Publicidade
Página Inicial

Política & Opinião

11/03/2019 às 08:15 em Política

 

MOSTRANDO A QUE VEIO…

A atual assessora de comunicação do município de Açailândia, Sra. Isabel Logrado que assumiu o cargo recentemente, com muita maestria vem mostrando a que veio. Detentora de uma grande experiência na área da comunicação, “Bel”, como é carinhosamente chamada pelos amigos mais próximos, vem dando o máximo de si para corresponder às expectativas e confiança do prefeito Juscelino Oliveira, nela depositada. Mesmo estando a poucos dias no comando da pasta, já Isabel deu o tom de como será sua atuação.

Que Deus, na sua infinita bondade e misericórdia continuem lhe abençoando e lhe dando sabedoria!

A INTERNET É MESMO UMA TERRA SEM LEI?…

O internauta que nunca se deparou com algum comentário mais extremo nas redes que atire a primeira pedra. Discussões e xingamentos parecem ter virado lugar comum em um universo digital cada vez mais polarizado. Comenta aqui, retruca dali e assim o barco corre. Mas onde foi que a liberdade de expressão deu o direito à ofensa? A tela não é proteção, a internet não é sinônimo de impunidade e o bom-senso deve ser levado como premissa em qualquer relação, seja ela virtual ou não. Aquele que se exceder poderá sofrer as sanções da lei.

2020: A CAMPANHA JÁ COMEÇOU…

O Que nos faz acreditar que a campanha eleitoral já começou em Açailândia? Acompanhe o meu raciocínio: Quando o Sr. Ildemar Gonçalves (PSDB) estava prefeito de Açailândia, de seu segundo mandato, ouvia-se gritos que vinham das ruas, em especial de pessoas ligadas a outras lideranças políticas que faziam oposição ao mesmo, dizendo que o então gestor, bem como todos que tinham seu sobrenome, não podia permanecer no poder. As alegações eram diversas, entre elas, que o mesmo teria utilizado a máquina pública para enriquecer toda a família, que era um péssimo prefeito, etc… etc… e etc…

Bom, de acordo com estes que pediam a saída de Ildemar, a população teria que eleger outro nome para comandar o município, na época com PIB em alta, chegando ao posto de segunda maior arrecadação do estado, em fim, foi quando surgiu,  a quela que seria a “salvadora da pátria”, Sra. Gleide Lima Santos, que era aclamada e que passou a ser chamada de “Guerreira”, a qual já tinha estado prefeita do município de Açailândia pelo curto período de 09 (nove) meses.

Como é do conhecimento de todos, essa foi pra campanha em situação confortável perante a opinião pública, ganhou a eleição, mas, não demorou muito, os elogios a “Guerreira”, agora já desgastada politicamente por não está fazendo uma boa administração, começaram a serem convertidos em criticas, até mesmo de cunho pejorativo.  E, não deu outra, a Câmara de Vereadores acabou lhe tirando o mandato, que foi assumido pelo seu então vice-prefeito, Juscelino Oliveira, que meio a uma “Guerra de Liminar”, conseguiu ficar até o fim do mandato e se reeleger prefeito, com vantagem esmagadora.

Um fato curioso, é que os mesmos que diziam que Ildemar Gonçalves e Gleide Santos não serviam para administrar o município, são praticamente os mesmo que criticam o atual prefeito Juscelino Oliveira, que diferente de seus antecessores, assumiu o município quando o Brasil passou a enfrentar a maior crise política e econômica de sua história!

Após fazer esta análise, surge uma pergunta: QUEM SERIA O PRÓXIMO “SALVADOR DA PÁTRIA”?

CRISE NO LEGISLATIVO

Depois dos escândalos envolvendo o então presidente da Câmara de Vereadores de Açailândia, Josibeliano Chagas Farias, afastado do cargo por suspeita de desvio de dinheiro público, a situação do poder legislativo local se tornou bastante delicada, carecendo de um trabalho forte no sentido de garantir a estabilidade do órgão que tem como principal missão, criar as leis e fiscalizar o executivo.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


+ 5 = 14