Publicidade
Página Inicial

Prefeitura de Imperatriz lança projeto de Horto Medicinal na Casa do Idoso Feliz

23/08/2019 às 07:59 em Geral

Frequentadores da Casa do Idoso recebem capacitação sobre uso de plantas medicinais

O secretário de saúde, Alair Firmiano anuncia projeto de Horto Municipal na Casa do Idoso. (Foto: João Rodrigues)

A Prefeitura de Imperatriz, em parceria com o Governo do Estado, lançou nesta quinta-feira, 22, o projeto inédito,  criação de um Horto Medicinal que vai funcionar nas dependências da Casa do Idoso Feliz, Rua Rui Barbosa, Centro. A previsão é que o espaço, também, chamado de “Farmácia Viva”, seja inaugurado oficialmente até o dia 31 de outubro deste ano.

Após a solenidade de lançamento, os frequentadores da “casa” iniciaram uma capacitação que vai habilitá-los para cuidar do novo espaço com a plantação, coleta e uso das plantas medicinais.

O secretário municipal de saúde, Alair Firmiano lembrou, durante o lançamento, que sua pasta mantém várias ações na Casa do Idoso como médicos e enfermeiros, e que o horto é um projeto em parceria com o Governo do Estado, de grande alcance social.

“Trazer este projeto para a Casa do Idoso é uma satisfação. Sabemos que os idosos, de um modo geral, têm certo conhecimento de plantas medicinais, mas agora vão aprender corretamente sobre cultivo e expandir estes conhecimentos a quem conhecem e de maneira correta”, destacou. Alair Firmiano aproveitou para dizer que brevemente a casa vai voltar a ser atendida por urologistas, uma vez que o profissional que atendia no local deixou a cidade.

“Temos parceria com o Município há mais de dois anos. Sempre fomos bem acolhidos, desde o prefeito ao secretário de saúde, que abraçou o projeto que estamos implantando definitivamente na Casa do Idoso”, observou Kaline Bezerra, que coordena o projeto “Farmácia Viva” da Secretaria de Estado da Saúde, SES.

Coordenadora da Atenção Básica no Município, Sormanne Branco disse que o Horto Municipal é o início de um projeto que pretende ser estendido às Unidades Básicas de Saúde, UBs.

“Com certeza este projeto é fundamental. A Farmácia Viva faz a promoção e a prevenção, portanto tem tudo a ver com a Atenção Básica”, afirmou Sormane Branco.

A coordenadora da Central de Assistência Farmacêutica, CAF, Guimar Santos destacou a importância de ampliar os conhecimentos dos idosos sobre as plantas medicinais geralmente usadas por essas pessoas para chás, lambedores, entre outros. A construção de canteiros, segundo ela, ficará a cargo da equipe de obras da Semus e a previsão é que o horto seja inaugurado entre os dias 20 e 31 de outubro.

“Recebemos este projeto com muita alegria, pelo impacto que ele vai causar na Casa do Idoso, com contribuição muito importante para organizar os conhecimentos dos idosos como, também, garantir que nossos idosos possam cuidar melhor de sua família”, comemorou a coordenadora da Casa do Idoso, Alessandra Nobre.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


7 + 5 =