Publicidade
Página Inicial

PM de Açailandia prende assaltante de banco com mais de R$ 65 MIL

05/03/2013 às 00:07 em Polícia
acusado

Luis Oliveira da Silva (ACUSADO)

Cidelandia – Policiais da 5ª CI de Açailândia prenderam na madrugada desta segunda-feira (4), no município de Cidelândia, um assaltante de banco acusado de integrar a quadrilha que assaltou, no dia 26 de fevereiro, a agência do Bradesco, na cidade de Bom Jesus, no estado do Piauí.

Luis Oliveira da Silva, de 31 anos, segundo a PM do Maranhão, é morador do Povoado Marcolândia, onde foi localizado após denúncias. “Já havíamos trocado informações com a Secretaria de Segurança Pública do Piauí e tivemos a comprovação de que ele é um bandido de alta periculosidade e bastante conhecido pela polícia piauiense pela prática desse tipo de crime. Durante as ações, ele sempre usa de muita violência, porém, o trabalho das polícias do Maranhão não tolera esse tipo de prática, e mais uma vez mostra que nosso estado não é um bom lugar para estes bandidos”, alertou o secretário Aluisio Mendes.

Os trabalhos que resultaram na prisão de Luis Oliveira da Silva foram desempenhados pela equipe de policiais da 5ª Companhia Independente, sediada em Cidelândia, sob coordenação do major Eurico Filho.

Segundo chegou ao conhecimento do comandante da corporação, o assaltante estaria abrigado em uma propriedade, localizada às margens da MA-125, no Povoado Marcolândia, e que teria envolvimento em assaltos a agencias bancárias no Norte e Nordeste do Brasil.

dinheiro

Dinheiro encontrado em poder do acusado

De posse da denúncia, os militares montaram a barreira policial e conseguiram abordar o suspeito, que passava em um táxi, entrando na cidade. “Ao revistarmos o veículo, nossos policiais encontraram a quantia de R$ 67.481. Em depoimento, ele confessou ter participado de roubo ao caixa eletrônico na referida agência bancária na cidade de Bom Jesus-PI, próxima à cidade de Picos, naquele mesmo estado”, acrescentou o major Eurico Filho.

Conduzido à 9ª Delegacia Regional de Açailândia, Luis Oliveira da Silva foi autuado em flagrante pelos crimes de falsidade ideológica, pois tentou se passar por outra pessoa; e tentativa de suborno, pois no momento da prisão chegou a oferecer dinheiro aos PMs que participaram da operação, para que fosse liberado. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Maranhão providenciou o recambiamento do quadrilheiro para o Piauí, aos cuidados da Polícia Civil daquele estado.

Do Blog do Marcial Lima

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


− 9 = 0