associação beneficente de apoio e repasse para comunidades agrícolas e vilarejos selecionados da região tocantina. Já realizamos ações no município de São Francisco do Brejão e atualmente estamos em Imperatriz”, explicou Luidia.

Saúde 1A associação já construiu o Posto de Saúde e Centros Comunitário Frei Tadeu (1 e 2- Povoado 1700 e Água Boa). Atualmente está em construção o do povoado Riacho do Meio, às margens da Rodovia BR 010, que atenderá mais de 90 famílias. “Também realizamos cursos e capacitações voltadas às ações de prevenção de saúde e sustentabilidade”, acrescentou a italiana que há 20 anos desenvolve trabalhos comunitários no Maranhão

O secretário de Saúde, Alair Firmiano, destacou a relevância do projeto que deixará às comunidades um espaço reservado especificamente à promoção da saúde, pois no caso do povoado Riacho do Meio os atendimentos eram realizados nas instalações da Escola Municipal Bernardo Sayão. “Essa é uma iniciativa muito importante, com a população sendo atendida em locais adequados. A Prefeitura irá firmar parceria com a Associação Abarrasto para manutenção dos postos de saúde e também iremos viabilizar o início do programa Farmácia Viva nessas comunidades”.

Alair explicou, ainda, que aproximar poder público da população é uma das prioridades da administração de Assis Ramos. “O prefeito já esteve em visita nos locais e nos autorizou a realização deste convênio em benefício da população. Além disso, contamos com o apoio das associações de moradores no zelo aos espaços e na manutenção destes”.

Claudiane Fernandes, conhecida como Diana, presidente da Associação de Moradores do povoado Riacho do Meio falou da satisfação em receber a unidade de saúde no povoado. “O que a comunidade mais sonhava era a construção deste posto. Pedimos apoio ao Dr. Alair para fomentar essa parceria entre a Prefeitura e a associação italiana”.

Valmir Fortuno da Silva, morador e doador do terreno onde será construído o posto no povoado Riacho do Meio também agradeceu. “Estamos gostando muito deste governo, pois as coisas estão funcionando da forma que realmente deveriam funcionar. Sempre sonhamos com este posto, por isso doamos este espaço”.

A previsão é que a Associação inaugure o posto de saúde no Riacho do Meio em julho, em memória ao aniversário de falecimento do Frei Tadeu, que dá nome à entidade e às obras. Em seguida, o espaço fica na responsabilidade da Prefeitura de Imperatriz, que destina equipe e realiza manutenção dos equipamentos e da Associação de Moradores, que zela pelo patrimônio.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeitura de Imperatriz entrega novas cadeiras de rodas para comunidade

09/04/2018 s 19:25 em Saúde

Medida proporciona melhores condições de locomoção para pessoas com mobilidade reduzida!

Cadeiras de Rodas

As cadeiras oferecem melhores condições de locomoção para pessoas com mobilidade reduzida (Foto: Edmara Silva)

A funcionária pública, Ana Luzia Gadelha, foi uma das primeiras a chegar no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, na manhã dessa segunda feira, 9, onde foram entregues cadeiras de rodas. Ela foi beneficiada com uma para sua filha de 30 anos, vítima de uma síndrome rara que lhe ocasionou perda dos membros inferiores e superiores. Foram beneficiadas 79 pessoas.

“Essa é a segunda que recebemos do Município, graças à Deus, pois são cadeiras caras, e nós já temos outros gastos. Ficamos satisfeitos com  a iniciativa da prefeitura e não precisaremos nos sacrificar para comprar” – reforçou. Ana Luiza conta que deu entrada no processo há pouco mais de um ano.

Outra beneficiada foi a costureira Sônia Maria, mãe do Patrick Carvalho, 24 anos, que perdeu as duas pernas em um acidente de moto há seis anos. “Ele depende totalmente da cadeira para se locomover e não tínhamos dinheiro para comprar outra nova agora, essa veio em boa hora!” – ressaltou.

O secretário de Saúde, Alair Firmiano, que fez a entrega ao lado do secretário Adjunto, Marcondes Carneiro, ressaltou a relevância e alcance social dessa iniciativa. “Essas cadeiras de rodas oferecer melhores condições de locomoção e mais praticidade às pessoas com mobilidade reduzida, além de garantir mais qualidade de vida” – afirmou.

Ele relatou que algumas pessoas aguardavam desde 2014. “Existem processos de quatro anos atrás e nós aceleramos o andamento das licitações. E hoje estamos realizando a entrega, que demonstra o compromisso que o prefeito Assis e da Secretaria de Saúde tem com a população” – destacou.

O aposentado Antônio Carlos, paraplégico há 18 anos, devido a um tumor na coluna, é um dos que esperava desde 2014. “É a cadeira que todo mundo sonha ter, já conferi a minha, é muito boa, com material de qualidade” – exaltou. Ele conta que alguns colegas fizeram empréstimo para comprar o equipamento da mesma qualidade da que recebeu e que custa em torno R$ 2.500.

Para ter acesso ao benefício, o interessado deve procurar a sede do Programa Órtese e Prótese, no Centro de Especialidades Médicas Três Poderes, para dar entrada no processo. As cadeiras são feitas sob medida, e por isso, a pessoa precisa passar por ortopedista e fisioterapeuta para preenchimento dos laudos.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Menina que vivia com corações artificiais passa por transplante no Incor de SP

09/04/2018 s 07:03 em Saúde

Segundo sua tia, Lorena passa bem. Criança de 1 ano deve permanecer na UTI por mais alguns meses!

lorena1

Larissa beija a testa da filha Lorena na UTI do Incor (Foto: Celso Tavares/Arquivo G1)

Depois de quase 5 meses de espera na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) infantil do Instituto do Coração (Incor), em São Paulo, a menina Lorena Torres, de 1 ano, passou por um transplante de coração, informou a assessoria do centro médico. Ao G1, a tia da menina, Vanessa Carla Farias da Silva, disse neste domingo (8) que ela passa bem.

A criança sofria de miocardiopatia dilatada, doença que limitou o funcionamento de seu coração a apenas 11% da capacidade total. O órgão estava tão frágil que foi necessário o implante de dois corações artificiais (leia mais abaixo).

A mãe da menina, Larissa Farias, recebeu o telefonema da equipe médica informando de um possível doador compatível às 5h de sábado (7). Depois de exames, constatou-se que o órgão poderia ser transplantado e a cirurgia foi marcada.

lorena3

Corações artificiais usados em Lorena são do modelo berlin heart excor (Foto: Celso Tavares/Arquivo G1)

Segundo Vanessa, a operação durou cerca de seis horas. “Minha irmã contou que demorou mais para retirar os corações artificiais. Mas quando colocaram o coração doado, já começou a bater. Foi lindo”, disse, por telefone.

A menina retornou para a UTI do Incor, onde deve permanecer mais alguns meses. No período, a equipe médica irá avaliar a aceitação do organismo ao novo órgão.

Corações Artificiais

A constatação de que Lorena sofria de alguma doença cardíaca ocorreu quando ela tinha apenas seis dias de vida, em Maceió, onde nasceu. Depois de ficar quase um mês internada na UTI de um centro médico da capital alagoana, os médicos não conseguiram fechar um diagnóstico.

Os pais foram aconselhados a ir ao Incor, um dos centros de referência em tratamentos cardíacos no país e o responsável por mais de 40% dos transplantes de coração do estado de São Paulo. “Ela estava com disfunção nos dois ventrículos, tanto o direito quanto o esquerdo”, disse o médico Luiz Fernando Caneo, cirurgião da Unidade Cirúrgica de Cardiopatias Congênitas do Incor.

A grosso modo, os ventrículos são câmaras responsáveis por movimentar o sangue no coração. O direito leva o sangue venoso, pobre em oxigênio, para as artérias pulmonares. O esquerdo leva o sangue já oxigenado para o resto do corpo.

Com o diagnóstico fechado, os médicos viram que o transplante era a única saída. Segundo Larissa, remédios foram ministrados para facilitar a circulação sanguínea, mas a situação era tão crítica que sua filha sofreu um infarto. “Foi quando o cirurgião disse que ela não ia aguentar esperar até o transplante se não ficasse em uma máquina, que é o Berlin Heart”, disse.

Do G1

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Prefeitura de Imperatriz Inaugura Unidade Básica de Saúde do Conjunto Vitória

03/04/2018 s 22:35 em Saúde

Unidade amplia cobertura dos serviços preventivos em saúde!

UBS Conj Vitória

Bastante aguardada, obra começou em 2015 e estava paralisada (Foto: Mariana Campos)

Foi entregue para comunidade, na tarde dessa terça-feira, 3, as novas instalações da Unidade Básica de Saúde Osmarina Noleto Chaves, no Conjunto Vitória. Cerimônia de inauguração contou com a presença do prefeito Assis Ramos, secretário de Saúde, Alair Firmiano, coordenadora da Atenção Básica, Érika Tourinho, vereadores e equipe de governo.

Bastante aguardada pela população, obra foi iniciada em 2015 e estava paralisada. Após reajustes no contrato com empresa licitada, construção foi retomada em setembro de 2017.  Além do próprio bairro, UBS vai beneficiar moradores da Vila Vitória, Colina Parque, Cidade Jardim, Habitar Brasil, Itamar Guará e adjacências.

“Os servidores merecem trabalhar em um local digno, com equipamentos e estrutura adequada para oferecer um bom atendimento à população. Os moradores reconhecem nosso trabalho e isso é muito gratificante. Fui eleito pra dar ouvidos ao povo de Imperatriz e a entrega dessa obra é prova disso. São pequenas ações, mas pontuais que melhoram o cotidiano da comunidade em diversos pontos da cidade” –  destacou o prefeito. Assis pontua que é obrigação dele “concluir todas as obras em andamento e lutar pra garantir mais investimentos”.

Ele explica que a obra começou em convênio com o Ministério da Saúde, mas, devido ao bloqueio do recurso, a Prefeitura conseguiu concluir com orçamento próprio “graças ao esforço da equipe, pois apesar do momento de dificuldade financeira, uma obra dessa natureza deve ser prioridade pelo importante trabalho na saúde preventiva por meio da atenção básica”.

A Unidade contará com duas equipes de Estratégia e Saúde da Família; consultas agendadas e livre demanda; marcação de exames, aplicação de vacinas, distribuição de medicamentos, atendimentos da equipe do Núcleo de Apoio a Saúde da Família, NASF, realização de testes rápidos e atendimento odontológico. Sua estrutura conta com cinco consultórios, sala de procedimentos, de vacina, de inalação, de curativo e de esterilização, além de almoxarifado, banheiros e recepção.  Atendimento será das 7h30 às 17h.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Alair Firmiano, entrega faz parte do projeto de melhorias da Atenção Básica do Município. “Conforto e funcionalidade estão entre os benefícios dessa Unidade para o Conjunto Vitória e bairros próximos, que corresponde aos padrões exigidos pelo Ministério de Saúde, oferecendo mais segurança e melhor atendimento para a população” – afirmou.

Perguiane Sâmara mora em frente à Unidade e enfatiza a importância para o bairro. “Teremos agora uma estrutura melhor, mais ampla e com mais profissionais capacitados para atender nossas necessidades de forma acessível e de qualidade”.

Para Raimunda Morais, receber a obra concluída representa muita satisfação para os moradores, pois eles passavam no local e não acreditavam que seria finalizada. “Essa Unidade chegou na hora certa, e graças à Deus e ao prefeito Assis Ramos que deu continuidade e entregou pra gente essa estrutura que tanto esperávamos” – ressaltou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

INÉDITO: Socorrão de Imperatriz realiza I Semana de Segurança do Paciente

02/04/2018 s 22:13 em Saúde

Inédito no município, evento aborda atendimento dentro da urgência e emergência!

38494992184_fc30b98ba7_z

I Semana de Segurança do Paciente objetiva qualificar assistência prestada (Foto: Edmara Silva)

Começa nesta terça feira, 3, e segue até sexta-feira, 6, I Semana de Segurança do Paciente dos Hospitais Municipais de Imperatriz, HMI/Socorrão e do HMII/Socorrinho. Abertura será às 14h, no Socorrão, com apresentação do Programa Segurança do Paciente. Contudo, pela manhã já haverão atividades com realização de oficina nos setores do pronto atendimento

“Nosso objetivo é contribuir com a qualificação do cuidado durante toda assistência prestada, a fim de reduzir incidentes com o paciente. Através das discussões vamos multiplicar os protocolos determinados pela portaria 529 de 1º de abril de 2013, que prevê a política de segurança do paciente dentro dos hospitais, seja público ou privado” – explicou a coordenadora do Programa de Segurança do Paciente do HMI/HMII, Ray Lins.

Segundo a coordenadora de enfermagem do Socorrão, Marília Carvalho, uma das organizadoras do evento, os principais protocolos a serem abordados durante a semana são: Higienização das mãos, segurança na prescrição e uso de medicação, identificação do paciente, prevenção de lesão por pressão, risco de queda e cirurgia segura. “Baseado nisso, faremos notificações de eventos adversos, traçaremos uma estratégia para evitar danos ao paciente e implantaremos a cultura de segurança”.

Confira programação completa:

03/04/18 – Terça-feira

9h – Roda de Conversas/Oficina nos setores do HMI;

14h30 – Abertura: Apresentação do Programa Segurança do Paciente. Enf. Raimunda Lins Pereira; Coord. do Programa Segurança do Paciente do HMI/HII.

14h45 – Acreditação do Programa de Segurança do Paciente. Palestrante: Enf. Maria Olyntha Araújo de Almeida. Prof. da Unisulma

15h – Identificação do Paciente. Palestrante: Enf.  Rafaella Régia de Oliveira Silva. Coord. do Núcleo de Epidemiologia Hospitalar.

04/04/18 – Quarta-feira

14h – 15h – Prescrição Segura.  Palestrante: Dr. Alexsandro Freitas. Coord. do SAMU.

15h – 16h – Medicação de Alta Vigilância. Palestrante: Monice Ferreira Abrantes Sarmento Farmacêutica . Coord. da Farmácia  do HMI/HII

05/04 – Quinta-feira

14h – 15h – Cirurgia Segura. Palestrante: Enf. Francisco Alves Lima Junior. Coord. do Programa Segurança do Paciente  do  Macrorregional

15h – 16h – Risco de Quedas. Palestrante: Enf.  Wheverson de Araújo Ramos, prof. da Unisulma.

06/04 – Sexta-feira

14h – 15h – Hemocomponentes. Palestrante: Dr. Fernando Batista Duarte.

15h – 16h – Higienização das mãos. Palestrante: Enf.  Pedro Pereira de Carvalho Sá Júnior. Esp. em Controle de Infecção.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Inaugurada nesta quarta-feira reforma da Base Central do Samu de Imperatriz

28/03/2018 s 23:34 em Saúde

Obra melhora condições de trabalho e atendimento!

SAMU ITZ

Reforma e ampliação do Samu foram concluídas e visam melhorar atendimento (Foto: Francisco de Assis)

Foi entregue, na manhã dessa quarta feira, 28, reforma e ampliação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Samu. Cerimônia de inauguração contou com presença do prefeito Assis Ramos, do secretário de Saúde, Alair Firmiano e vereadores. Iniciada ano passado, a obra contemplou ampliação, reforma e adaptação de salas, cozinha, banheiros, repousos e mudança do atendimento administrativo para um anexo ao lado.

Além disso, foi criada farmácia; Central de Materiais Esterilizados, CME; almoxarifado e abrigo de resíduos sólidos.  “Os profissionais, agora contam com melhores condições de trabalho, e certamente vão atender mais satisfeitos e oferecer uma assistência mais humanizada à população imperatrizense” – enfatizou Assis Ramos. Ele ressaltou, ainda, que também foi renovada 60% da frota, o que corresponde a cinco ambulâncias novas.

Samu 2Segundo o secretário de Saúde, Alair Firmiano, essas medidas cumprem determinação do Ministério da Saúde, que notificou o órgão em 2016, recomendando as mudanças estruturais do prédio.  “Quando assumimos, de imediato, verificamos essa demanda e já iniciamos o processo para reforma, pois o Samu é um serviço essencial e dar mais conforto para equipe é proporcionar um tempo resposta cada vez menor as solicitações> Nosso objetivo é esse, sempre melhorar o atendimento público” – pontuou.

Para o coordenador do Samu 192 Regional de Imperatriz, Alexsandro Freitas, dentre as mudanças, a mais importante, foi o abrigo de lixo com coleta seletiva, que está ligada à insalubridade. “São melhorias que garantem mais conforto e organização para que os servidores possam trabalhar de forma mais adequada” – destacou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

SAMU de Açailândia recebe ambulância 0Km; frota começa ser renovada

26/03/2018 s 17:12 em Saúde

A viagem do prefeito Juscelino Oliveira e a secretária municipal de saúde à Brasília continua rendendo frutos bastante importantes para a população de Açailândia.

Nova Ambulancia

Secretária de Saúde de Açailândia, Kerly Cardoso recebendo das mãos do Ministro da Saúde Ricardo Barros as chaves da nova ambulância do SAMU.

O recebimento desta primeira ambulância aconteceu em evento na capital do Paraná, Curitiba. Em primeiro momento isso aconteceria em Brasília, mas em virtude de já haver outros compromissos no Paraná, o evento de entrega de ambulâncias há vários municípios brasileiros aconteceu na manhã de hoje em Curitiba.

A Secretária Kerly Cardoso se encontra na capital paranaense onde já assinou o termo de compromisso para recebimento, nesse primeiro momento, de apenas 01 ambulância, mas retorna para a cidade de Açailândia com o compromisso do governo federal de renovar toda a frota do SAMU de Açailândia, logo após a finalização de alguns processos licitatórios para aquisição de ambulâncias.

O SAMU de Açailândia foi criado em 2010, ou seja, as ambulâncias em uso já têm quase 08 anos de uso, e, sujeitas à constantes problemas mecânicos. Somente agora, na gestão do prefeito Juscelino Oliveira (PCdoB) a frota do SAMU será renovada.

Mesmo sendo apenas 01 ambulância sendo recebida nesse primeiro momento a secretária Kerly Cardoso se mostrou bastante satisfeita com essa aquisição, pois será a garantia de 01 ambulância novinha em folha, podendo assim desafogar a utilização das outras em uso.

“Viemos, Eu e o prefeito Juscelino, em busca da renovação de toda a frota de ambulâncias do SAMU, mas saímos daqui bastante otimistas, pois essa ambulância recebida agora vai resolver inúmeros problemas na cidade de Açailândia, além do mais, retorno pra nossa cidade com o compromisso de recebermos o mais breve possível mais 02 ambulâncias e assim renovarmos toda a nossa frota, fato inédito em Açailândia”, disse entusiasmada Kerly Cardoso.

O ministro da saúde Ricardo Barros informou ainda que está em curso uma licitação para colocar equipamento de rastreamento em todas as ambulâncias.

“É uma medida de gestão. Controlaremos o deslocamento de todas as ambulâncias para otimizar os recursos e organizar o serviço. Além, é claro, de evitar o uso indevido dos veículos. Racionalidade no gasto do dinheiro público, essa é a nossa bandeira”, enfatizou Ricardo Barros.

O termo de doação das ambulâncias será publicado no Diário Oficial da União, discriminando os municípios contemplados e o prazo que os gestores terão para buscar os veículos.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Cirurgias de otorrino beneficiam pacientes no Socorrão de Imperatriz

22/03/2018 s 18:14 em Saúde
url

Socorrão recebeu melhorias e renovou equipamentos para atendimento (Foto: Patrícia Araújo)

Cirurgias eletivas da otorrinolaringologia, dentro do Hospital Municipal Socorrão, foram retomadas e beneficiam 10 pacientes por semana. Na manhã desta quarta feira, 21, um adolescente, cinco crianças e três adultos foram operados para retirada de adenoide e amidalite.

O primeiro a entrar na sala de cirurgia foi o filho da vendedora Rusllany Guimarães, de seis anos. “Ele tinha problema de amídala e adenoide desde um ano de idade. Morávamos em Balsas e lá não tinha essa cirurgia pelo SUS. Em 2016 meu marido foi transferido e viemos embora para Imperatriz, aqui demos entrada no processo, graças a Deus ele já está sendo operado” – relatou, aliviada, a mãe do garoto.

Já a estudante universitária Sonia Sousa Pinheiro, afirma que esperava há três anos pelo procedimento. “Desde 2015 eu tentava agendar essas cirurgias para meus dois filhos, de sete e 13 anos. Semana passada li que haviam sido retomadas, fui atrás e já marcaram para hoje, eles são os próximos a entrarem no Centro Cirúrgico” – disse.

Sonia ressaltou ainda que iniciativa da Prefeitura chegou em momento oportuno, pois seu filho mais novo já estava sofrendo com as crises de adenoide. “Estava um sofrimento, todo mês ele fazia procedimentos para retirada de carne do nariz, de tão agravado o seu caso, mas agora isso vai acabar, ele vai ficar bom com a operação” – contou.

Para realização desses procedimentos, foram feitos diversos reparos no centro cirúrgico com readequação de salas do bloco e reformas de algumas enfermarias. Além disso, foram renovados todos instrumentais, adquiridos novos carros de anestesia, aspiradores e a medicação exigida pela equipe médica de cirurgiões.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Cirurgias da otorrinolaringologia voltam a ser realizadas no Socorrão de Imperatriz

09/03/2018 s 18:40 em Saúde

Após 10 anos, especialidade é oferecida dentro da estrutura pública!

Otorrino 2

Após 10 anos, cirurgias da otorrinolaringologia serão oferecidas dentro da estrutura pública (Foto: Maria Almeida)

Foram realizadas nesta sexta-feira, 9, cerca de 10 cirurgias de amídalas e adenoide nos centros cirúrgicos do Socorrão. Há uma década estes procedimentos não eram realizados com a estrutura própria do Município, mas em hospitais particulares conveniados ao Sistema Único de Saúde, SUS. Segundo o secretário de Saúde, Alair Firmiano, procedimento terceirizado onerava a Prefeitura de Imperatriz.

“Os gastos com convênios são bem superiores aos custos que temos, realizando as cirurgias no nosso próprio hospital. O objetivo da gestão, direcionado pelo próprio prefeito Assis Ramos, é otimizar gastos e melhorar o atendimento à população, utilizando nossa estrutura. Os investimentos estão sendo feitos para que em breve todos os serviços do SUS, tanto da Atenção Básica quanto da Urgência e Emergência, sejam oferecidos nos dispositivos próprios” – ressaltou Alair.

O Diretor do hospital, Alberto Gomes, informa que este avanço só foi possível, devido às mudanças estruturais que vêm acontecendo no HMI. Segundo ele, foram feitos diversos reparos no centro cirúrgico com readequação de salas do bloco, e reformas em algumas enfermarias. “Além disso, foram renovados todos instrumentais, adquiridos novos carros de anestesia, aspiradores e a medicação exigida pela equipe médica do Dr. Áreo, responsável pelas cirurgias” – afirmou.

Ele ressalta que as próximas cirurgias da otorrinolaringologia, a serem realizadas no Socorrão, são as de cabeça e pescoço, tireoide, ouvido e nariz.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Dezenas de Famílias abrigadas no Parque de Exposição de Imperatriz recebem atendimento de saúde

15/02/2018 s 21:32 em Saúde

UBS provisória foi montada no local para oferecer os serviços básicos.

Saude ITZ

Atendimentos realizados na UBS provisória dentro do Parque de Exposição (Foto: Divulgação)

Visando melhor atender as vítimas afetadas pela enchente do Rio Tocantins, a Secretaria Municipal de Saúde, Semus, montou provisoriamente no Parque de Exposições, uma Unidade Básica de Saúde, UBS.  As famílias desabrigadas ficaram no local durante uma semana, e lá tiveram acesso a consultas, prescrição de exames, vacinação, entrega de medicamentos e distribuição de hipoclorito.

Segundo o secretário de Saúde, Alair Firmiano, essa estratégia visa assegurar atendimento de qualidade aos usuários do Sistema Único de Saúde.  “Indo até essas pessoas, garantimos acesso aos serviços da Atenção Primária, e o que é mais importante, evitamos adoecimento da população ribeirinha” – ressaltou, ao informar que o contato com a água das enchentes, pode transmitir leptospirose, febre tifoide, hepatites A e E, e cólera.

Com a baixa do nível do Rio Tocantins, as famílias ribeirinhas retornaram para suas casas na terça-feira, 13. “Improvisamos a UBS na quinta, fizemos umas triagens e na sexta já iniciamos os atendimentos. Crianças, mulheres, homens e idosos contaram com os serviços oferecidos pela nossa equipe” – ressaltou a enfermeira Ana Carolina, da Estratégia e Saúde da Família do bacuri I, que esteve no apoio logístico dessa ação.

Em regime de plantão, aproximadamente 50 atendimentos foram realizados de sexta a terça-feira de carnaval dentro do Parque de Exposições.  “Agora nossa equipe ficará em alerta, juntamente com as famílias. Faremos o acompanhando através da Defesa Civil, e se eles retornarem, voltamos juntos” – ressaltou a enfermeira Elaine Cristina Brito, da ESF Beira Rio, que coordena a estratégia montada para os ribeirinhos.

Ela explica que a estrutura da UBS montada no Parque ficará pronta, para o caso de necessitarem retornar, mas no momento, as famílias que estão na área do Buraco Fundo, Caema e Beira Rio estão sendo acompanhadas diretamente na UBS Beira Rio – Rua Dom Pedro I, entre Luís Domingues e Getúlio Vargas, e através das visitas domiciliares. “Amanhã, inclusive, visitarei algumas casas para entregar hipoclorito, utilizado para purificação da água” – finalizou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

Município de Açailândia é contemplado pelo cofinanciamento do Governo do Estado para ACS’s e ACE’s

10/02/2018 s 14:07 em Saúde

SaúdeA nova política nacional de atenção básica – PNAB, trás a informatização das Unidades Básicas de Saúde (UBS), o que o município fez logo que o Prefeito Juscelino Oliveira (PCdoB) assumiu em 2015.

A Secretária Municipal de Saúde, Kerly Rodrigues Cardoso investiu na implantação dos prontuários eletrônicos em todo o território municipal, trazendo assim, um destaque para o município ainda em 2016, onde o Estado do Maranhão fechou com apenas 5 municípios com o PEC implantado.

Com a continuidade desse trabalho, Açailândia participa da primeira chamada do estado, em reunião realizada na manhã dessa sexta feira (09), na Secretaria Adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde, com o Sub Secretário Marcelo Rosa, para receber o cofinanciamento para ACS’s e ACE’s, estando acompanhada de apenas mais 10 municípios.

Na oportunidade, a secretária de saúde e a coordenadora da atenção básica, Dra. Solange Bandeira, receberam os parabéns e protocolaram o termo de adesão do município.

Obedecendo aos critérios e parâmetros da Lei 10.583/2017, do Estado do Maranhão, Açailândia repassará aos ACS’s e ACE’s um incentivo quadrimestral. Esse incentivo do Estado acontece porque Açailândia tem apresentado a transição entre a antiga para a nova política de Atenção Básica. “Não para por aqui. estamos aumentando o número de equipes de Saúde da Família e Saúde Bucal. Agora são 10 de cada, já nesse início de ano”, disse a Secretária de Saúde, Kerly Cardoso.

“Nosso compromisso com a saúde não se resume a novos prédios (07 inaugurados e 10 para inaugurar esse ano, todos equipados). Nos preocupamos com pessoas, atendimento a toda a população, com mais profissionais. Estamos felizes com esse reconhecimento para a Atenção Básica”, disse o Prefeito Juscelino Oliveira.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.

UBS Amiga do Adolescente será lançada na segunda-feira (05), em Imperatriz

02/02/2018 s 22:53 em Saúde

Atenção Básica terá especialidade de hebiatria.

UBSA Secretaria Municipal de Saúde, Semus, oferece uma especialidade médica inédita em Imperatriz, a hebiatria, pelo Departamento de Atenção Básica do Município, DAB. O lançamento oficial do serviço acontecerá na próxima segunda-feira, 5, às 8h, na Unidade Básica de Saúde do Parque Amazonas, que recebeu o título de UBS Amiga do Adolescente.

Com a iniciativa, a Prefeitura amplia a cobertura dos serviços da rede pública de saúde e atende de forma mais especializada essa faixa etária que não conta com o profissional, nem na rede privada. “Já tínhamos na secretaria atendimentos direcionados para a criança, idoso, mulher e para o homem, agora incluímos o adolescente para que a nossa assistência seja completa” – destacou o secretário de Saúde, Alair Firmiano.

UBS 2Segundo a coordenadora do DAB, Érika Tourinho, o hebiatra é o médico capacitado a atender adolescentes, estando preparado para lidar com todas as questões que podem surgir diante do crescimento acelerado, mudanças hormonais e físicas, mas também com o lado emocional, de caráter psicológico e comportamental, orientando e dando apoio aos seus pacientes e famílias. “A região do Parque Amazonas registra um alto índice de gravidez na adolescência, por isso a escolha do bairro. Com a atuação da nossa médica contratada, pretendemos diminuir esses números” – explicou.

Hebiatria

É um clínico geral de adolescentes, com uma visão global do indivíduo desta faixa etária. Faz acompanhamento do crescimento e desenvolvimento físico, atua como o pediatra em casos de doenças, mas também tem conhecimento das alterações hormonais, urológicas, ginecológicas, dermatológicas, ortopédicas, psicológicas e outras que podem ocorrer na adolescência, que são muitas, já que o corpo passa da fase infantil para a adulta, o que envolve consolidação da musculatura, nascimento de pelos e desenvolvimento dos caracteres sexuais.

Da Assessoria

 

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos no Facebook e Twitter.