Publicidade
Página Inicial

Títulos definitivos serão entregues para 500 famílias de Imperatriz

12/07/2018 às 16:18 em Geral

Cerimônia faz parte da programação dos 166 anos de Imperatriz!

ImperatrizNo mês de aniversário de Imperatriz, a população também ganhará presentes. Além da programação com show, missa, Marcha para Jesus, entrega de honrarias, Corrida 16 de Julho e corte do bolo; também serão entregues 500 títulos definitivos de propriedades. Evento será realizado dia 20 de julho, no auditório da Universidade Aberta do Brasil, UAB, Praça União, às 9h.

“A ação que iremos realizar beneficiará 500 famílias, de 35 bairros diferentes, que aguardavam há anos pela documentação. Isto é resultado do intenso trabalho realizado pela prefeitura”, explicou Alcemir Costa, secretário municipal de Regularização Fundiária, Serf.

Ele esclareceu que a determinação do prefeito Assis Ramos é que a equipe de técnicos da Serf realize planejamento operacional, articulação, coordenação, integração e execução do processo de regularização fundiária urbana, de forma a contemplar todas as etapas do processo que culmina com a entrega de títulos. “Trabalhamos dentro da legalidade para que após a entrega dos títulos definitivos, os moradores possam ir ao cartório para registro do imóvel e até mesmo conseguir um financiamento bancário sem nenhuma restrição”, acrescentou.

Através da Serf, a Prefeitura conduz o processo de legislação permanente de moradores de áreas urbanas irregularmente ocupadas para fins de moradia, promovendo, também, melhorias no ambiente urbano e na qualidade de vida, contribuindo para o pleno exercício da cidadania. Além disso, faz cumprir os fins sociais da propriedade urbana no âmbito do Município de Imperatriz.

Confira a lista completa com imóveis e bairros que serão contemplados, no link: www.imperatriz.ma.gov.br/pmi/comunicados/serf/entrega-de-titulos-2018

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Aberta a 30ª AGO da Assembleia de Deus (Comadesma), em Porto Franco/MA

12/07/2018 às 08:47 em Geral

30 AGO 1Aconteceu na noite desta quarta-feira (11) a abertura da 30ª Assembleia Geral Ordinária (AGO) da Assembleia de Deus (Comadesma), na cidade de Porto Franco/MA.

O evento é presidido pelo Pr. José Alves Cavalcante (Presidente da Assembleia de Deus em Açailândia e da Comadesma – Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus do SETA no Maranhão e Outros Estados da Federação), que comemora o crescimento acentuado do ministério.

À Assembleia Geral que conta com a participação de centenas de pastores do Maranhão e outros estados da federação, tá movimentando a cidade de Porto Franco, onde todos os Hotéis e pousadas estão lotados.

A 29ª AGO – Assembleia Geral Ordinária ocorreu em janeiro deste ano em Açailândia e contou com a presença de varias autoridades e lideranças do estado, entre elas o Governador Flávio Dino (REVEJA).

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Sen. Roberto Rocha anuncia projeto de revitalização da Lagoa da Jansen

12/07/2018 às 07:41 em Política

O anúncio foi feito durante a apresentação do Plano de Preservação e Revitalização da Bacia do Rio Itapecuru realizado pela Codevasf, que também vai executar a revitalização da Lagoa!

Roberto Rocha 1O senador Roberto Rocha anunciou, nesta quinta-feira, o projeto de revitalização da Lagoa da Jansen. A obra será realizada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). O anúncio foi feito durante a apresentação do diagnóstico realizado pela Companhia de Desenvolvimento das Bacias do São Francisco e Parnaíba (CODEVASF), para a etapa inicial de recuperação da bacia hidrográfica do Rio Itapecuru, intitulado “Apresentação do Plano de Preservação e Recuperação das Nascentes e do Estudo Socioambiental Estratégico de Suporte à Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio Itapecuru”, realizado por especialistas do corpo técnico da instituição.

Ao falar sobre o assunto, o senador maranhense explicou que, para que o projeto de revitalização da Lagoa pudesse vir a ser uma realidade, foi de fundamental importância a ampliação das ações da Codevasf no Maranhão: “Para que a Codevasf pudesse atuar em todo o estado, foram necessários três anos, defendendo a idéia e investindo no projeto, conquistando o posicionamento de oitenta senadores, até chegarmos à sansão presidencial. Destinamos emendas para a aquisição de equipamentos e para que a Codevasf pudesse atuar em parte do nosso estado. Agora, o Maranhão está colhendo os resultados. Mas, São Luís, Alcântara e outros municípios haviam ficado de fora. Foi então que, na semana retrasada, por meio de uma medida provisória, conseguimos abranger o Maranhão em sua totalidade, incluindo, dessa forma, a nossa capital. Já viabilizamos recursos para o projeto executivo da Lagoa da Jansen”, informou.

Roberto Rocha 2Recuperação da Bacia do Itapecuru – O diagnóstico apresentado pelo corpo técnico da Codevasf na última quinta-feira, 05, no auditório da FIEMA, incluiu várias etapas realizadas desde 2017, entre elas o levantamento de como estão as lagoas marginais do rio, assim como seu ecossistema, ocupação populacional, entre outros aspectos.

O projeto de revitalização do Rio Itapecuru integra o trabalho de recuperação das bacias hidrográficas maranhenses que será realizado pela Codevasf e que se constitui em uma bandeira institucional levantada por vários parlamentares maranhenses, entre eles o senador Roberto Rocha.

Oriundos de emenda parlamentar de bancada do senador maranhense, no valor de R$ 2.279.085,14, os estudos vão subsidiar o trabalho de recuperação do Rio Itapecuru, bem como suas nascentes. A Codevasf contratou uma empresa com larga experiência e expertise para a elaboração do trabalho.

As emendas parlamentares constituem uma importante fonte de financiamento das ações da Codevasf, o que reforça a necessidade da alocação desses recursos de forma a possibilitar que sua destinação coincida com os programas e projetos da Companhia, complementando os recursos alocados.

Somente em 2016 os recursos do Orçamento geral da União destinados por emendas parlamentares para garantir as ações executadas pela 8ª Superintendência Regional da Codevasf em regiões do Maranhão castigadas pela estiagem somam mais de 42 milhões.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Francisca Primo preside Audiência Pública para Avaliação das Metas Fiscais do I Quadrimestre 2018

11/07/2018 às 16:17 em Política
Francisca Primo 1

Deputada Estadual Francisca Primo (PCdoB) durante audiência pública. Foto: Assessoria

Presidente da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle a deputada estadual, Francisca Primo (PCdoB) mediou na manhã desta quarta-feira (11) na Sala de Comissões da Assembleia Legislativa do Maranhão, a reunião de Audiência Pública com Avaliação das Metas Fiscais do Governo do Maranhão referentes ao I Quadrimestre de 2018.

Com o objetivo de demonstrar e a avaliar o cumprimento das metas fiscais no I Quadrimestre de 2018, conforme disposto no ‘§’ 4° do artigo 9° da Lei de Responsabilidade Fiscal, os técnicos da área econômica do governo fizeram uma apresentação expostas em gráficos sobre a situação econômica e financeira do Estado, esclarecendo questões relacionadas ao Demonstrativo das Metas Anuais, Resultado Primário, Comparativo de Receita Tributária, Comparativo da Receita de Transferências, Gastos com Pessoal, entre outras receitas e despesas.

Francisca Primo 2A deputada Francisca Primo, destacou a importância da reunião por apresentar a situação econômica do estado em relação às metas fiscais.

“Essa audiência é de extrema importância por atender ao dispositivo previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal, que determina o comparecimento periódico, por quadrimestre, de técnicos da área econômica à Assembleia Legislativa, para falar sobre as metas fiscais do governo. Tivemos a chance de discutir sobre o comportamento da economia maranhense e ficamos satisfeitos com os resultados apresentados. São números que traduzem um cenário desafiador, mas que estão sendo cumpridos dentro das normas estabelecidas“, destacou a parlamentar.

Representando a secretária de Estado de Planejamento e Orçamento, Cynthia Mota Lima, o subsecretário da Seplan, Marcelo Duailibe esclareceu as dúvidas dos parlamentares referentes às metas fiscais “Faço um balanço positivo dessa reunião, estamos tratando dos números referentes ao I quadrimestre de 2018 e os principais indicadores fiscais foram satisfatórios e enquadrados dentro das metas estabelecidas pelo estado. Destaco um resultado primário positivo, onde o Maranhão se mantém com uma gestão fiscal sólida”, apontou o subsecretário.

Estiveram presentes no evento, o superintendente de Assuntos Fiscais da Secretaria de Planejamento e Orçamento, Eduardo Henrique Santos, que fez uma explanação dos gráficos com as despesas tributárias, a superintendente da Contadoria Geral do Estado, Tânia Regina Gonçalves; assessor da Contadoria do Estado, Elton Serra; secretário adjunto de Secretaria de Planejamento e Orçamento do Estado do Maranhão, Roberto Matos; diretor do Instituto de Previdência, Aderaldo Neto; o supervisor de Orientações e Normas da Seplan, Leonardo de Brito Aquino Soares; o gestor do Sistema do Tesouro e Contabilidade, Rodrigo Soares de Vasconcelos e os deputados estaduais, Eduardo Braide (PMN), Wellington do Curso (PSDB), Rafael Leitoa (PDT) e Professor Marco Aurélio (PCdoB).

Da assessoria/Luana Carolina

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão) tem nova Diretoria Geral

11/07/2018 às 15:55 em Saúde

Mudanças contemplam renovação da estrutura administrativa e informatização do atendimento!

Socorrão

Nova diretoria do HMI é enfermeira concursada, especialista em UTI/ Oncologia /Urgência e Emergência (Foto: Patrícia Araújo)

Na manhã desta quarta feira, 11, o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, e o secretário de Saúde, Alair Firmiano, apresentaram aos servidores do Hospital Municipal, HMI, a nova diretora do Socorrão, Marília Carvalho. Na cerimônia, no auditório do pronto-socorro, eles anunciaram também o projeto de renovação do sistema de atendimento.

Marília Carvalho é enfermeira concursada, especialista em UTI/ Oncologia /Urgência e Emergência. Exerce a profissão há sete anos e desde então atua na assistência e na gestão da saúde pública. A nova gestora estava na coordenação de enfermagem do HMI há um ano e meio.

Em junho, ela esteve em Salvador (BA), passando por treinamento no Hospital do Subúrbio, referência nacional em atendimento de urgência e emergência no SUS. Ele está entre os 12 hospitais públicos de excelência no Brasil. “O serviço lá funciona até melhor que muitos privados que temos por aqui, e nossa pretensão é funcionar como eles” – explicou Alair.

Para tanto, segundo secretário, será renovada toda estrutura administrativa do hospital, a começar pela informatização dos setores. O sistema que será implantado é o mesmo utilizado pelo Subúrbio. Nesta quinta-feira, 12, a empresa que vai auxiliar nesse processo já iniciará os trabalhos. “Com isso, vamos ter controle de tudo que se faz aqui, desde a recepção ao centro cirúrgico, acompanhando por plataformas digitais” – afirmou

Marília agradeceu a confiança e ressaltou que seu projeto maior é fazer com que o fluxo aconteça livremente dentro do hospital, para que sua equipe não tenha que intervir, pedindo agilidade. “Tudo será igualitário e vamos trabalhar para ter um hospital com atendimento de qualidade e, principalmente, humanizado”– ressaltou.

O prefeito ressaltou que a nova direção é uma das provas que ele valoriza e prioriza o conhecimento técnico para gerenciamento dos serviços públicos. “A gente não consegue fazer um bom trabalho, se não for junto com uma boa equipe, por isso você está aqui Marília, por mérito, você nunca levantou bandeira política, mas lutou pelas pessoas dentro do hospital. Desejo sorte e lhe dou autonomia, para resolver conforme prevê os protocolos, sem dar prioridades, sem questão de jeitinho” – finalizou.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

MP aciona ex-prefeito de Alcântara por favorecimento de candidatos em concurso público

11/07/2018 às 11:20 em Justiça
1433256860-760940979

Foto: Divulgação

ACP por ato de improbidade administrativa foi ajuizada pela promotora de justiça Alessandra Darub Alves!

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ajuizou, em 25 de junho, Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Alcântara, Domingos Cunha Júnior, em função de irregularidades em um concurso público, realizado em 2014, para a prefeitura. As ilegalidades incluem o favorecimento de inscritos ligados ao ex-gestor.

A manifestação, formulada pela promotora de justiça Alessandra Darub Alves, é baseada no Procedimento Administrativo nº 06/2016, instaurado após denúncias do ex-vereador Benedito Barbosa, feitas em março de 2014 e reforçadas em abril do mesmo ano.

As irregularidades incluem a divergência entre o CNPJ divulgado no edital e o endereço do Instituto Somar (que executou o certame). Além disso, os códigos de atividade do CNPJ não permitiam que a empresa realizasse concursos. Também causou surpresa o pedido para que o pagamento das taxas de inscrição fosse realizado em mãos, na sede da Secretaria Municipal de Cultura.

Ademais, as vagas oferecidas no concurso não atendiam às necessidades do município. Cargos de servidores operacionais, merendeiras, vigias, motoristas; técnicos e auxiliares de Enfermagem; supervisores escolares e garis, não foram previstos.

EM NEGRITO

Em abril de 2014, as denúncias foram reforçadas com outras irregularidades, dando conta da existência de candidatos com nomes destacados em negrito na lista de aprovados. Na visão do MPMA, isso indica que o próprio Instituto Somar grifou os nomes daqueles que deveriam ser aprovados.

Outros pontos também chamam atenção. Um deles é o número de parentes e pessoas próximas ao vereador considerado como “braço direito” do ex-prefeito, além de pessoas com cargos comissionados na administração de Domingos Cunha Júnior.

No dia da prova, foram constatados vários casos de uso de celulares, “colas” e conversas paralelas. Antes disso, um texto foi divulgado via Whatsapp, dando conta de alguns supostos aprovados, incluindo a então chefe de gabinete do prefeito, Soraya Gleide Chagas.

Além disso, não houve aprovados para alguns cargos, mesmo havendo diversos candidatos concorrendo.

APURAÇÃO

Em janeiro de 2017, a Secretaria de Administração do município encaminhou ao MPMA documentos, entre eles, a relação de cargos comissionados, referente ao período de 2013 a 2016, e as listas dos aprovados, nomeados e empossados em 1º de dezembro de 2016.

Também foram encaminhados a lista de servidores nomeados no concurso e decreto de homologação do certame, publicado no Jornal Oficial dos Municípios do Estado do Maranhão, e um relatório de inconsistências encontradas em relação ao concurso público.

A secretaria informou, ainda, a ocorrência de “diferenças grosseiras” no quadro de aprovados no concurso, como a nomeação de pessoas que não foram aprovadas no certame e a modificação das áreas de abrangência de seus cargos, para tentar dar aparência de legalidade às suas nomeações.

SEM JUSTIFICATIVA

No final da gestão do ex-prefeito, em dezembro de 2016, foram nomeados e empossados 42 novos servidores públicos, dentre os quais sete não constam na relação de aprovados divulgada pelo Instituto Somar e nem na relação de aprovados divulgada pela prefeitura no Diário Oficial.

Os nomes dos sete aparecem no Jornal Oficial dos Municípios e foram incluídos na relação de aprovados, divulgada anexa ao decreto de homologação dos aprovados no concurso público, sem qualquer justificativa.

Três destes servidores, que foram nomeados indevidamente, ocuparam cargos em comissão na gestão de Domingos Cunha Júnior, nos cargos de auxiliar de protocolo e secretário de administração e diretor escolar.

“Todas as irregularidades representam uma afronta direta aos princípios da legalidade, impessoalidade, publicidade, eficiência e moralidade administrativas, estipulados no artigo 37 da Constituição”, esclarece Alessandra Darub.

PEDIDOS

O MPMA pede a condenação de Domingos Cunha Júnior às penas previstas no artigo 11 da Lei de Improbidade (Lei 8429/92), resultando na perda da função pública; ressarcimento integral do dano; na suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco a oito anos e no pagamento de multa civil até o dobro do dano.

Outra pena é a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

Da Assessoria

Redação: Adriano Rodrigues

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Câmara aprova isenção do pagamento da conta de luz para famílias de baixa renda

11/07/2018 às 07:48 em Geral

Medida foi incluída no projeto relacionado à venda das distribuidoras de energia. Pelo projeto, isenção valerá para famílias que tiverem renda de até meio salário mínimo e consumirem até 70 kwh/mês!

canara

Deputados reunidos no plenário da Câmara durante a sessão desta terça (10) (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (10) a isenção do pagamento da conta de luz para famílias de baixa renda.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, 8,9 milhões de famílias devem ser beneficiadas.

A medida foi aprovada durante a votação do projeto que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras.

O texto-base da proposta já havia sido aprovado na semana passada, mas os deputados ainda precisavam analisar os destaques (possíveis mudanças ao texto original) para concluir a votação.

Durante a análise dos destaques, os deputados modificaram as regras da chamada Tarifa Social. Pela proposta, serão beneficiadas com a isenção do pagamento da conta de luz as famílias:

com renda mensal menor ou igual a meio salário mínimo; e que consumirem até 70 kwh/mês.

O texto define, ainda, que o pagamento caberá à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). As famílias beneficiadas com a medida deverão estar incluídas do Cadastro Único dos programas sociais do governo.

Durante a sessão, os partidos de oposição defenderam que o consumo fosse de até 80 kwh/mês, mas a base governista defendeu 50 kwh/mês. Diante disso, houve um acordo e os parlamentares chegaram ao consumo de 70 kwh/mês.

Atualmente, os descontos para famílias de baixa renda são calculados com base no consumo, que vai de 30 kwh/mês a 220 kwh/mês. O desconto varia de 10% a 65%.

Pela lei atualmente em vigor, somente indígenas e quilombolas cujas famílias são consideradas de baixa renda têm direito ao desconto de 100% na conta de luz.

Com a conclusão da votação do projeto, nesta terça, o texto seguirá para votação no Senado e, em seguida, para sanção presidencial.

Impacto

Durante a análise da proposta, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), alertou os parlamentares sobre a necessidade de ser feito um estudo sobre o impacto da medida nas contas públicas.

“Eu preciso que alguém me informe qual o impacto no orçamento do governo. Se alguém deixará de pagar a conta, outra pessoa vai pagar”, disse Maia.

Em resposta, o deputado Julio Lopes (PP-RJ), relator do projeto, afirmou que não haverá acréscimo de despesas e que a emenda já tinha sido negociada com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

“A própria Aneel concordou que não haveria qualquer acréscimo de despesa porque o consumo de todos será monitorado. Hoje, os quatro níveis da tarifa social de energia não são monitorados”, afirmou.

Após a aprovação do projeto, o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, publicou uma mensagem no Twitter na qual afirmou que 14 milhões de pessoas devem ser beneficiadas com a privatização das distribuidoras:

Irrigação

Também na noite desta terça, os deputados aprovaram uma medida provisória (MP) que impede áreas que integram Projetos Públicos de Irrigação (PPIs) de serem retomadas pelo governo caso estejam dadas em garantia como hipoteca a algum banco oficial responsável por financiar o agricultor.

Neste caso, a retomada ficará a cargo da instituição financeira, a quem caberá comunicar o poder público da existência do crédito hipotecário.

Um trecho polêmico adicionado ao texto ainda altera um dispositivo da Política Nacional de Irrigação.

Pela nova redação, o governo não poderá declarar quais obras de infraestrutura de irrigação, que provoquem alterações em curso de água ou retirada de vegetação em área de preservação permanente (APP), poderão ser consideradas de utilidade pública para efeito de licenciamento ambiental.

Por se tratar de uma medida provisória, as regras já estão em vigor temporariamente. Porém, para passar a valer definitivamente, a MP ainda precisa ser aprovada no Senado até 24 de julho, quando perderá a validade.

Do G1

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Roberto Rocha apresenta a zona de exportação do Maranhão para agência de exportações e investimentos

10/07/2018 às 21:00 em Política

Senador quer levar para além das fronteiras do Senado a proposta que visa dinamizar a economia, por meio de uma área voltada para o livre comércio!

Roberto RochaA ilha de São Luís tem uma localização estratégica e comercial em relação às grandes rotas comerciais do mundo. Ela está no centro da Área de Livre Comércio das Américas (Alca) e, ao mesmo tempo, possui o Porto do Itaqui — o segundo maior do mundo em profundidade, com 27 metros de calado para os navios. Tudo isso pode transformar o Maranhão em uma área de livre comércio, por meio de incentivos econômicos que aproximam o Brasil das fronteiras com os principais mercados internacionais.

Na prática, empresas nacionais e internacionais encontrariam em solo maranhense uma oportunidade para fabricação de produtos e bens de consumo exclusivamente para outros países. O objetivo é gerar milhares de empregos, aumento da renda das famílias, melhoria nos índices sociais e maior dinamização da atividade econômica do Estado. E no final das contas, pode representar a redenção de uma das regiões mais carentes do Brasil.

E para que isso se torne realidade, o senador Roberto Rocha (PSDB-MA), autor do Projeto de Lei 319/2015, que cria a Zona de Exportação do Maranhão (ZEMA), esteve em audiência, nesta terça-feira (10), com o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportadores e Investimentos (ApexBrasil), Roberto Jaguaribe, para apresentar as vantagens naturais e estratégicas que o Maranhão possui para alavancar a balança comercial brasileira e, ao mesmo tempo, atrair investimentos externos em solo maranhense.

“Na hora que o mundo tomar conhecimento que dentro do Brasil, na ilha de São Luís, pode se tornar uma área livre voltada para exportação, vai acontecer uma enxurrada de empresas querendo se instalar aqui. Ou seja, São Luís pode ser o melhor ponto das Américas para produção e exportação de produtos para mercados asiáticos, via canal do Panamá, países africanos e europeus”, explicou o senador.

Responsável pela promoção de produtos e serviços brasileiros no exterior, a ApexBrasil recebeu com bons olhos a proposta do congressista maranhense. “A Zona de Exportação tem sim a sua relevância. Os argumentos para que seja criada são muito sólidos e interessam às exportações do Brasil”, elogiou o presidente Roberto Jaguaribe.

O Projeto de Lei 319/2015 foi aprovado recentemente na Comissão de Constituição e Justiça e agora segue para deliberação na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. “Na medida, a ZEMA pode representar um verdadeiro pré-sal para o Maranhão. Ela vai gerar empregos e dar esperanças de melhores condições de vida para famílias que querem trabalhar e ter a sua renda”, concluiu o senador Roberto Rocha.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

PM prende suspeito de tráfico e recupera moto roubada em João Lisboa

10/07/2018 às 08:57 em Polícia

SuspeitoNo início da tarde desta segunda-feira (09), uma guarnição do 14º Batalhão de Polícia Militar de Imperatriz, composta pelos soldados Leonardo, Reis, Barcelos e Tenente Arcângelo, sob o comando do Tenente Coronel Brito Junior, prendeu em João Lisboa, um suspeito de tráfico de drogas e recuperou uma motocicleta roubada.

De acordo com informações repassadas ao Blog do Antônio Marcos, a guarnição fazia o trabalho de rotina quando foi informada de que uma motocicleta titan de cor preta, de placa NHH – 5829 (fruto de roubo/furto) estaria localizada no bairro Norte Sul, naquela cidade.

Arma e DinheiroDe posse dessa informação, os policiais passaram a fazer diligências pelo bairro, onde encontraram a motocicleta na casa de um homem identificado como Ezequiel Lopes dos Santos, conhecido como “Quiel”, que não se encontrava na residência.

Segundo a mesma fonte, quem teria passado a motocicleta para Ezequiel teria sido o conduzido Cícero de Sousa Silva. De posse dessa nova informação, a guarnição foi atrás do mesmo, encontrando-o na sua residência, aonde foram encontrados uma arma municiada de fabricação caseira, papelotes de substância semelhante e/ou igual à maconha e uma balança de precisão.

Diante do flagrante, o elemento juntamente com todo o apreendido foi conduzido para o DPM de João Lisboa para ser confeccionado o ROP para apresentação na delegacia de Policia Civil.

Chegando ao DPM, o conduzido tentou fugir, sendo que na tentativa o mesmo acabou caindo e sofreu algumas lesões.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

26° BPM de Açailândia realiza solenidade de Promoção e Entrega de Medalhas

09/07/2018 às 21:14 em Polícia

PM 2O 26° Batalhão de Polícia Militar de Açailândia realizou na manhã da última sexta-feira (06), a solenidade de promoção, condecorações por tempo de serviço e entrega de honrarias aos militares que se destacaram em ocorrências.

O evento foi presidido pelo Comandante da Unidade, Tenente Coronel Jonilson Diniz Duarte, que na oportunidade também foi agraciado com medalhas de 10 e 20 anos.

O Batalhão que hoje conta com cerca de 160 policiais militares se destacou entre as Unidades do Estado em número de medalhas de Mérito Operacional. Para o Coronel Diniz, esses momentos mostram o reconhecimento do serviço policial militar e a valorização daqueles que se comprometem todos os dias a prestarem um bom serviço à sociedade.

O evento contou ainda com a presença de autoridades civis, do Comandante de Área do Interior 3 (CPAI-3), Coronel Arquimedes Silva Brito, assim como convidados e familiares dos promovidos e condecorados.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.