Publicidade
Página Inicial

Pref. Assis Ramos entrega à população de Imperatriz Hospital Infantil reformado, com novos leitos e equipamentos

12/11/2019 às 14:08 em Saúde

Totalmente reestruturado, HMII tem suas atividades normalizadas e passa atender a população a partir desta segunda-feira (11)

Socorrinho passa a atender com mais 15 novos leitos (Foto: Edmara Silva)

A solenidade de reinauguração do Hospital Municipal Infantil, HMII, realizada nesta segunda-feira, 11, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, Semus, marca o início de uma nova fase na saúde do município. Após o sinistro ocorrido em março de 2019, o hospital que funcionava em instalações precárias passa por uma completa estruturação, normalizando suas atividades junto à população.

Emocionado, o prefeito Assis Ramos falou sobre a sua trajetória como gestor do município para que o Hospital Infantil fosse revitalizado. “Foi muito difícil pra mim, no momento do incêndio, absorver tudo aquilo, a angústia e a preocupação principal com as nossas crianças, mas graças a Deus, hoje temos a satisfação de entregar à população o Socorrinho, com a ajuda do deputado Juscelino que nunca mediu esforços para resolvermos o ocorrido”.

A verba para a reforma do Socorrinho foi intermediada pelo Deputado Federal Juscelino Filho e Cleber Verde, que junto ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, não mediram esforços para garantir a Imperatriz a reforma do prédio. “Soube do incêndio pela imprensa, foi um dia de muita tristeza para Imperatriz e após o acontecido, o prefeito Assis Ramos nos procurou em Brasília e conseguimos interceder junto ao Ministro da Saúde uma liberação de recurso para as intervenções necessárias no hospital. O prefeito teve o compromisso de aplicar os recursos e hoje entrega à população essa obra. É uma grande satisfação está vivendo esse momento e ver a diferença que isso vai fazer na vida das pessoas”, declara Juscelino.

Apesar da boa notícia, que verbas seriam destinadas à Imperatriz, a saúde ainda passava por problemas delicados, como explica Assis Ramos. “O problema não era só resolver, mas resolver rápido! As crianças estavam em um local improvisado, no posto de saúde da Vila Nova e tínhamos que acabar com esse sofrimento o mais rápido possível. Estou muito satisfeito e com uma alegria enorme em ver as instalações novas, os médicos empolgados, todo o corpo técnico e os servidores satisfeitos e principalmente as crianças bem atendidas. Quero agradecer toda a equipe da saúde, por meio do secretário Alair Firmiano e da diretora do hospital, Bharbara Rodrigues, que foram verdadeiros guerreiros. Que Imperatriz seja referência na saúde, não por necessidade, mas por qualidade”.

O secretário municipal de saúde, Alair Firmiano, explica que “o prédio do Socorrinho era muito antigo e suas instalações precárias. Após o incêndio, decidimos junto ao prefeito Assis Ramos, reformar não só o local afetado pelo fogo, mas todo o prédio. Entregamos para a população um hospital novo, totalmente climatizado e implantamos um sistema de combate a incêndio, que antes não tinha”.

O secretário esclarece ainda que a obra seguiu os prazos estabelecidos no contrato. “Embora tenha sido anunciado algumas vezes que o hospital seria inaugurado, a reforma tomou grandes proporções, mas concluímos essa tarefa dentro dos prazos, ou seja, 180 dias”, finaliza o secretário.

Reforma

Após incêndio, o Hospital Municipal Infantil ganhou nova reestruturação de todo o prédio, com a parte hidráulica, elétrica, reforma dos mais de 45 banheiros, piso, telhado. Todas as exigências feitas pelo corpo de bombeiros foram atendidas como: sinalizações, extintores, brigadistas de incêndio, para-raios. Foram criados ainda 11 serviços, como: farmácia; serviço de ambulância próprio; assistente social durante todo o dia; serviço de regulação; lactário; serviço de segurança do paciente, onde as mães serão acompanhadas com uma educação continuada dentro da unidade para mantermos o nosso hospital bem cuidado. Foram criados mais 15 leitos e todas as especialidades irão permanecer, como: pediatria, cirurgia pediátrica, ortopedistas, vascular, urologistas, nefropediatra, hematopediatria.

De acordo com a diretora do hospital, Bharbara Rodrigues, o Socorrinho é “referência de urgência e emergência para mais de 40 municípios. Os nossos 10 leitos de UTI são os únicos dessa região. O relato dos servidores é que antes o hospital era um local esquecido, mas nessa gestão, do prefeito Assis Ramos, o hospital foi lembrado. É tanto que hoje estamos entregando um hospital totalmente reestruturado”.

A dona de casa Gilzimare Barros, 38 anos, afirma que está com o neto internado desde que as instalações do hospital foram incendiadas. “Tenho um neto com 6 anos, ele está internado aqui desde que o Socorrinho pegou fogo. No dia eles conseguiram encaminhar todos na UPA do São José, mas lá ficou muito pequeno, por conta da quantidade de crianças e depois nos encaminharam para o posto de saúde da Vila Nova. Hoje graças à Deus viemos para cá! São instalações novas, berços em ótimo estado, colchão novo, coberta para todos, temos uma cadeira confortável para o acompanhante e banheiros arrumados. A diferença do outro Socorrinho para o de hoje é de 100%. Estou muito feliz vendo meu neto bem tratado”.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


3 + 1 =