Publicidade
Página Inicial

Prefeitura inaugura Conservatório Dramático e Musical de Imperatriz

21/11/2019 às 19:23 em Geral

A escola de belas artes contemplará até 1.200 alunos por semestre

A solenidade contou com apresentação musical do coral da Casa do Idoso e outros artistas da cidade. (Foto: Edmara Silva)

Com muita música e animação garantidas pelo coral da Casa do Idoso Feliz, a Prefeitura de Imperatriz realizou a inauguração do Conservatório Dramático e Musical. A solenidade que aconteceu nesta quinta-feira, 21 de outubro, por intermédio da Fundação Cultural, FCI, contou com a presença de autoridades e representantes da sociedade civil organizada. O dispositivo de honra foi composto pelo prefeito Assis Ramos acompanhado da primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Janaína Ramos, o vice-prefeito Alex Rocha, o presidente da FCI, José Carneiro dos Santos, o Buzuca, representando a Câmara Municipal, os vereadores João Silva (PRB) e Chiquinho da Diferro (PSB), o diretor-geral do conservatório, Geovane Pietrinni e o presidente da Academia Imperatrizense de Letras, Trajano Neto.

O terreno que antes servia como local de descarte irregular de lixo, outros resíduos sólidos e também como ponto de uso e distribuição de drogas, após muito empenho e burocracia, deu lugar à uma escola de belas artes, contemplando o ensino de música, teatro e dança. Com capacidade de atender, durantes os turnos da manhã e da tarde, entre 800 e 1.200 alunos por semestre, de forma totalmente gratuita e com editais com 50% das vagas voltadas para alunos da rede municipal de ensino. Apesar de ter sido construído em 2016, a obra proveniente de Termo de Ajusto de Conduta, TAC, não poderia ser inaugurada antes, pois além de não estar concluída, também ainda não pertencia legalmente ao município.

Só após a finalização de todos os tramites legais e doação do espaço para a  Prefeitura, a inauguração se tornou possível. O prefeito Assis Ramos explica que quando assumiu a gestão, “existiam várias obras inacabadas e muitas inclusive com placas de inauguradas. Um exemplo era o posto de saúde da Vila Mariana, que não tinha um ar-condicionado, não tinha uma mesa, o teto e as paredes não estavam terminados. Então nós fizemos essa e outras obras, como o Mercado do Peixe e escolas do município que estavam inacabadas e a gente concluiu.”

Apesar da construção se encontrar em estágio avançado, a verba advinda do TAC, entre Eletrobrás Eletronorte, Ministério Público Federal do Trabalho e Prefeitura de Imperatriz, não contemplava a colocação de sistema adequado de isolamento e tratamento acústico. Para isso, foi necessário a solicitação de um aditivo no valor que a empresa, que antes estava sendo punida e se tornou parceira do projeto, deveria pagar. “De fato a obra já estava bem adiantada, mas não adiantava estar daquele jeito. A burocracia prejudicou, mas o vice-prefeito Alex e o Pietrinni foram em Brasília e conseguiram o complemento financeiro que faltava para concluir de fato essa obra tão importante. Tanto para cultura, quanto para a educação”, destaca o prefeito

O presidente da Fundação Cultural de Imperatriz, José Carneiro Buzuca, explica que “naquele momento não poderia ser inaugurada, porque não tinha nada de estrutura, não tinha revestimento, isolamento acústico e menos ainda climatização, não tinha mobília e nem instrumentos. Hoje nós podemos bater no peito, agradecer a Deus, agradecer ao empenho do prefeito Assis, do Geovane e de toda a Fundação Cultural, porque hoje nós podemos sim inaugurar essa maravilhosa obra. Nós temos o documento de doação da obra, e a Prefeitura é proprietária desse empreendimento, sendo possível entregá-la finalmente para a população”.

O diretor-geral do conservatório, Geovane Pietrinni, destaca que “é importante ressaltar que a conclusão dessa obra não foi demorada por falta de vontade, mas porque existe um processo legal que precisava ser seguido. Agora nós podemos realizar licitações para garantir os equipamentos e mobília. A equipe da Fundação se debruçou ao longo desses seis meses de trabalho para deixar essa licitação o mais organizada possível e em pouco tempo eles estarão chegando”. O maestro declara ainda que a primeira turma da escola, que já está em andamento com o curso de Canto Coral, Regência e agora com práticas de Oratória, fará sua formatura no dia 16, com apresentação musical em frente ao prédio da Prefeitura.

O prefeito Assis Ramos ressalta ainda que ninguém, “fez mais do que eu em menos de três anos. Nunca se fez tanto em tão pouco tempo. Hoje é um dia de muita felicidade, pois em determinados momentos fiquei muito desanimado com a burocracia para conseguir entregar o conservatório para a população, mas graças a Deus, com a dedicação do Buzuca e de todos que fazem a nossa gestão, sobretudo os da Fundação Cultural, que são poucos, mas são bem aguerridos, a gente tem a satisfação hoje de entregar essa obra. Agradeço a Deus principalmente, agradeço a toda minha equipe, não só da Cultura, mas de todos e agradeço a população por reconhecer essa obra no bairro Santa Rita. E quero deixar bem claro que isso aqui não é meu, é para a população de Imperatriz. É assim que a gente faz, e é assim que a gente vai continuar fazendo.”

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


5 − 1 =